Halo

Halo - Alexandra Adornetto
Editora Agir - 472 páginas

Nada de mais acontece na pacata Venus Cove, até o dia em que três anjos, Gabriel, Ivy e Bethany, são enviados do Céu para proteger o lugar contra forças obscuras que começam a surgir.
Disfarçados como irmãos, eles tentam levar uma vida comum. Gabriel torna-se professor na mesma escola à qual Bethany – a caçula – é enviada para estudar. Mas Beth, atrapalhada em sua experiência como ser humano, apaixona-se por Xavier Woods, o belo representante da escola. Uma situação que não só poderá comprometer sua existência como anjo, mas, principalmente, sua verdadeira missão. E tudo ficará ainda mais confuso para Beth quando um garoto charmoso, sedutor e mortal chegar à cidade.
Eles terão de dar duro para ocultar sua verdadeira identidade e, acima de tudo, suas asas.

Uma história gracinha. Os anjos estão pouco a pouco tomando o lugar dos vampiros. Até a rainha dos vampiros, Anne Rice, rendeu-se aos seus encantos.

Quando eu li a frase “Um amor que ultrapassa as barreiras do Céu e do Inferno” na capa, eu imaginei que a mocinha, Bethany, ia se envolver com um demônio. Mas Xavier é o legítimo mocinho bonito, fofo, inteligente, maravilhoso e gente boa. Não faz nada de errado, muito pelo contrário.

É uma série (mais uma) e acredito que cada livro será para um dos anjos: Bethany, Ivy e Gabriel.

Ivy e Gabriel são anjos mais experientes e mais velhos, já visitaram a Terra e tem facilidade para utilizar seus poderes e lidar com as emoções humanas. Em compensação Bethany é um anjo jovem que nunca teve um corpo humano e vem para uma missão (que a gente passa a história inteira sem saber exatamente qual é) como uma adolescente. Alguém do alto escalão divino a colocou nesta missão, apesar das dúvidas dos outros em relação a sua capacidade.

Ela é realmente uma adolescente, com as emoções e dúvidas de uma adolescente ingênua e curiosa. Ingênua porque não conhece a maioria das coisas pelas quais passa e se espanta facilmente com coisas simples como um baile de formatura, por exemplo.

É interessante acompanhar a evolução de Beth. Em alguns momentos eu cheguei a praguejar com ela, pois para um anjo ela é bobinha demais e demora a perceber o mal ao seu redor. Gabriel e Ivy também sofrem algumas mudanças perceptíveis ao longo da história.

Gabriel é um arcanjo, lindo de morrer, mas que não parece ligar para a atração que exerce nas pessoas, principalmente nas mulheres. Severo, controlador e extremamente focado na sua missão, aos poucos percebemos que ele começa a demonstrar pequenas reações tipicamente humanas. Mas eu acredito que a história dela vai ser a última, pois ele precisa “amolecer” um pouquinho mais.

Ivy é um serafim, linda e sábia e infinitamente bondosa. É a que mais demonstra estar alterando a sociedade de Venus Cove, uma vez que se envolve logo com instituições de caridade e outras situações em que, através de seu exemplo, consegue alterar o comportamento humano ao seu redor, melhorando a sociedade.

Bethany nos conta a história do início ao fim e por isso podemos acompanhar sua evolução de modo mais íntimo. Suas primeiras amizades na escola, suas primeiras experiências adolescentes (como fazer compras) e seu primeiro amor: Xavier.

Como eu disse antes, ele é o cara tudo de bom, que teve uma namorada perfeita, mas que morreu há um ano. Aliás, alguns acidentes estranhos ocorreram na cidade e é provável que a missão dos anjos tenha a ver com isto, pois eles sabem que estão lá para combater o mal.

É claro que eles não podem contar quem são para ninguém e, é claro, que Beth acaba tendo que contar o que é para seu amado Xavier. O drama fica por conta de um garoto novo, Jake Thorn, que chega na escola alterando o comportamento dos colegas de Beth e trazendo de volta o mal para a cidade. E também para o fato de que Beth e Xavier não sabem o que acontecerá com eles assim que a missão dela acabar na Terra.

É um romance lindinho, com muitos suspiros e sorrisos e ótimo para aliviar a tensão de quem está acostumado com romances sobrenaturais macabros e pesados. Percebemos desde o início que tudo vai sair bem e mesmo assim é instigante e me manteve lendo sem parar. Tô louca para acompanhar a história de Gabriel e de Ivy.

16 comentários:

Nana * disse...

Ah, eu adorei Halo. Super fofo :)

Estou super curiosa pelas novidades que essa trilogia vai trazer. Mas estou achando que Gabriel e Ivy terão o mesmo papel que Halo e toda a saga será apenas focada no romance entre a Beth e o Xavier.

Uma pena :(

Seria muito legal se tivesse um livro para cada um dos anjos.

Ótima resenha *-*
Bj

αηδψϊηћα ஐβϊττψஐ disse...

Halo é fofo.
Não sei mto bem o que esperar dos próximos volumes, então vamos torcer para que coisas interessantes sejam escritas.

