Whitney, meu amor - Judith Mcnaught


Órfã de mãe e criada por um pai severo e frio, a adolescente Whitney Stone choca a sociedade inglesa do começo do século XIX com seus modos, sua espontaneidade e rebeldia.
Desde menina, ela ama o belo e aristocrático Paul, perseguindo-o em todos os lugares e inventando as mais inusitadas formas de chamar-lhe a atenção.
Enviada a Paris, ela recebe um longo treinamento para transformar-se uma mulher fina, glamourosa, irresistível. Quando retorna a Londres, está mudada, mas ainda disposta a conquistar seu amor de infância.
Porém o irascível e poderoso duque Clayton Westmoreland é quem se interessa mais vivamente pela jovem mulher. E é ele quem, por meio de artimanhas maquiavélicas, consegue levá-la ao altar.
Mas Whitney recusa-se a aceitar imposições, e está disposta a fazer tudo para livrar-se do odioso casamento. A convivência, porém, traz surpresas, e dentro de pouco tempo o duque se revela muito mais charmoso e gentil do que ela desejaria admitir.
Talvez Paul não passe de uma fantasia infantil; talvez Clayton tenha bons motivos para agir tão brutalmente; talvez o casamento não seja um erro tão grande assim…

Esse é o livro mais badalado da Judith Mcnaught. É o segundo livro da série Westmoreland e quase uma unanimidade entre os seus leitores. Quase, porque alguns não conseguiram gostar do Clayton, um duque bem parecido com os outros: rico, arrogante e poderoso. Se acha a última coca cola do deserto (com razão!)

Acho que já comentei que adoro romances históricos e esse é um dos livros que mais gosto. Já tinha lido em ebook, pois sua edição era vendida entre R$ 100,00 e R$ 200,00 mas graças a uma campanha que foi feito entre os fãs da autora, a editora Record publicou uma nova edição no formato bolso. Ganhei esse livro de presente de aniversário da Rafaela Carvalho e, claro, já é um dos meus livros intocáveis. Obrigada, Rafinha !!!

Whitney é uma jovem completamente apaixonada por seu vizinho Paul, e faz as maiores estripulias para chamar sua atenção. Seu pai decide que ela deve ir morar com os tios em Paris para que possa receber uma educação adequada. Passam anos e Whitney é a grande sensação de Paris. Sua beleza, encanto e personalidade encantam a todos, até mesmo o duque Westmoreland que não recebe a atenção devida ao seu titulo e resolve que aquela jovem deverá ser sua esposa. Para isso ele descobre que seu pai está falido e compra a noiva. Pede sigilo, exige que ela volte para a Inglaterra, se muda para perto da casa dela usando um nome falso a fim de conquistá-la. Só que isso não será nada fácil, ela continua apaixonada por Paul e decidida a casar com o seu amor de adolescente.

O encontro em Paris:

"— Pode ser salteador ou até pirata, mas duque? Do mesmo modo que sou rainha — replicou.
O sorriso dele desapareceu, dando lugar a uma expressão confusa.
— Posso saber por que acha tão impossível que eu seja?
Pensando no único duque que conhecera em toda sua vida, Whitney olhou-o da cabeça aos pés.
— Em primeiro lugar, se fosse duque, usaria um monóculo — argumentou.
— Como eu poderia usar um monóculo, se estou de máscara?
— Duques não usam monóculos para ver melhor, mas por pura afetação — ela declarou. — É através deles que examinam as mulheres reunidas num baile. Mas essa não é a única razão pela qual o senhor não pode ser duque. Não usa bengala, não ofega, não torce a boca com descaso e, desculpe a honestidade, não me parece que sofra de gota."

Whitney e Clayton protagonizam cenas inesquecível de amor, ciúmes,desentendimentos, encontros e desencontros.

É aquele livro que faz suspirar, ter raiva e amar. Aos meus olhos um livro adorado, ao meu coração um livro memorável.

Relatar mais sobre o livro é contar partes que você tem que descobrir ao longo da leitura, não quero estragar as várias surpresas do livro.

É um livro que você ama ou odeia. No meu caso, eu amo!

A Lili também fez resenha de Whitney, meu amor.







20 comentários:

Juliana Vicente disse...

Jeanne, ouvi muito você falar desse livro, mas sempre deixava para depois e depois e depois. Quando a record lançou a nova versão fiz questão de comprar e devorar!

Amei! Amei! Amei... Posso ficar repetindo isso por horas... kkk

A Whitney me irritou demais com sua paixão pelo tolo do Paul, enquanto o meu amado Clayton era menosprezado. Umpf

O livro é perfeito do começo ao fim.

Marcia disse...

Olá, Jeanne!

Eu tenho as duas versões desse livro, e a primeira não vendo por preço nenhum...
O livro é simplesmente maravilhosso!!!

Bjs,

Marcia

Patty disse...

Nunca li livros dessa autora, mas tenho vontade de conhecê-la; esse livro pelo visto é uma excelente opção, vou marcar para comprar em breve.

Driza disse...

Jê,
como vc eu já tinha lido esse livro em e-book, mas não resisti e reli agora com esse lançamento. Parecia que eu estava lendo pela primeira vez, tamanha emoção que a história passa. Maravilhoso.

bjs

Liliana disse...

