Tentação ao Pôr do Sol - Lisa Kleypas



"Os lábios encontraram seu pescoço, afagando a pele vulnerável com beijos úmidos. Ninguém jamais havia feito tal coisa. Quem poderia imaginar que era tão delicioso? Tonta, Poppy deixou a cabeça pender para trás, enquanto o corpo aceitava o apoio firme de seus braços. Ele explorava seu pescoço com ternura devastadora, deslizando a língua por cima da veia pulsante. A mão amparava a nuca, o polegar traçava a linha acetinada dos cabelos. Quando se sentiu correndo o risco de cair, ela passou os braços em volta do pescoço dele. Harry provocava arrepios onde tocava. Poppy aproximou o rosto do dele, e seus lábios deslizaram pela superfície lisa do queixo barbeado. Harry parou de respirar por um segundo e, antes que ela pudesse dizer qualquer coisa, a boca masculina se apoderou dela em um beijo de verdade."

Finalmente chegou a vez de Poppy Hathaway! 

Ela é a beldade mais calma da família, além de culta, estudiosa e paciente. Ela tinha certeza de que jamais poderia se casar com alguém, pois todos os homens são irritantes e entediantes. E procuram atributos femininos que ela não possui. Seu ideal de vida é morar para sempre no campo, com seus livros, desfrutando de uma vida simples e sossegada. 

Até que ela conhece o perfeito Michael. Aristocrata, rico, herdeiro de título, ele afirma que nada disso importa e é capaz de trocar tudo pelo amor de Poppy. Os dois escrevem cartas apaixonadas e tem encontros inocentes, fazendo juras de amor. Poppy encontrou o homem da sua vida, seu herói. Eles pretendem se casar o mais rápido possível. 

Mas, no meio dessa fantasia de amor, há um vilão implacável. Harry Rutledge é o dono do hotel onde a família Hathaway passa suas temporadas. E, depois que conhece Poppy, ele decide que a deseja para si, não importando muito se ela também o deseja, não importando também o que precisará fazer para garantir que ela seja sua. 

Harry e Poppy acabam se casando, sem amor, sem amizade. Poppy tem seus motivos para ficar com esse homem tão prático, sério e rude. Vários segredos do passado de Harry desafiam nossa heroína a provar que ele pode ser um homem bem melhor do que parece. 

Esse terceiro volume quase empata com o primeiro na minha preferência, só não empatou porque o Cam continua arrasando. Harry é um homem atormentado, magoado pela vida, descrente de si mesmo, que precisa de muito amor para se curar. Poppy é meiga e forte ao mesmo tempo, uma personagem que vai crescendo ao longo do livro, demonstrando que é muito madura e tem meios de domar essa fera. Um livro para quem gosta de romances do estilo Bela e Fera.


1 comentários:

Arismeire Kümmer Silva disse...

As capas desta coleção são muito bonitas.
Sou uma viciada em capas, hehehehehe.
Bj, Aris.
http://arismeire.blogspot.com.br/

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top