Virtude Indecente – Nora Roberts

capa virtude indecente grande A idéia surgiu num bate-papo via MSN.

Foi na noite de terça-feira, dia da estréia do Brasil na Copa da África. (Diga-se de passagem que a seleção brasileira voltou pra casa nas quartas de finais, mas naquela ocasião tinha vencido a seleção da Coréia do Norte por 2 a 1.)

Voltando: eu e Aline estávamos colocando a conversa em dia quando comentamos sobre os livros que líamos na ocasião. E não é que era o mesmo livro!

Desde que nos conhecemos, há dois anos, nos identificamos pela mesma paixão: Nora Roberts. Os romances da autora figuram absolutos em nossas preferências e adoramos trocar impressões desse ou daquele livro que lemos dela. Aliás, não só comentamos sobre as histórias como, claro, também os mocinhos. Nora é especialista em criar apaixonantes personagens do sexo masculino. E a gente adora!

Pois então combinamos que lido o livro, o post seria duplo. Especial pra você nos acompanha e que gosta de ler nossas impressões sobre os livros que lemos.

Sinopse:

Quando uma superstar da literatura policial visita a irmã, pretendendo relaxar e espairecer da cansativa turnê de lançamento de seu novo bestseller, vê-se na pista de um assassino da vida real que já desestruturou sua vida e agora... pretende matá-la.
Grace McCabe fica chocada ao descobrir que a irmã Kathleen mora num subúrbio decadente de Washington, D.C., e complementa a renda como operadora de telessexo após ter passado por um divórcio penoso. Entretanto, com a empresa Fantasia garantindo anonimato completo aos funcionários, até onde essa atividade pode ser perigosa? Grace logo descobrirá a resposta quando certa noite, ao regressar para casa, depara-se com uma cena tenebrosa, que poderia ter saído de um de seus mais apavorantes romances.
Ignorando as advertências do tranquilo detetive Ed Jackson, monta sozinha sua própria armadilha para incitar o assassino a sair do esconderijo. Mas o que pode protegê-la de um maníaco cuja volúpia de matar não se detém diante de nada... nem de ninguém?

Meu comentário:

Esse livro originalmente lançado em 1988 segue os moldes de Pecados Sagrados, livro que li ano passado e que adorei.

De Virtude Indecente também gostei muito, mas acho que a autora focou demais o lado policial da história e o romance entre Ed e Grace demorou um pouco para deslanchar, principalmente por ele ser do tipo grande – muito grande – porém um tanto retraído para tratar com a mulher amada. Aliás, Ed é grande, ruivo, tem umas mãos enormes... é de fazer suspirar!

Grace é toda atitude, do tipo que faz acontecer e por isso é ela que vai chacoalhar o romance com Ed. Ele é muito calmo, seguidor das regras, para Ed tudo tem seu momento certo. Ri muitas vezes quando a questão era alimentícia. Grace adora pizza, café e tudo que é politicamente incorreto para se alimentar. Ed toma chá e prepara fundos de alcachofra recheados à bordlaise - o que quer que isso signifique. E, como sempre, os opostos se atraem.

No lado policial da história não existem surpresas, desde o início o leitor sabe quem é o assassino, como ele pensa e como vai agir. Mas o pano de fundo é bem interessante. As vítimas da série de assassinatos são atendentes de telessexo, mas não são prostitutas. Professora, dona de casa, casada com filhos... só fazem isso para aumentar a renda mensal.

Nesse livro também tive o prazer de reencontrar Ben e Tess, casal protagonista do livro anterior. Eles sem dúvida dão um toque delicioso à história.

É um livro que recomendo. A autora como sempre, arrasou!

Comentário da Aline:

Eu e a Driza compartilhamos, além de uma grande amizade, o gosto pela leitura. Estamos sempre conversando sobre autores, personagens, indicando livros uma para a outra, enriquecendo nossos conhecimentos literários. Essa minha amiga é um pouco responsável pelo aumento de volumes na minha estante, pois só me indica histórias ótimas. Surpreendentemente, nos deparamos na leitura do mesmo livro e, ainda, da querida Nora Roberts. A ideia surgiu imediatamente, agitar o blog com um post a quatro mãos. Aliás, foi a Driza que criou a minha coceirinha em ler essa dupla de livros Pecados Sagrados – Virtude Indecente. Pecados Sagrados ganhei da Lili no amigo secreto, li em poucos dias. Logo no começo da leitura do primeiro, percebi que minha preferência seria do segundo livro, pois Ed Jackson era o meu tamanho! Com Virtude Indecente na mão, engatei na leitura e confirmei o instinto. Adorei a história. Driza e eu concordamos, ler Nora Roberts é bom demais!

Sobre o livro, o que posso dizer? Já falei aí em cima que adorei o Ed... Um policial sério, grandão, estilo urso... Desses com aparência assustadora, mas fofos quando se sabe apertar nos lugares certos. Adepto da filosofia natural, calma e simples, Ed vê a sua vida ser varrida por um furacão chamado Grace. A linda irmã da sua vizinha chega para arrasar e conquistar. Ousada, extrovertida, decidida, ela é tudo que ele não procura na mulher perfeita. Uma amizade entre os dois tem tudo para virar algo mais. Mas, o assassinato da irmã de Grace adia o romance e leva a história para o lado policial. Grace e Ed passam a investigar o caso e deixam o romance suspenso. O assassino é conhecido desde os primeiros capítulos e é angustiante ver que ele continua agindo impunemente. Quando o romance acontece é suave, doce, mas com a pimenta necessária. O casal funciona bem pois são diferentes em tudo, o que rende boas risadas. E, mais uma vez, Nora acerta na fórmula, escrevendo um livro excelente para quem gosta do estilo suspense-romântico. Recomendo.

5 comentários:

Débora Lauton disse...

Adorei a resenha dupla... vocês deveriam fazer isso mais vezes...
Ah, e a Nora é tdb, né?? Quando crescer quero escrever igualzinho a ela...kkkk
Esses dois livros já estão na minha lista, mas tão caros... tenho que esperar mais um pouquinho...rs

beijos,
Dé...

Jeanne Rodrigues disse...

Meninas,

Li o livro recentemente mas devido aos atropelos do dia a dia não resenhei...

Esse e vários que tenho lido.

Como vcs tbm gostei...Adorei o policial Ed...

Recomendadissimo...

Bjos,

Paula disse...

Nunca li nada da autora :(
Mas tenho muita curiosidade.
Abraços!

Anônimo disse...

adoro nora robert no estou lendo alguns livros dela no momento como por exemplo Amor nunca é demais, o melhor dos erros, ímpeto, era uma vez no passado, e vou iniciar ainda hoje atração secreta.
Gostei muito de todos que já li, e realmente ela é uma grande escritora.

mariana disse...

Adoro livros policiais!E Nora Roberts também, hehe.Mais um na minha lista!

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top