O Ano da Leitura Mágica - Nina Sankovitch



"Um desafio: ler um livro por dia durante um ano. Você aceita? Essa foi a promessa que Nina Sankovitch fez a si mesma. Após perder a irmã mais velha para o câncer, e embora precisasse cuidar dos quatro filhos e lidar com os percalços que fazem parte do cotidiano de uma grande família, Nina cria uma jornada para si mesma: ler um livro por dia durante um ano inteiro. Nesse verdadeiro sonho literário, nossa heroína descobrirá que o ano de leitura mágica mudará tudo ao seu redor e que os livros são uma ótima terapia. O ano da leitura mágica também conta a história da família Sankovitch: o pai de Nina, que escapou da morte por um triz na Bielo-Rússia durante a Segunda Guerra Mundial; os quatro ruidosos filhos, que lhe recomendavam livros ao mesmo tempo que a ajudavam a cozinhar e a limpar a casa; e Anne-Marie, sua irmã mais velha e inspiração, com quem Nina compartilhou os prazeres da leitura, mesmo em seus últimos momentos de vida."

Os livros são o alimento da alma. Todos os apaixonados por literatura sabem que um livro cura, um livro acolhe, um livro nos abraça e nos entende. Descobrimos sentimentos e elaboramos o turbilhão interior. É o que busca a autora dessa obra tocante.

" Livros. Quanto mais eu pensava em parar e voltar a ser só uma pessoa sã, mais eu pensava nos livros. Eu pensava em fugas. Não em correr para fugir, e sim ler para fugir."

Nina conta sua própria história de vida e sua relação com os livros. Depois de perder a irmã para o câncer, ela se compromete a ler um livro por dia, para distrair sua mente e superar a perda de uma forma diferente. O livro não é uma compilação de resenhas, o que me desapontou um pouco. Eu esperava ler mais sobre livros. Há alguns trechos e referências às obras mais expressivas do desafio, mas, no geral, é como conversar com uma boa amiga. Falar de livros e histórias da vida. As páginas se sucedem, em grande parte, contando como a família dela imigrou, o choque de culturas, a guerra e outros fatos que importaram na sua vida. Desde a infância, a família pobre foi ligada aos livros e ela transmitiu esse legado para os filhos. Agora, mãe de uma grande família, Nina tem o apoio deles para concluir o seu projeto. Alguns dias são fáceis, outros mais complicados, mas ela vence com louvor. E no final há uma lista de todas as obras que leu. As publicadas no Brasil já tem o título em português, mas são poucas. O livro se originou do blog que ela manteve nesse período, e lá resenhou todas as obras, e continua escrevendo sobre livros até hoje: http://www.readallday.org/blog/

O livro é uma narrativa emotiva, sentimental e carinhosa, de uma pessoa que encontra respostas e perguntas nos livros, e os considera grandes companheiros para os momentos mais difíceis. 

"Mas, agora, lendo meus livros como fuga, encontrei outra maneira de responder a essas questões. Não era um modo de fugir da dor, e, sim, um modo de absorvê-la. Por meio das memórias. Embora a memória não possa livrar uma pessoa do sofrimento nem ressuscitar os mortos, a lembrança nos garante que sempre teremos o passado ao nosso lado, momentos ruins, mas, também momentos muito, muito bons de gargalhadas, refeições feitas juntas e discussões sobre livros."

12 comentários:

Leninha - sempre romantica disse...

Nossa que lindo!

Vall Knopp disse...

esse livro é simplesmente magnífico.... eu o tenho. li e curti. dele surgiu meu projeto do blog: livroideologia.blogspot.com.br onde tenho como meta ler as 412 obras publicadas de Chico Xavier em 2 anos. em um ano não conseguiria, porque tenho dois filhos pequenos, empresa, casa, família e tudo o mais... e meu marido não curte muito minhas leituras. heehehh... converso frequentemente com a nina, ela é muito fofa!!! é um livro mais do que indicado e uma lição de aprendizado a lidar com a dor da perda de um ente querido... que bom que colocoram ele aqui no chá.

Patricia Cardoso disse...

Olá Aline,
gostei bastante do seu post, que interessante este livro, pra mim, seria a realização de um sonho, ler um livro por dia. Bjs!

MICHELE OLIVEIRA disse...

Um sonho mesmo ler um livro por dia, quem me dera...Gostei da resenha e vou colocar na minha lista para o futuro, pois graças a vocês do Chá das Cinco consegue comprometer meu orçamento para livros pelos próximos três meses..rsrsrsrs E só tenho a agradecer, pelos que li até agora, são dicas excelentes.Terminei de ler hoje Presente da Vida, de Emily Giffin e já iniciei Alguém para Amar da Judith MacNought, estou com Amor de Redenção e outros indicados aqui na pilha. Graças a deus pego férias mês que vem e quem sabe consiga ler um livro por dia , se não por um ano, pelo menos por um mês. Obrigada pelas dicas. Amo esse Blog.

kika disse...

boa pedida.... obrigada pela dica.... queria eu ler um livro por dia.....

Yasmin Dm disse...

nossa, deve ser muito bom...
mas nao consigo me imaginar lendo 365 livros por ano...
ja fico feliz quando leio 30

Jihanne Rocha disse...

Imagina ler um livro por dia????? deve ser emocionante, mas realmente é um projeto que precisa de dedicação e o auxilio da familia kkkkk
bjs.

Marcia Noto disse...

Oi, Aline!

Dica anotada, adorei a sua resenha!!!
Agora é só ganhar na Mega Sena para eu poder parar de trabalhar, e ler um livro por dia... rsrs

Bjs!

Juliana Vicente disse...

Que interessante. Não tinha ouvido falar desse livro ainda. Os livros são maravilhosas fontes de conforto, mas não sei se conseguiria ler um livro por dia.

Esse livro foi baseado em fatos reais? Sua resenha me deixou com essa sensação.

Já anotei o nome.

Bjs

Caliandra Medeiros disse...

Aline, realmente sem comentários...rsrsrs...não conhecia o livro, mas só em olhar a capa e saber q fala sobre livros e ainda por cima tem uma boa história: já tá na minha lista!!!! Parabéns pela resenha!

Driza disse...

Aline,

que capa mágina é essa?

Mas a história me pareceu meio de auto-ajuda e assim fiquei um pouco desmotivada.

Mas como vc gostou e vi outros comentários dizendo que gostaram, então a dica está anotada.

beijão

CCHOCETANDO disse...

Imagina só que delicia ler um livro por dia...imagina então ler bons livros por dia??!! Mas ai a situação é complicada já que houve uma perda importante,mas é também uma superação.Eu não li esse livro então não sei ao certo..
beijos,
Cristina.

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top