Sou louco por você - Federico Moccia


Step volta à Roma depois de dois anos em Nova York, para onde viaja a fim de esquecer um grande amor.Tenta retomar a vida, encontrar amigos, arranjar um emprego, voltar a se relacionar com a família. Porém, ele logo percebe que algo mudou dentro de si, mas não sabe ao certo o que é.

Quando conhece Gin, uma garota de 19 anos, linda e irreverente, vê suas esperanças se renovarem e volta a acreditar que conseguirá se envolver e se apaixonar. Mas não é fácil esquecer Babi e, quando se depara com ela, sente como se todo o seu mundo cambaleasse... É possível reviver a magia do primeiro amor? Será que conseguimos mudar o rumo de nossa própria história?

Foi impossível fazer essa resenha sem contar alguns fatos importantes do livro. Se você não gosta de spoilers não prossiga. Mas espero que você volte para comentar após ler o livro. Desculpem a enorme postagem, minhas emoções afetaram todo o meu dicernimento e, por mais que tentasse, não consegui reduzir o conteúdo.

Após ter lido Três Metros acima do Céu (confira a resenha da Lili no Nossos Romances) com os personagens Step e Babi há alguns anos atrás eu fiquei fã do autor. Consegui comprar o livro mesmo esgotado, claro que por uma boa quantia. Confesso que foi uma compra impulsiva mas imprescindível.

Como o final de Três metros acima do céu não foi o que eu esperava, fiquei super feliz por saber que tinha continuação, e esperançosa que agora fosse o final que eu queria.

Os outros livros do autor, lançados no Brasil, não me chamaram tanta atenção e talvez por ainda estar a Três metros acima do céu eu deixei a compra para lá e eis que de repente (não tão de repente, demorou anos) vejo que finalmente saiu Sou Louco por você, e que eu poderia continuar a Três metros acima do céu.

Não resisti novamente, comprei o livro na pré-venda e quando chegou eu esperei terminar alguns livros que estavam na frente para ai sim poder embarcar para Roma.

E, eis que viajei novamente, passei por praças, pontes, ruas, restaurantes, mas dessa vez com os pés bem plantados no chão.

Se passaram 2 anos e Step volta a Roma. Os milhares de quilômetros de distância não fizeram com que ele esquecesse o seu primeiro amor, nem seu meu melhor amigo. Um pouco diferente ele vai tentar achar um lugar em Roma, já que devido ao tempo e as circunstâncias até as melhores amizades tomam outro rumo.

Ele não é mais o mesmo Step, ele agora é uma lenda, um mito. A célebre frase Eu e você, a trés metros acima do céu inspirou muitos casais e fez com que ele se tornasse um sonho para muitas garotas. Os famosos rachas, seu amor pela aventura, seu pouco caso e falta de responsabilidade, as brigas homéricas são famosas e ele nem tchum. Tudo que quer é continuar vivendo um dia de cada vez, e quem sabe, esquecer a Babi?

Dificuldades ele não terá, as mulheres continuam por perto, e querendo mais sempre. Step tem um senso de humor característico que nos conquista.

A família de Babi é a família mais sem amor que conheço. Nesse livro eles conseguiram bater todas as outras famílias de outros livros. Será essa a nova família dos atuais tempos? Tomara que não.

Step está mais próximo da família ainda que do jeito dele. Irá cometer alguns atos falhos, mas em comparação ao livro anterior estará bonzinho demais.

Assim que chegar a Roma, seu pai tem conseguido um emprego para ele, e conhecerá Ginevra (pausa, minha sobrinha recém-nascida tem esse nome, acho um nome lindo e forte).

Gin é completamente diferente de Babi. Tem 19 anos, faz artes marciais e boxe nas várias academias de Roma, compra roupas pela internet, usa com as etiquetas e depois devolve para as lojas alegando algum problema. Ela luta com Step, bate nele e é super esquentada. E ele fica vidrado nela. São tão parecidos um com o outro que até presentes compram iguais.

Ao terminar a leitura do livro fiquei muito infeliz, porque esperar tanto tempo por um livro e acabar que ele não tem nenhum dos finais que eu escolheria é super frustrante.

O autor fez um livro real, real até demais pro meu gosto. Onde as pessoas mudam de sentimentos, de personalidades e nos fazem enxergar quem elas são. Ou será que sempre foram assim? Egoístas, imaturos, gananciosos e sem escrúpulos?

Não costumo ser tão ranzinza nas minhas leituras, acho que devo respeito ao autor e a história. Já li inúmeros livros que tinham finais infelizes, ou não tinham final algum. Ou ainda que o final foi um completo absurdo. Como gosto é igual a nariz cada um tem o seu, pessoalmente não gostei da forma com que o autor conduziu a história.


Talvez tenha lido no momento errado, cheia de expectativas e sonhos de sempre adolescente mas fiquei com meus pezinhos bem plantados no chão e não a três metros acima do céu como eu queria. E, infelizmente, não fiquei louco por você.



Visite as redes sociais do livro.

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket





17 comentários:

Rai disse...

ai.. ai Jê... minha solidariedade a você... é tão chato quanto esperamos tanto uma coisa e nos deparamos com outra realidade completamente diferente... aconteceu isso comigo em Da Itália com Amor, achei tão inusitado aquele final e quando eu soube da continuação fiquei louca atras do livrinho... e foi tão chatooooooooooo....

beijinhos solidários

:)

Juliana Vicente disse...

Que interessante! Eu não li o primeiro livro, não conheço os personagens, mas sua resenha me possibilitou enxergar um pouco da história.