Andy_Mon Petit Poison

Jeanne Rodrigues disse...

Medéia,

A capa e a sinopse me encantaram desde que vi.
E o melhor... ganhei esse livro da Jú.

Tá na pilha dos que tenho que ler urgente.

kkkkkkk

Breve,breve faço a resenha.

No momento estou me esbaldando com Julie Garwood =P

Bjos,




PS: Indica pra minha filhota tbm? risos...

Medéia disse...

Realmente meninas, esta a palavra que define Halo: FOFO!
Espero que os próximos livros não foquem em Beth e Xavier senão vai ficar chato. Estou louca para ver Gabriel se desestruturar um pouco... eh eh eh

Driza disse...

Oi Medéia,
eu tb adoro livros de anjos, portanto, adorei a indicação.

bjss

Regina disse...

Medéia

Fiquei com vontade de ler! Vi o livro e não o comprei e agora estou me sentindo mal rsrsrsrs.

Realmente os anjos estão vindo com tudo!

Vou procurar!

bjs

Angélica disse...

Olá Meninas comprei o livro só que ainda não li.

Quem leu foi minha filha de 14 anos, quando perguntei se livro é bom ela respondeu:

- O livro é doce do tipo que causa diabetes...

Dai que fiquei mais curiosa!Está fila esperando pra ser lido.

Beijos

Leninha - sempre romantica disse...

To torcendo para o os próximos livros da série foquem Gabriel e Ivy ai sim acredito que a série vai bombar.
Doida para ver o Gabriel ceder aos encantos do amor, ui, deu até um calor aqui, kkkk

Fábrica dos Convites disse...

Sempre falam muito bem deste livro, mas ainda não li. Bjs, Rose:D

Elisandra disse...

Estou num dilema, acompanho alguns blogs, e uns dizem maravilhas, outros dizem que não é lá grandes coisas, pelo que vi vou ter que ler para descobrir....boas palavras....pela sua resenha com certeza eu compraria o livro....beijokas elis!!!!!!!

Cristiana disse...

Eu amei ler Halo, e as vezes fiquei louca de raiva da ingenuidade da Bethany, mas foi uma boa leitura sem duvida e a capa é linda de morrer !!

Vivianne Fair disse...

Hum, as opiniões divergem tanto...uns dizem que é fofo, outros que é bobo...mas enfim, gosto de dar chance pros fofos! rs

Patricia Cardoso disse...

Olá Medéia,

no momento estou evitando ler livros com essa temática. Mas, quem sabe após o seu post, eu mude de idéia. Excelente post! Beijos...

sabrina disse...

OI, Medéia!!!
Vou ler esse livro ainda esse mês, um pouco atrasadinha, mas estou ansiosa, e não espero muito mais além de ser algo... fofo!
Não por ser moda de anjos nem nada, eu simplesmente adorei o enredo e a capa ,e a sua resenha!
bjusssssssssss

Taty disse...

Ola a todos
to doida pra ler esse livro
me apaixonei pela história de primeira..
Só que não consigo baixa-lo de site nenhum
Alguem pode me passar um link?
desde já agradeço!

Taíse disse...

Mais uma vez aceitei uma sugestão de livro no chá da cinco e como é de praxe, voltei aqui pra comentar. Então vamos lá??
Quando vi Halo anunciando pela primeira vez aqui no blog, fiquei encantada com sua historia. Mas confesso que fiquei um pouco desanimada quando comecei a lê-lo.
Talvés tenha sido pelo fato que eu esperava mais ação, talvés tenha sido pela paixão repentina entre Xavier e Bethany.
Achei um pouco exagerado de mais a Bethany se apaixonar tão rapidamente e já não conseguir pensar em outra coisa a não ser o Xavier. Porém com o desenrolar da história, me apaixonei por cada personagem e ri muito de algumas passagens do livro, (como os conselhos que as amigas da Beth lhe dão sobre os relacionametos e os homens em especial).
Logo quando comecei a ler Halo pensei em desistir, mas ainda bem que não consigo abandonar um livro depois de começar a lê-lo.
O amor entre os protagonistas da história é uma graça, que acaba nos deixando com diabetes por tanta docura. Com o desenvolver da história da pra perceber esse amor amadurecendo e se tornando cada vez mais forte, o que leva eles dois a passar por cima de tudo para ficarem juntos.
Gostei bastante da posição de cada personagem, pois a Beth apesar de amar muito o Xavier, não fica tão alienada nele. Dando espaço para nós leitores saber um pouco mais das caracteristicas fisicas e psicologicas dos que estão ao seu redor.
Quase esqueci de comentar sobre aquele final sinistro que deixa a duvida no ar: Jake esta ou não vivo?


Bom gente é isso. Se vocês não gostarem do livro no começo, tenha paciencia pois vale a pena. Garanto que do meio pro fim vocês estarão apaixonados pelo Gabriel, Xavier, Ivy e é claro a Beth.

Livro recomendado. Obrigada a todos, beijos e boa leitura.

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top