Fifty Shades Freed de E L James




Quando a abnegada estudante Ana Steele encontrou pela primeira vez o compulsivo e problemático jovem empresário Christian Grey acendeu-se um sensual caso de amor que mudou a vida de ambos irrevogavelmente. Chocada, intrigada e finalmente repelida pelos gostos sexuais de Christian, Ana exige um comprometimento mais profundo; determinado a mantê-la, Christian concorda.
Agora, juntos eles têm mais – amor, paixão, intimidade, riqueza e um mundo de infinita possibilidades. Mas Ana sempre soube que amar seu Fifty Shades não seria fácil e estarem juntos traz desafios que nenhum dos dois antecipou. Ana tem de aprender, de alguma forma, a dividir o opulento modo de vida de Christian sem sacrificar sua própria integridade, identidade e independência; Christian deve aprender a superar sua compulsão por controlar e deixar para trás os horrores que influenciaram seu passado e assombram seu presente. Bem quando parecia que o amor de ambos conquistaria quaisquer obstáculos, tragédia, maldade e destino se juntam para fazer o pior pesadelo de Ana se tornar realidade.



E.L. James fechou com chave de ouro sua trilogia – pelo menos na minha opinião. Esse foi o livro que mais gostei dos três (não que os outros não fossem bons, mas esse foi muito especial mesmo!).

Não vou falar muito da história para não dar spoilers, mas acontece tantas coisas nesse volume que é surpreendente. Há perseguições de carros, bandidos loucos e inteligentes, ex que querem aparecer... Mas o que mais me deixou satisfeita foi o modo como Ana e Christian superaram tudo, claro que não sem algum sofrimento.

Ana e Christian estão vivendo seu amor e tudo está maravilhoso. Mas uma ameaça do passado ressurge para assombrar os dois. E isso começa a pesar no relacionamento, pois faz o lado super protetor e controlador de Christian aflorar ainda mais e irrita Ana. Ainda bem que o amor dos dois é forte e sólido e eles conseguem seguir em frente, mesmo aos trancos. Tenho de reconhecer que Christian dá umas pisadas na bola e pegou pesado em algumas cenas, mas não tem como não ver que ele tentava ser o melhor possível para Ana, mesmo quando extrapolava. 

Lembram que comentei que Ana me irritou muito no segundo volume? Então, nesse Ana me conquistou completamente! Ela amadureceu e cresceu diante de meus olhos e simplesmente adorei ver essa Nova Ana! E Christian não ficou atrás no amadurecimento. Como previsto, acabei completamente apaixonada por ele! Ele começa a se abrir e a se revelar e acaba encantando os leitores. 

E não posso esquecer de dizer que há um material bônus muito bom e que me alegrou muito, fazendo com que eu amasse Christian ainda mais. 

Eu, particularmente, adorei essa trilogia. Confesso que cheguei com um pouco de medo, devido a toda a publicidade e reportagens e afins. Não sei se ela merece todo esse marketing, mas é uma história deliciosa de se ler e traz um casal que vai ficar marcado no mundo literário. Vale a pena conhecer essa autora.

21 comentários:

Jeanne Rodrigues disse...

Rê,

chave de ouro?

Ai, que bom, vou começar a ler o 1 e tenho lido tanta coisa que já nem sabia o que pensar...

Vou ler todos, espero gostar como vc.

Pela sinopse é mara!

Juliana Vicente disse...

Não tinha muita vontade de ler essa série, mas depois de ler as resenhas aqui fiquei mais inclinada a ler essa trilogia.

Adorei a resenha.

Beijos

Lariane disse...

eu gostei da trilogia, mas achei MUITO cansativa e repetitiva :X

Thais da Mata disse...

Amei ler Freed....

realmente encerrou com chave de ouro!

Não tem como não se apaixonar pelo Christian...são todos os seus defeitos que nos conquistam!

Leninha - sempre romantica disse...

Doida para ler todos, as resenhas aqui do chá só me deixaram com mais vontade de ter/ler toda a série.
Aguardando lançamento para comprar os 3!

Marcia Noto disse...

Regina,

Definitivamente eu vou esperar o lançamento dos três aqui no Brasil. Eu me conheço e sei que se não ler na sequência, vou ficar doidinha (eu quase morro de ansiedade esperando os livros da Diana Gabaldon serem lançados).

