Os Três de Sarah Lotz




Quinta-Feira Negra. O dia que nunca será esquecido. O dia em que quatro aviões caem, quase no mesmo instante, em quatro pontos diferentes do mundo.
Há apenas quatro sobreviventes. Três são crianças. Elas emergem dos destroços aparentemente ilesas, mas sofreram uma transformação.
A quarta pessoa é Pamela May Donald, que só vive tempo suficiente
para deixar um alerta em seu celular:
Eles estão aqui.O menino. O menino, vigiem o menino, vigiem as pessoas mortas, ah, meu Deus, elas são tantas... Estão vindo me pegar agora. Vamos todos embora logo. Todos nós. Pastor Len, avise a eles que o menino, não é para ele...
Essa mensagem irá mudar completamente o mundo.

Quando me deparei com esse resumo fiquei completamente curiosa para saber o que esse livro traria. Devo confessar que não aconteceu muito do que esperava, mas o que aconteceu me pegou de surpresa e me fez apreciar muito a história.

Bom, para começar, a história se baseia em um livro escrito para contar a tragédia que foi a Quinta Feira Negra e sobre o que aconteceu com as crianças sobreviventes. No prefácio de seu livro, a autora, Elspeth Martins, diz que vai trazer apenas dados que levantou e vai deixar os leitores formarem suas opiniões. E assim vamos vendo transcrições de conversas via skype, trechos de entrevistas em jornais e revistas – algumas traduções –, transcrições de conversas em salas de chat e e-mails e vamos tendo uma ampla visão do que ocorreu nos meses após a tragédia.

A Quinta Feira Negra foi um acontecimento em que quatro aviões caíram, quase ao mesmo tempo, em diferentes locais do mundo: Japão, Estados Unidos, África e Europa. Desses desastres somente três crianças – uma de cada voo – escapou com vida e quase sem nenhum ferimento. Esse fato, juntamente com uma mensagem enigmática deixada por uma americana, que estava no avião japonês,  pouco antes de morrer, desencadeia várias teorias da conspiração envolvendo essas crianças! Há desde fanáticos religiosos que afirmam que as crianças são os Cavaleiros do Apocalipse, a crenças de que as crianças estão tomadas por alienígenas tentando dominar a Terra com a ajuda dos governos.

A autora vai nos fazendo ver, através de relatos das famílias dos sobreviventes e testemunhas, como a vida dessas crianças vai dando lugar a uma complexa manipulação midiática e religiosa e, até mesmo política, e mudando o destino de inúmeras pessoas. O suspense vai num crescendo e a curiosidade por saber o que aconteceu de verdade vai fazendo com que largar a leitura seja muito difícil. O final foi totalmente inesperado e nos deixa com algumas perguntas ainda, exatamente o que a autora prometeu no começo. Ótima história!

3 comentários:

Érica Leme disse...

Eu simplesmente AMEI esse livro! Foi uma das melhores leituras do ano passado. Amei todo o clima que a autora criou, e amei mais ainda o final, que foi incrivelmente maravilhoso!!
Ele entrou na minha lista de favoritos com muita facilidade!!

www.serleitora.com.br

Images Animated Gif disse...

Um belo domingo.

O Mundo escuro de Morringhan disse...

Nossa de fato é um plot que não dá pra passar, eu teria ficado louca também com a sinopse. Aliás estou mordida de curiosidade nesse instante mesmo rs. Apesar que...esses fragmentos de história que pode ou não ser verdade, as conversas nas redes sociais e publicações jornalísticas, não deve saciar a fome rs.

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top