7º Céu - James Patterson


"O desaparecimento do filho do ex-governador da Califórnia comove o país. A vida de Michael Campion sempre foi assunto de interesse nacional por causa de seu grave problema cardíaco. Depois de três meses de investigação, a polícia de San Francisco descobre que o rapaz foi visto pela última vez entrando na casa de uma prostituta. Enquanto trabalha no caso de Michael Campion, a sargento Lindsay Boxer e seu colega Richard Conklin começam a investigar uma onda de incêndios criminosos em mansões da cidade. Quando Lindsay convoca o Clube das Mulheres contra o Crime para ajudá-la, é a vez de sua casa ser consumida pelo fogo. Diante de dois dos casos mais difíceis de sua carreira, Lindsay se aproxima perigosamente de Richard, colocando em risco seu namoro com Joe Molinari. Ao mesmo tempo, ela participa do julgamento que coloca uma ardilosa advogada no caminho da assistente de promotoria Yuki Castellano."

O Clube não para! Cada dia aparecem mais casos para serem resolvidos por essa turma de mulheres incríveis. A série de James Patterson tem sucesso merecido e, a cada volume, somos presenteados com uma trama policial criativa e eletrizante.

Dessa vez, Lindsay tem dois casos para investigar. E também tem que lidar com as dúvidas sentimentais. Apesar de estar envolvida com Joe, ela se sente atraída por Richard, seu parceiro. Lindsay está mais distante do seu namorado, apesar de todas as concessões de Joe, como se mudar de cidade e aturar o jeito durão dela. Não é fácil manter o interesse nas personagens se elas forem muito lineares durante toda a série. Lindsay é minha personagem preferida, pois tem nuances muito interessantes de independência e rebeldia, além do enorme senso de justiça. E ela é muito humana, real, o que provoca uma maior identificação entre leitor e personagem,

Fora da esfera romântica, a parte policial é boa, bem trabalhada, com as investigações de dois casos misteriosos. Incêndios em mansões, sem pistas, sem explicação. E o desaparecimento de Michael, filho do ex-governador, sem solução há meses. Uma ligação anônima leva a uma prostituta, que acaba sendo a suspeita da morte de Michael. Mas, não há corpo, não há uma história, não há muitos elementos para uma acusação. Esse vai ser o desafio de Yuki, condenar a prostituta Junie Moon. Yuki também sofre uma grande decepção amorosa, que só quem ler vai saber.

E a parte mais fofa do livro! Uma novíssima integrante para o Clube! Nasce a pequena Ruby Rose, filha de Claire. Se inteligência é genética, vai ser um pequeno gênio.

Recomendo o livro para quem adora um bom romance policial com toques femininos.



4 comentários:

Fabrica dos Convites disse...

Infelizmente eu li apenas o volume 1 desta série. Gostei muito mas ainda não segui lendo os outros livros. Sou fã do autor, e espero ler.
Bjs, Rose.

Marcia Noto disse...

Eu acompanho essa série e gosto muito... Só não estou gostando o rumo que está tomando o romance da Lindsay e do Joe. De resto, é um ótimo passatempo!

Layne Cris disse...

São quantos livros da série??

Medéia disse...

Por mim podia ser infinita, de tanto que gosto da série, mas são 11.
Ainda faltam:
- 8ª confissão
- 9º julgamento
- 10º aniversário
- 11ª hora

Tô me devendo este livro e o 6º alvo que ainda não li porque ainda não comprei, mas me aguarde!!!!
Ótima resenha, só me deixou com mais vontade!

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top