Bjs!

Jeanne Rodrigues disse...

Rê,

vc que leu todos os livros...consegue imaginar a Emma Watson e o lindo Ian como protagonistas do filme?

Pq eu simpatizei bastante com a ideia.

Bjos,

Regina disse...



A Emma tem o típico físico certo - magrinha e tal - mas acho que ela teria de tingir os cabelos, pois se não me engano, Ana tem cabelos castanhos. Ah! e acho que os olhos da Ana são azuis, mas nada que lentes coloridas não resolvam rsrsrs. E o Ian ficaria perfeito para Christian, pois ele é lindo, mas não tem os olhos cinzas, tem? Pra mim os olhos dele são azuis. Mas são detalhes... O casal seria muito bonito mesmo!

bjs

Jihanne Rocha disse...

Regina,
estou louca para ler essa trilogia, desde de que acompanho o blog meu marido fica louco com a lista de livros que levo a livraria kkkkkk...tadinho. Mas não tem jeito as resenhas que vocês fazem, e muito bem, desperta a leitora insaciável que tem dentro de mim.
Obrigada!

Adri Ramalho disse...

Esse eu vou esperar sair os três volumes, para depois eu ler.

Não vou poder participar do Ciclo do livro, uma pena.
Pelo que eu vi no site da Saraiva, até o final do ano saem os três, aí eu faço a festa.

A Regina sempre na vanguarda das leituras.

Bjkssss

Patricia Cardoso disse...

Olá Re,
Estava com medo de me decepcionar com essa trilogia, devido aos comentários lidos. Mas, com o seu post, estou pronta pra me aventurar. Bjs.

kika disse...

to lendo o primeiro e estou adorando....... nao vejo a hora de ler os outros dois......

Yasmin Dm disse...

eh, ta na hora de começar a ler o 1º entao

Vall Knopp disse...

mais uma trilogia, meu Deus!!! Dai-me forças para conseguir ler tudo o que desejo!!! mas achei interessante a forma como expôs o final dessa trilogia onde o desfecho se fez de forma concisa e surpreendente. VAmos verificar! ahahha

Aline disse...

Ai meu Deus! Eu quero logos esses livros! Bom que o lançamento aqui no Brasil vai ser tudo próximo ( o 1º já foi né) mais não sei onde vou arrumar tanto $$ haha!

Doida para ler!!

Driza disse...

Adorei a capa, e o recheio é bem convidativo.

Parabéns pela resenha, Rê.

beijão

fernando de noronha disse...

Passei pelo primeiro, já estou no segundo e não vejo a hora de chegar no terceiro, a estoria prende a atenção em todos os capítulos.

Josiane Guterres disse...

Incríveis os 3 livros. Os personagens cresceram juntos, mas que Ana era chatinha no início, isso era. Que diacho de tantas perguntas ela fazia, não dava trégua, cortava qualquer clima com Christian, ahhh Christian, quem leu o livro e não imaginou pelo menos por uma vez com um homem destes!? Com todos os seus defeitos e qualidades, ele é perfeito. Ainda bem q Ana se redimiu no último livro e mostrou pra que veio. Vale muito a pena a leitura. Li os 3 em 6 dias....

Neusa Reis disse...

Engraçado como é possível duas pessoas que não se conhecem pensar igual. A trilogia Cinquenta Tons foi esplendidamente analisada por você.Exatamente o que eu achei, não é como as revistas queriam, pornô para mamães. A história por trás é linda, mostra como a vontade de duas pessoas estarem juntas, faz superar todos os problemas e descaminhos. Prá mim o último parágrafo do 3o.livro já valeu os três. E os extras do final também foram fofos.Parabéns pela análise, recomendo a quem não leu que comece a ler.

Maira Azevedo disse...

Nossa estou completamente apaixonada por essa trilogia, adorei tudo desde o inicio, achei muito maravilho, tudo que os dois passaram para ficar juntos, barreiras foram vencidas e pesadelos se tornaram em sonhos..

Valeu muito a pena....

The Papa Rules disse...

Quero saber se vale a pena comprar esse livro em inglês... A leitura pode se tornar cansativa?

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top