Rion de Susan Kearney


Marisa Rourke é uma destemida telepata que doma dragonshapers na Terra. Rion é um explorador espacial alto, moreno e sexy que mora em uma galáxia distante. A atração entre eles é inegável, mas Rion esconde um desesperado segredo.

O dom de Marisa é o único modo de Rion poder falar com seu povo, escravizado por um poderoso inimigo. E, assim, ele a sequestra, o que incita sua ira e gera um mais quente – e mais explosivo – elo psiquico entre eles. Pode essa paixão ser a chave para libertar o planeta de Rion? Apenas se ele e Marisa aprenderem a canalizar seus desejos… antes de um cruel inimigo destruir a todos.

Dando prosseguimento a série Pendragon Legacy, temos a história de Rion e Marisa.

Marisa é irmã gêmea de Lucan. Ela e o irmão sempre conseguiram se comunicar telepaticamente, mas sempre atribuiram isso ao fato de serem gêmeos. Mas depois da volta de Lucan, e da cura que ele e Cael trouxeram, Marisa descobre que não apenas tem a possibilidade de se transformar em um dragão – como cerca de 10 a 2o por cento da população terrestre – mas também consegue se comunicar telepaticamente com grupos de dragões e, assim, ajudá-los a superar os medos e apreensões iniciais da transformação.

Já tinhamos visto Rion no livro anterior. Ele foi um grande aliado e amigo de Lucan e Cael e, quando esses vieram à Terra, ele acompanhou. Depois descobrimos que Rion fugiu de seu planeta – Honor – quando da invasão das Tribos. Ele caiu em Pendragon e estava impossibilitado de voltar e ajudar seu povo até chegar a Terra.

Aqui Rion conhece Marisa. A princípio, ele não quer se aproximar, visto ela ser a irmã de seu melhor amigo. Mas ao descobrir que Marisa pode ser a chave para ajudá-lo a libertar seu povo, ele parte para o ataque e a seduz e sequestra, levando-a para o planeta Tor, antes de poderem ir a Honor.

Marisa fica revoltada e hiper zangada, mas ao perceber a seriedade do problema de Rion e descobrir as crueldades e sofrimentos que seu povo vem vivendo, ela aceita lutar contra as Tribos, principalmente ao descobrir que a Terra pode ser o próximo alvo dos conquistadores.

Adorei a história e o modo como Susan vai nos mostrando as diferentes culturas e civilizações da galáxia. Eu amo viagens espaciais – sejam em filmes ou livros – e acompanhei a jornada de Rion e Marisa com muito entusiasmo e sofrimento, pois as Tribos são realmente um inimigo cruel e sem escrúpulos e sem respeito à vida. É uma história de superação, de resgate e muita aventura. Pra quem gosta do gênero, é um prato cheio!

3 comentários:

Jeanne Rodrigues disse...

Rê,

a cada livro novo que vc divulga fico imaginando que as editoras deveriam te contratar para ter noção do que realmente é bom.

Nunca li nada de viagem espacial, tirando Roarke e a série Mortal.

Fiquei bem interessada.

Bjos,

Driza disse...

Oi Rê
eu gosto do tema e tb amo viagens espaciais. E essa capa heim? Tudo de bom!!!

bjs

disse...

Olá,

Vi seu comentários sobre os livros e fiquei querendo ler muito mesmo..vc poderia me enviar os arquivos. bjs

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top