No Jardim das Feras - Intriga e Sedução na Alemanha de Hitler – Erik Larson

Estou num momento 2ª Guerra Mundial.  
Li e postei aqui sobre o livro 'O perfume da folha do limão', muito bom por sinal. Agora terminei de ler 'No jardim das feras', que também veio até mim de forma um tanto quanto inesperada.

Explico. Comprei esse livro numa 'livraria conceito' aqui do Rio que não tem muitos títulos de romance, o meu gênero favorito. Acontece que eu tinha umas três horas para esperar um evento, e esse foi o meu passatempo!

Bom, o livro é ÓTIMO, li rapidamente e me encantei com a narrativa. Não é um romance, é uma narrativa jornalística da vida do embaixador americano e sua filha em Berlim entre 1933 e 1937. Essa narrativa é baseada nos diários dos personagens, nas cartas particulares e nas mensagens enviadas através da via diplomática dessas duas personalidades, que estiveram intimamente relacionadas com os eventos que culminaram com a ascensão de Hitler ao poder na Alemanha.

O livro tem a capacidade de nos mostrar como a visão idealista e romântica de Martha Dodd, filha do embaixador, vai se alterando até que ela perceba inequivocamente que a Alemanha estava em rota de Guerra, e iniciando um período de uma ditadura militar sem precedentes. Mostra também como o pai, o Embaixador William Dodd, que inicialmente tinha reservas contra a reação americana, principalmente dos judeus à Alemanha, acaba se tornando a única voz que defende a intervenção americana no conflito europeu e contra Hitler.

As descrições dos locais e das situações apresentadas estão todas fundamentadas em documentos históricos, ou não, mas que conseguem fazer com que todo o conjunto dos fatos seja compreendido, colocando o leitor diretamente na posição do personagem que está no centro da narrativa. São personalidades que realmente estiveram lá, e deixaram para nós suas sensações, suas impressões, seus medos, desejos.

Os Dodd foram parar em Berlim meio por acaso, ninguém mais queria o cargo de embaixador na Alemanha, e William Dodd, um professor de história, amigo de Roosevelt acaba aceitando a indicação, desde que possa viver dentro dos padrões que seu salário permitiam, uma heresia para o mundo dos embaixadores que eram, em sua maioria, filhos da alta classe americana, vivendo em meio ao luxo e às recepções mais onerosas. A família Dodd inova e até emigra para a Alemanha levando seu "velho e surrado Chevrolet".

São personalidades muito cativantes, que tornam a vida dentro das páginas desse livro.
Para mim uma grande surpresa, que abre mais um front (usando um termo da guerra) de leitura para mim!

Abaixo colo algumas fotos dos personagens!

Martha Dodd
Família Dodd em Hamburgo


William Dodd - Embaixador

15 comentários:

Aline disse...

Dri,

Adorei!
Livros desse tema tem lugar cativo na minha estante.
Na lista de desejos!

Bjs

Lili disse...

Eu curto muito livros relacionados a períodos da segunda guerra (desde pequena e eu não sei porque). Esse parece mais um que eu ficaria animada em me envolver, com a perspectiva diferente.

liliescreve.blogspot.com

CCHOCETANDO disse...

Super me interessei!Já li uma certa quantidade de livros sobre a 2° guerra,é um assunto que...não sei definir ao certo...peculiar!"No jardim das feras" anotado.
Cristina.

alexia resende disse...

Nossa muito interessante, gosto muito de tudo que fala sobre momentos importantes do passado.

Leninha - sempre romantica disse...

Adoro livro com uma base histórica fundamentada. Esse livro muito me interessou, sempre gosto de ter um tema assim para desestressar das leituras amenas!
Dica anotada!

Regina disse...

Achei super interessante! Acho legal ver a história pelos olhos de quem a viveu. Já colocando na lista de compras...

Driza disse...

Dica preciosa, heim, Dri.

De agora em diante tb vou começar a prestar mais atenção nesse tipo de história, pois já vi que reservam boas surpresas.

bjss

Driza

Josiane Zerbinatti disse...

Amo os livros sobre a Segunda Guerra. Tem tanta lição de vida contida nas páginas, tanta delicadeza de espírito e claro, a crueldade humana. Esse vai para wish list.

Sonia disse...

Nada melhor do que você pegar um livro sem muita expectativa e ele te surprrender.


soniacarmo
retalhosnomundo.blogspot.com.br

Marcia Noto disse...

Olá, Adriana!

Estou anotando a sua dica, só pelo seu post!!!

Bjs

kika disse...

ola, adriana..... sou como vc adoro um romance..... não gosto muito de livros desse genero.....

Vall Knopp disse...

esse período da história mexe muito comigo. Assistir a filmes já é difícil, ler, já não sei como reagiria. Fiquei instigada pela sua resenha! VAmos ver!

Jeanne Rodrigues disse...

Dri,

engraçado como alguns livros nos acham.
eu quero ler...

Bjos,

Adriana disse...

Oi meninas! Obrigada pelos comentários! O livro é muito interessante e me deixou muito feliz em ter embarcado na jornada que foi lê-lo.

Eu sinceramente indico como uma alternativa aos romances.

A temática da 2a Guerra sempre me interessou, e eu que sou uma chorona impressionável fico com lágrimas nos olhos e muitas vezes com uma raiva enorme do que deixamos que acontecesse no mundo...

Gostei muito de conhecer esses personagens reais, que realmente fizeram história.

jason bourn disse...

Oi boa noite, esse livro é muito bom mesmo, indico outro livro investigativo chamado A batalha de Moscou do autor Andrew Nagorski, é muito bom. Nele você descobre fatos históricos que não vemos em livros de história, é chocante o que Stalin fez com seu próprio povo durante essa batalha, é difícil decidir quem é o vilão...Hitler ou Stalin? Dois monstros em um duelo sangrento.

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top