A filha do pastor das árvores – Gillian Summers

Sinopse: Após ser elogiado pela crítica e sucesso de vendas, além de receber excelentes avaliações nas principais livrarias do mundo, chega ao Brasil A filha do pastor das árvores, primeiro volume da série O povo das árvores, de Gillian Summers.

Com a morte da mãe, Keelie Heartwood, uma jovem de apenas quinze anos, é forçada a deixar sua adorada Califórnia para viver com o pai nômade no Festival da Renascença de Montanha Alta, no Colorado. Lá, coisas estranhas começam a acontecer — estranhas, mas familiares. Keelie percebe que algumas pessoas do festival têm orelhas pontudas, incluindo o cavaleiro mais bonito do lugar, Lorde Sean do Bosque. Quando ela começa a ver seres estranhos e a se comunicar com árvores, descobre que existe um segredo a seu respeito e percebe que seu pai lhe deve explicações.
A filha do pastor das árvores é um romance mágico e instigante que prende o leitor do começo ao fim. Após a leitura, viver na floresta em meio a um Festival da Renascença será uma ideia muito atraente. Um livro a ser devorado, independentemente da idade.


-*-

Eu gostei muito do livro. Não diria que é ótimo, mas é um bom entretenimento e em alguns momentos chega mesmo a cativar.

Não consegui me afeiçoar a Keelie e cheguei a me irritar em alguns momentos. Naturalmente que fiquei sentida com o sofrimento dela pela morte da mãe, a angústia das partes em que ela lembrava com carinho do amor materno e de como sua vida era enquanto viviam juntas, realmente isso não é fácil para uma menina de 15 anos, mas essas cenas foram muito repetidas durante o livro, então não me agradou.

Keelie foi morar com o pai num mundo totalmente diferente do que estava acostumada. Em vez da ensolarada Califórnia e roupas fashion, ela se vê usando fantasias da era da renascença num lugar onde só chove e, por isso, só pensava em fugir. O pai, Zeke, um doce, carinhoso, adorado por todos da região, não sabia mais o que fazer para agradar Keelie e ela só pensando em lhe dar as costas. Certo, adolescentes só pensam mesmo no próprio umbigo, mas quando isto está presente na leitura não é muito agradável, não é mesmo?

Mas a trama compensa em muitas outras cenas e personagens. A interação de Keelie com a floresta e os animais realmente é mágico. Ela fica o tempo todo negando para si mesma que tem o dom de falar com as árvores, mas quando se dispõe a deixar acontecer é realmente cativante. Knot, o gato espertalhão, está presente nas cenas com uma pitada de humor e, embora não chegamos ao ponto de soltar gargalhadas, vale a pena cada palavra descrita nas aventuras e participações de Knot.

O livro faz parte de uma série não sei de quantos livros e, assim, não tem um final. Mais emoções ficaram para o próximo livro. Pretendo continuar acompanhando essa aventura, então tomara que a Bertrand Brasil não demore muito para lançar o próximo volume.

16 comentários:

Jordana Broering disse...

A história parece ser interessante, mas não chama muito a atenção. A capa é realmente linda.

Beijinhos

Luciana Apaixonada por Romances disse...

Ótima resenha, viu? Não tinha nenhuma curiosidade sobre esse livro, mas já gostei dele!

Beijos
http://www.apaixonadaporromances.com.br/

Thata disse...

A capa é muito show1
A essa Keelie parece meio boba e até agora não me convenceu. E a história não me chamou a atenção, meio louca (mas não um louco legal--apaga isso! rsrs)!

Boa resenha
BJS

Thais Priscilla disse...

Acabei de ler um livro de fadas então vou dar um tempo para esses personagens :)

Beijinhos,
Thais P.
http://thaypriscilla.blogspot.com

SONIAJAM disse...

Devo concordar com a Thata ai encima a capa é um show (amo capas), e o Titulo e a sinopse já me deixaram curiosa para lê-lo, com sua resenha (mesmo vc não indo muito com a cara da protagonista) eu realmente me vi cativa e quer saber pq vc disse que tem um gato amooooooooo gatos...rsrsr, tá na lista só vou esperar sair o 2º volume pois sofro de crise de abstinencia e nçao compro livros em série sem ter saído pelo menos o 2º.

Sweet-Lemmon disse...

O livro parece ser interessante apesar de não fazer muito meu estilo não. Achei a capa linda (mas me lembrou um pco a capa de A Floresta de Mãos e Dentes).

Bjos!

kika disse...

parece ser bom...... anotado......^^

Leninha - sempre romantica disse...

Esse livro já me ganhou pela capa, desejado com certeza!

Valéria Knopp disse...

É mais um livro dentro do que vem ocorrendo: magia, sobrenatural. Isso está em voga e prende a atenção do leitor. O que me chama a atenção é essa força que os livros estão tendo sobre abrir os olhos dos leitores para algo além da matéria pura e simples: a magia, o outro lado da vida. Enfim, que há algo além de nossas forças humanas. Gosto muito! ;)

Adriana disse...

Adorei! Mas o único problema dessas séries é que a gente nunca fica com aquela sensação de "dever cumprido" sabe, de ter terminado um livro, pq sempre tem continuação!!! A capa é linda demais, só por ela já valeria a pena, bjooo!

Jeanne Rodrigues disse...

Driza,

que pena não ter te cativado.

achei nas entrelinhas que ela era apagada como a Bela(toda "heroina" parada eu lembro dela)...risos...

A capa é linda e chama a atenção, tomara que a personagem amadureça.

Bjos,

Patricia Cardoso disse...

Olá Driza,
gosto muito de livros do universo mágico. Valeu pela dica. Bjs...

Adriana disse...

Oi Driza! Interessante! Não tinha lido nada sobre o livro. E como sempre sua resenha sincera deixa claro que o livro é interessante mas ainda assim não é forte o suficiente para cativar completamente.

Realmente quando não há uma identificação com o protagonista da história, de alguma forma, fica difícil adorar um livro, né?

Valeu pela dica!
Bj!

RUDYNALVA disse...

Driza!
Já andava curiosa por ler o livro e depois da sua resenha, fiquei ainda mais.
Bom livros que nos entretem.
Valeu a resenha.
Cheirinhos
Rudy
http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/

Medéia disse...

Amei a capa!
As editoras tem se esmerado nelas não é mesmo?
Eu ando meio cansada de mocinhas adolescentes, mas admito que ainda estou curiosa e com vontade de ler esta história.
Parabéns pela resenha e pela sinceridade.
Eu gosto de histórias com florestas, acho que vou "experimentar" esta...

Heloisa Nogueira disse...

Capa maravilhosa. A história é um pouco interessante, mas ainda assim, não chamou minha atenção.

Beijos.

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top