Veleiros ao mar - Sarah Mason


Orelha do livro: A bela e talentosa Inky, tem um sonho: competir na America's Cup, o maior desafio de barcos à vela do mundo, que apenas os melhores (e mais ricos) velejadores têm a chance de ganhar. Mas, antes de realizar seu desejo, Inky terá que usar sua determinação e suas habilidades para enfrentar inimigos. O impíedoso Henry Luter, por exemplo. Principal patrocinador da competição, ele acredita que velejar não é para mulheres. E, para piorar, Inky ainda por cima se apaixona por um rival.
Enquanto isso, o problemático velejador Fabian está mais preocupado com suas batalhas pessoais. Tudo o que lhe sobrou são a lembrança de uma grande tragédia e uma filha não planejada.
Rafe é outra pessoa com tempestades a atravessar. Ele vê sua paixão por iates ir por água abaixo quando escolhe entregar seu coração à mulher errada, Ava, a mimada filha de seu patrocinador.
Veleiros ao Mar tem aventura, sedução e drama. É a incrível história de duas equipes que se enfrentam, lutam contra os elementos da natureza e vivem o maior desafio de suas vidas.

*-*

Minha opinião: É um bom livro.

Tem páginas demais, mas isso é justificável porque tem muitos personagens e não seria possível falar sobre suas vidas em um volume menor. 

A capa sugere uma história divertida, porém não acho que esse livro se enquadra no estilo comédia romântica, pois seus personagens estão sempre lutando para buscar a felicidade, cheios de dramas e decepções.

Veleiros ao Mar é o quarto livro que leio de Sarah Mason e a considero uma ótima escritora. Nesse livro a história tem como cenários o mar, barcos e uma competição chamada America’s Cup que define quem são os melhores velejadores do mundo.

Já que tem muitos personagens, inevitavelmente o livro tem também bastante romance e isso compensa as inúmeras páginas que fala sobre a competição que achei bastante chata de ler. 

Todos os personagens são interessantes e apaixonantes e fica difícil dizer qual é o melhor. Tem a Inky, a única mulher num esporte considerado masculino lutando por seu espaço; Rafe, criado somente pelo pai e que cresceu sempre navegando de um canto a outro pelo mundo; Mack, solteirão convicto, que já na meia-idade quer ser reconhecido como melhor timoneiro de todos os tempos e que vai ficar caidinho de amores por Bee, tia de Rafe; Fabian, que quando mais jovem era muito inconsequente e de repente viu sua vida mudar completamente com o sumiço misterioso do pai e a morte de um amigo no mar; Milly, que fica grávida de Fabian e, tendo que abandonar seus sonhos de modista, é insegura quanto a fidelidade de Fabian que de tão lindo está sempre cheio de tietes; Custard, que foge dos romances, mas será surpreendido pela paixão; e por aí vai, com ainda vários outros personagens.

Recomendo que leiam Veleiros ao Mar, mas tenham paciência nas páginas que julgarem desnecessárias, porque assim vão se emocionar com as passagens mais importantes da história. Eu adorei!


Só para constar: a America's Cup existe e dá pra encontrar muitas fotos no Google, o que é ótimo para acompanhar melhor a história...

4 comentários:

Lili disse...

Oi Driza!

Adoro Sarah Mason, esse livro tá na minha lista de prioridades rs
Obrigada pela indicação, adorei a resenha!
bjão!

Leninha - sempre romantica disse...

Não conheço a autora, mas gosto de motes assim com cenários encantadores.
Como sou uma apaixonada por livros de piratas, livros com cenários ao longo mar me encantam.
Só a capa desse livro que achei fraquinha.
Beijinhos!

Marcia Noto disse...

Oi, Driza!

Esse livro entrou para a minha lista de desejados logo que vi o lançamento. Eu adoro a Sarah Mason, acho os livros delas hilários.
Só fiquei com um pé atrás por causa do volume, achei meio exagerado tratando-se de um romance.
Acho que vou deixar ele passar para o fim da lista, pois não estou com muita paciência para livros longos no momento (ainda traumatizada com o último volume da Guerra dos Tronos).

Beijos!

Patricia Cardoso disse...

Olá Driza,
gosto muito dos livros desta autora, e nada como, conhecer um pouco um mundo, em que não sei nada a respeito. Quanto aos trechos desnecessários, acredito que isto está virando moda entre os autores, e me irrita bastante. Ótima resenha. Bjs!

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top