Amo amo amo esse livro. É da Judith então.... rsrs

Thata disse...

Que capa linda! Pessoalmente então...sério, adoro capas de livros! Deu para perceber! rsrs

"talvez Clayton tenha bons motivos para agir tão brutalmente", foia frase que mais chamativa pra mim na sinopse.
Ele é bem divulgado e aprovados por tantos...
A história parece boa, promete uns encontros de fortes duiscussões.
Não sei se vou amar...sou as vezes (tosse) do contra!


bjs

Patricia Cardoso disse...

Olá Jê,
este foi o primeiro livro que li da Judith, e claro me tornei uma fã. Pretendo comprar este livro e guardá-lo com imenso carinho, este é um dos que eu não possuo. Muito boa resenha, e dizer que quero ler de novo é fato! Bjs...

Leninha - sempre romantica disse...

Tenho o meu lindo aqui na estante, falta ler.
Adorei a capa, só achei que deveria ter saido com uma edição especial, livro grande e tal...

Mas para os fãs e loucos por uma boa história até que está bom.

Regina disse...

Eu tenho as duas versões, mas ainda falta ler essa de bolso com final alternativo! Devo confessar que li primeiro Até Você Chegar - e então já conhecia o casal Clayton e Whitney, mas a leitura desse livro é maravilhosa e obrigatória para quem gosta de livros históricos. Espero que a Record se anime e republique os outros livros da Judith que estão fora de catálogo.

Adorei a resenha.


bjs

Gracy Ursulino disse...

Só tenho a dizer que amei o livro. A Whitney é uma burra de correr atrás do idiota do Paul tendo o maravilhoso do Clay doidinho por ela. Se fosse eu, aiai...

Bel disse...

Foi o primeiro livro da JM que li e me apaixonei pela escrita dela de cara...É uma história envolvente.

kika disse...

adoerei a resenha......... com toda certeza irei ler........

kika disse...

amei, amei, amei....... eu queroooooooo....... esse poderia ser o livro sorteado do mes...... ein....^^

Paula Alves disse...

Quando lembro que comprei esse livro junto com minhas amigas somente porque o livro era barato, eu agradeço a Deus por ter as amigas que eu tenho. Simplesmente PERFEITO!!!! Eu amoooooo o Clayton!!!! Virou um dos meus livros favoritos, ou até mesmo O livro favorito.
Terminei de ler com vontade de recomeçar no mesmo minuto. Já indiquei e emprestei a várias pessoas.

Jeanne Rodrigues disse...

Meninas,

esse livro é meu TOP.

Obrigada pelos comentários.

Bjos,

Vall Knopp disse...

os brutos também amam! ehhehehhe duques e duquesas, reis e rainhas. Sempre o mesmo mote para lindos romances. Quem não se imagina no século XV, XVI dançando valsas, com belos vestidos, lindas orquestras e um lindo par romântico! ehhehehe adorei!

Lupolati disse...

Ameiiiiiiiii a série toda: Um reino de sonhos, o primeiro da série que tem na sequência Whitney meu amor, Até você chegar e Milagres.
Tudo de bom!!!!

Miriam Olímpio disse...

Eu sou apaixonada pelos os romances da Judith. Whitney, eu li aqui no pc há mais de um ano. Desde que li, fiquei procurando para comprar. Estou muito feliz porque agora ele foi relançado, não vejo a hora de comprá-lo. Da Judith eu tenho. 1. Alguém Para Amar; 2.Agora e Sempre; 3.Até Você Chegar; 4.Em Busca do Paraíso; 5.Todo Ar Que Respira; e 6.Doce Triunfo. Li também aqui porque não encontrei prá comprar: Um Reino de Sonhos. Esse, como todos os romances da Judith, é um bálsamo para nossas almas. Não vejo a hora de tê-lo em mãos também.

Miriam Olímpio disse...

Eu sou apaixonada pelos os romances da Judith. Whitney, eu li aqui no pc há mais de um ano. Desde que li, fiquei procurando para comprar. Estou muito feliz porque agora ele foi relançado, não vejo a hora de comprá-lo. Da Judith eu tenho. 1. Alguém Para Amar; 2.Agora e Sempre; 3.Até Você Chegar; 4.Em Busca do Paraíso; 5.Todo Ar Que Respira; e 6.Doce Triunfo. Li também aqui porque não encontrei prá comprar: Um Reino de Sonhos. Esse, como todos os romances da Judith, é um bálsamo para nossas almas. Não vejo a hora de tê-lo em mãos também.

Miriam Olímpio disse...

É um prazer está aqui participando do Chá das Cinco! Eu amo os romances da Judith. Whitney, eu li aqui no pc há mais de um ano, desde então venho procurando para comprar e fiquei muito feliz em saber que ele está sendo relançado. Eu tenho. Agora e Sempre; Alguem Para Amar; Até Você Chegar; Em Busca do Paraíso; Doce Triunfo e Todo Ar Que Respiras. Li por aqui também, Um Reino de Sonhos, Lindo! Um básamo para nossas almas. Este é mais um que estou aguardando o relançamento para adquirir, assim como os demais que tenho por aqui, mas que não encontro para comprar.

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top