Sou fã desse autor, adoro, Desculpe, se te chamo de amor e estou lendo sua continuação. Mas acredito que ler Federico e gostar ou não tem muito haver com nosso estado de espirito no momento. Ele é um autor que expressa a realidade de idéias e as vezes nos faz deixar de lado velhos ideais de lado.

Espero ler em breve este livro e tirar minhas próprias conclusões.

Beijos

RUDYNALVA disse...

Jeanne!
Segui seu conselho, li só a sinopse porque não gosto muito de spoilers, prefiro a emoção do inusitado.
Obrigada.
cheirinhos
Rudy

SIL MIZEL disse...

oie.....vou deixar pra ler depois então...não gosto de spoiler..bjs

Camila C. disse...

Comigo acontece MUITO de esperar um final e acabar acontecendo tudo diferente. Mas acho que essa é uma das partes gostosas de ler, você IMAGINAR muitas coisas e depois ser pega de surpresa. Se bem que, algumas vezes, isso pode ser um pouco frustrante, eu sei...

Mas já ouvi/li tanta coisa boa sobre esse autor, que estou louca para lê-lo. E fiquei muito feliz de achar alguém que, como eu, possui sonhos de "sempre adolescente", haha. Os finais mais felizes e lindos/fofos/awn são os adolescentes, o que podemos fazer? :]

Adorei a resenha.
Um beijo!

Kézia Lôbo disse...

Ainda não li nada do autor, nao pq nao queira, ainda não consegui os livros.... Mas quero muito ler e esse ja vai pra lista!

Denise disse...

eu dei uma olhoda nesse livro e ñ gostei, + lendo a resenha acho q vou ler ele sim.

Leninha - sempre romantica disse...

Doida por esse livro.

Vanvan disse...

Bem, eu sou louca pelo autor, já é um bom começo, desde que lí DESCULPA SE TE CHAMO DE AMOR e DESCULPA QUERO ME CASAR CONTIGO, me tornei fã dos livros de FEDERICO MOCCIA.
Preciso deste e de TRÊS METROS ACIMA DO CÉU, urgentemente!

Tonks disse...

Você me deixou um pouco com medo de ler o livro. Rsrsrsrs

Lerei ou não lerei, eis a questão...

bjokas

Regina disse...

Jê,

Nunca li nada desse autor, acredita?

Li sua resenha e senti sua insatisfação... É dificil mesmo quando a gente chega com muitas esperanças na história e o autor nos entrega outra coisa e a gente acaba frustrado! O bom é quando o autor nos surpreende agradavelmente - o que não parece ter acontecido...

bjs

Driza disse...

Jê, tb voltei do céu! Mas com certeza fiquei "louca" nesse livro. Lindo demais, amei cada pedacinho. E achei o final perfeito, foi difícil aceitar Gin, mas depois que vi o tamanho do amor dela por ele, eu queria mais é que eles fossem felizes juntos...

bjsss

Driza

leya disse...

Oi eu não li o livro mais a continuaçao do livro três metros acima do céu que se chama Sou louco por vc mostra que Step e Babi não vão ficar juntos é sim foi só uma paixão que acabou.Estou triste por isso porque esperava que o livro mostra-se um amor verdadeiro não foi assim uma pena.

Camila cavalcante disse...

eu queri que babi e h ficassem juntos ater pq eu axxo qui num foi so uma paixao foi muito mas!tudo bm que gin e bonita e interessante so que agente tanbem tem qui a prender a lutar pelo amor verdadeiro,e se elle amassii a gin num teria ficado com babi!e quando sii amar ja mais é esquesido!

Camila cavalcante disse...

eu sei qui muitas vezes agente tem que esquecer o passado,mas quando se tratar de um amor deve se lutar por ele.Gin e uma garota bonita e interessante mas se H amasse ela não teria se cambaleado no rencontro com babi e i vai mas além.Eu não gostei muito do filme sou louco por você mim desculpe o outo mas AXO qui quando se ama jamais é esquecido!tem que ter o tarseiro filme e fazer com qui H E BABE lutem mais um pelo outro vale apena! não sei se as pessoas pensão como eu mas AXO qui a maria quer H E BEBE juntos!

Bel disse...

Oi gente adorei o blog. Bem eu li os livros e assisti os filmes. Três metros acima do céu é perfeito tanto no livro como no filme, apesar do final triste. Já sou louco por vc o livro é um pouco frustante, mas o filme confesso que me deixou mais decepcionada ainda. No livro a Gin até que é legal e a Babi se tornou um pouco fútil o que torna o final até aceitável, mas no filme o casal H e Gin apesar da cenas quentes não rolou e H e Babi ainda são o casal perfeito. Mário Casas oh my que gato!!!!! Gostaria muito de vê-lo como Travis Maddox em "Belo desastre" seria perfeito. Bem Frederico não escreveu nem vai escrever o 3º livro, mas comenta-se que talvés haja o 3º filme, bem só tem sentido se for pro H e a Babi ficarem juntos. Vamos esperar e torcer......

Caroline Freire disse...

Entendo sua decepção, também estou ainda muito triste..."Depois do três metros acima do céu" que me fez viajar e acreditar no amor...Ai vem e leio "Sou louco por você" que pega os sonhos e jogam no lixo...Frustada e revoltada pra ser um final. Tomará que venha um terceiro livro que a Babi e Step fiquem juntos, eu até vejo que a Gin combina com ele, mas que graça tem um amor que não te faz querer mudar pra viver o amor? Nenhuma. Ainda tenho a esperança de um final Babi e Step***MOCCI LANÇA MAIS UM POR FAVORRR** :(

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top