DL2011 - Mozart: O Grande Mago

Mozart: O Grande Mago
Nesta inédita saga, Christian Jacq, autor do megassucesso Ramsés, narra a aventura espiritual e a vida secreta de uma grande personalidade artística. 
Com apenas sete anos, Wolfgang Amadeus Mozart não só já havia feito longas viagens, mas também se apresentara em Praga, Viena e Frankfurt. Criança-prodígio, Mozart compunha para "descobrir as notas que se atraem". Esse menino tinha um segredo que lhe dava forças quando se sentia muito cansado, um tesouro só dele.
Mozart: O Grande Mago é uma jornada eletrizante na vida do maior compositor de todos os tempos. Uma aula de cultura e erudição, uma história fascinante ao mesmo tempo acessível e com um ritmo de narrativa no tom certo.
Sobre a Série Mozart: Desde os 13 anos, quando o então jovem francês Christian Jacq definiu sua vocação e decidiu que seria escritor, Mozart faz parte de seu universo. Ouvindo suas composições e estudando o Egito Antigo, descobriu o quanto essas duas forças da arte estavam conectadas. A série Mozart retrata, em forma de romances históricos, a aventura espiritual e a vida de um dos maiores gênios da História. O volume 1, Mozart " O grande mago, descreve a descoberta da música em sua vida e sua ligação com a franco-maçonaria. O segundo livro da série, Mozart " O filho da luz, trata da criação, do nascimento das composições que se tornariam eternas e mundialmente conhecidas. A ligação com a franco-maçonaria ganha destaque em sua vida e As bodas de fígaro estão a caminho. No volume 3, Mozart " O irmão do fogo, mergulha nos rios maçônicos e obtém inspiração para compor duas grandes óperas. Apaixona-se, torna-se pai e dá início a uma carreira promissora, mas o iluminado compositor é pego por sombrias ameaças. No quarto e último volume, Mozart " O amado de Ísis, ele finalmente atinge o auge de sua criação artística: compõe sua grande obra, A flauta mágica. Entretanto, seus inimigos não lhe dão trégua. A prova suprema se aproxima, e Mozart tem de testar sua grandiosidade perante as dificuldades.

Christian Jacq como sempre é muito meticuloso, entremeando fatos históricos e reais com ficção. Mas você leitor, com certeza não vai saber o que é real e o que é suposição.

Eu li apenas o volume 1 desta série de 4 livros e fiquei encantada. Sempre fui apaixonada pela música vibrante e enlevada de Mozart. Outra grande paixão minha sempre foi o Egito Antigo. Quando li Ramsés e A Pedra da Luz, Jacq já conseguiu me transportar para o Egito. Lendo Mozart me senti acompanhando ele desde menino até o início de sua vida adulta não apenas fisicamente, mas espiritualmente.

Mozart morreu muito jovem e em uma época que não era valorizado como hoje. Talvez se tivessem escrito uma biografia dele naquela época não teriam apreciado pequenos detalhes da sua construção de caráter e musicalidade como fez Christian Jacq.

Acompanhando pequenos concertos e sonatas criadas por Mozart desde a infância, vamos conhecendo as dificuldades e a genialidade do grande músico (mago, mestre, prodígio).

Com um trabalho primoroso de resgate de obras desconhecidas e inacabadas, Jacq desfia uma história cheia de problemas de um ser humano genial que nasceu com uma missão: transformar a música em uma mensagem mundial.

A-M-E-I acompanhar Mozart neste primeiro volume e, com certeza, quero ler os próximos 3 para saber como continua esta história linda.

A única coisa chatinha da história é acompanhar a história maçônica. Não que a maçonaria seja enfadonha, até acho fascinante, mas a história em si é sobre poder e sobre pessoas que utilizavam poderes e mistérios para se manter no topo. 

5 comentários:

Anônimo disse...

Medéia,

tenho esse livro na lista e sempre deixo de comprar, passo outros na frente. Arrependimento total! Vou agora mesmo montar uma cestinha de compras com os volumes.

Resenha apaixonante.

Bjs

Aline no Anônimo

Jeanne Rodrigues disse...

Medéia,

Nã é mto a minha praia, mas me deixou bem interessada.

Parabéns pela resenha.

Bjos,

Leninha - sempre romantica disse...

Vou falar igual a Je, não é muito minha praia, mas quem sabe né?
Beijinhos!

Patricia Cardoso disse...

Olá Medéia,

gostei muito do seu post, fiquei interessada, mas, o colocarei no final da pilha. Beijos...

O Mundo escuro de Morringhan disse...

Gosto de música clássica e de misticismo. Acho que tenho que conferir esse livro, mas não é para agora não. Tem, muitos outros livros na frente ;)

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top