A rainha Branca e A rainha Vermelha - Philippa Gregory


Ando numa fase inglesa como já tinha dito em outra postagem. É verdade que a história da Inglaterra sempre me fascinou, todos aqueles lordes e tudo mais! Até nas séries de TV estou nessa fase, pois não largo Downton Abbey...
 
Mas falando em livros, depois de ter lido Norte e Sul da Elizabeth Gaskell que ainda vou comentar aqui, e de ter lido Elizabeth I, que já comentei, comecei esses dois livros, que me deixaram com sensações opostas, mas ao mesmo tempo conseguiram completar um lapso meu de conhecimento, sobre a tão famosa Guerra das Duas Rosas, uma disputa entre primos pela Coroa Britânica.
 
O primeiro livro, A Rainha Branca narra a história de Elizabeth Woodwile, que se tornará a esposa de Eduardo de York, rei, cuja casa era representada pela rosa branca, e que tomará o trono de Henrique I, seu primo da casa de Lancaster, representada pela rosa vermelha.
 
Elizabeth, uma bela mulher, tem a fama de ser também uma bruxa, por descender de Melusina, a deusa da água. Na verdade eu adorei a história dessa mulher, que amou profundamente e sofreu também profundamente, principalmente com as traições e perdas durante sua vida.
 
Uma mulher intensa, que sabia viver, e que ao mesmo tempo amava seu marido e filhos e lutou bravamente para não perder a influência que sua família tinha adquirido com o seu casamento real.
 
Por outro lado, eu antipatizei completamente com a outra Rainha, a vermelha, simbolizada por Margareth Beaufort, da casa de Lancaster e mãe do futuro herdeiro Tudor, que iniciará a dinastia encerrada por Elizabeth I.
 
Margareth, verdade seja dita, teve uma vida um tanto, privada de carinho e atenção, vendida por sua mãe a um Lorde Tudor, que abusa da menina, separada de seu filho bebê, para outro casamento forjado por sua mãe, vive toda a vida acreditando ser especial, quase uma santa, escolhida por Deus para ter um futuro maravilhoso.
 
Ela também luta para conseguir colocar seu filho no trono, o que consegue após anos e anos de disputas, traições, complôs e discussões. Na minha opinião, mulherzinha chata! rs!
 
Na verdade, quando temos opiniões tão fortes em relação a uma história, no meu caso de amor e ódio, é porque ela, a história, é realmente muito boa, e consegue desfazer qualquer apatia da leitura.
 
Tanto Rainha Branca quanto a Rainha Vermelha são livros muito interessantes, bem escritos, com base em dados históricos, com um toque de ficção, muito envolventes trazendo à vida personagens do passado de forma brilhante. Eu nunca tinha lido nada da Philippa Gregory e me encantei com sua escrita!
 
Adorei conhecer essas duas mulheres, tão diferentes e cujos destinos estiveram entrelaçados num momento ímpar da história da Inglaterra.
 
 
 

8 comentários:

Dany disse...

Estes eu ainda não conhecia mais já vou anotar a dica.
Eu gosto de livros que envolva história, é esta que são dos tempos antigos então fascina a gente de uma tal forma.
Espero poder conferir, beijos.

Iza disse...

A Phillipa Gregory ecreve muito bem...Adoro A irmã de Ana Bolena,é muito bom também!!

Estou louca para ler esse livros, por que a Inglaterra é demais kkk

A guerra das duas rosas é uma parte mto interessante da história inglesa, e agora até vai sair uma série que é baseada em A Rainha Branca, chamada The White Queen kkk

Claudia disse...

Oi Adriana
Adorei a dica, vou a anotar.
Há tempos, li a coleção dos Reis Malditos e adorei tbe.
Bjks mil e uma otima semana

http://blogdaclauo.blogspot.com.br/

Jeanne Rodrigues disse...

Dri,

como amante de história da Inglaterra, esses livros e todos da autora estão na minha lista.

sua resenha veio só confirmar que estou suuuper atrasada.

parabéns pela linda resenha.

bjos,

Patricia Cardoso disse...

Olá Adriana,
eu gosto do estulo desta autora. E quando você falou numa relação de amor e ódio com a personagem, me conquistou defintivamente. Bjs!

Adriana disse...

Oi meninas! Muito obrigada pelos comentários! Eu adorei os dois livros, embora não tenha adorado as duas mulheres...rs. Estou à caça de novos livros e noves escritores, tenho conhecido alguns bons autores, a Philippa é uma delas.
Vale a pena!
Beijos!

solangecruz disse...

Adorei o blog! Virei fã imediatamente, AMO LER , quero estar sempre aqui com voces. Assistam `a série THE WHITE QUEEN, baseada no livro da Phillipa. bjs

Silvana Ribeiro disse...

Oi, como é bom encontrar gente que ama ler...!!!
Adoro romances históricos, li toda a coleção Os Reis Malditos, tenho sete livros da Phillipa Gregory e outra autora que também admiro muito é Jean Plaidy que conta toda a saga dos Plantagenetas, família da qual derivaram os Yorks, os Lancaster e por fim os Tudors. Super recomendo...

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top