Elizabeth I - O anoitecer de um reinado – Margaret George



Estou numa fase um tanto quanto britânica em leituras, e adorando. Comecei com esse presente de Natal do maridão. Um presente surpresa e inesperado, que valeu a pena!
Esse livro conta em primeira pessoa a história do fim do reinado de Elizabeth I, filha de Ana Bolena e Henrique VIII, e ela foi um dos soberanos que governaram a Inglaterra por mais tempo, tornando-a a potência que vemos hoje.
Durante o reinado da Rainha Virgem, como ela era conhecida, muitos fatos foram marcantes. Ela sucedeu sua meia-irmã Maria, que era católica, que fez um curto mas sangrento governo, tentando impor o retorno da religião católica a seu povo convertido ao Protestantismo. Elizabeth passa por muitas situações estranhas, é atacada algumas vezes pela Espanha, inclusive com a grande armada, que acaba fracassando, tem dificuldades financeiras, sofre com revoltas internas, disputas na Irlanda e Escócia, e a pior de todas as traições, descobre que seu amado se casou com sua prima, em segredo.
Toda essa história é narrada pela visão da própria soberana, tanto em fatos que estão presentes no momento da narrativa, quanto por suas recordações. Dessa visão, temos a ideia de quão enorme é a tarefa de governar, e de quanta solidão a rainha estava envolta. Mulher inteligente, cativante, um tanto quanto vingativa e rancorosa, Elizabeth conseguiu colocar a Inglaterra no seu papel de destaque, dando ao país um governo sério, e principalmente, um tempo de paz, tão necessário para o crescimento de qualquer nação.
O contraponto dessa narrativa se dá com sua prima. Aquela que casou com o homem amado de Elizabeth, e que por isso foi expulsa da Corte, tendo que viver longe do centro das decisões. Esse afastamento dá à Lettice a possibilidade de ver outras situações e se envolver em questões afastadas da rainha. Interessante que o próprio Shakespeare aparece como personagem nessa narrativa.
Esse é um livro enorme, com 791 páginas, muito interessante, com muitas informações históricas, mas também com a vida dessa mulher que fez a diferença no mundo, superando muitos desafios, agindo num mundo extremamente masculino, sendo inclusive excomungada pelo Papa, taxada de bruxa. Tudo isso é narrado com maestria por Margaret George, e é uma  leitura que eu indico.
Nessa semana da mulher, nada melhor do que conhecer esta!

5 comentários:

Marcia Noto disse...

Olá, Adriana!

Esse livro não faz parte do meu estilo literário, mas vou repassar a sua dica para a minha irmã, que adora tudo sobre essa época!

Bjs!

Eveline Thalita disse...

Esse livro deve ser muito interessante. História sempre é interessante, conhecer os fatos, pessoas e atitudes que aconteceram há muitos anos e ainda hoje pode nos ensinar. Ótima resenha!!

Um abraço!

Adriana disse...

Oi Meninas! Elizabeth I foi uma grande mulher, e uma rainha muito forte.
Eu gostei muito de sua história, e indico.
Muito obrigada pelos comentários!!!
Bj!

Leninha - sempre romantica disse...

Vou aceitar sua dica e conhecer essa mulher.
Dica super anotada!

Patricia Cardoso disse...

Olá Adriana,
eu amo livros históricos, e Elizabeth é uma personagem que me fascina, já li alguns livros sobre o seu reinado, e filmes então, assisti vários. Portanto, sua dica foi devidamente anotada, e espero lê-lo logo. Bjs!

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top