Desafio Literário 2010 - Janeiro



Para mim, o desafio literário começou muito bem. Se há um gênero que eu conheço é esse, dos romances de banca. Leitora assídua desde os 14 anos, colecionadora dos romances raros, compradora compulsiva, eu me enquadro na categoria daquelas que se divertem muito lendo os tais livrinhos mal-vistos. Adorei a proposta da Vivi, de incluí-los no desafio, pois ajuda a desmistificar a idéia de que todos os romances de banca são literatura de péssima qualidade, e que não vale a pena lê-los em hipótese alguma. Surpreendi-me com as resenhas que já foram publicadas, com muitos participantes conhecendo pela primeira vez e gostando. É o desafio literário atingindo resultados positivos. Por esse intenso relacionamento com a literatura extra-romântica, foi difícil escolher apenas dois livros para comentar. Optei por dois históricos ótimos! Um mais recente, outro mais antigo. Aproveito o post para falar dos dois, principal e reserva.



Livro principal: A Aposta – Suzanne Enoch - BestSeller.

Resumo:
Escolhi o livro por ele ser da época da regência, ser parte de uma série, e de uma autora que eu adoro. Esse livro é uma graça. Leitura muito prazerosa e divertida.

Resumo: Inglaterra,1862
Lição de amor
No passado, o notório visconde Dare seduzira Georgiana Halley e roubara sua inocência... somente para ganhar uma aposta! Mas agora ele iria pagar caro. O plano era simples: ela usaria cada artimanha sedutora que conhecia, com o intuito de conquistar o coração de Dare, para depois partí-lo!
Porém, aqueles olhos azuis mais uma vez tentavam Georgiana a ceder ao desejo... e quando ele a surpreendeu com um pedido de casamento, ela hesitou: estaria Dare enganando-a de novo, ou dessa vez poderia ser amor verdadeiro?

Georgiana foi uma “vítima” de Tristan há seis anos atrás. Ele apostou com os amigos que conseguiria dela uma noite de amor. Depois de cortejá-la e conseguir o que queria, ele a desprezou. Agora, Georgie está determinada a ensinar a Tristan uma lição. Ela vai desprezá-lo depois de iludí-lo com sua sedução implacável. Será que ela conseguirá? Entre nobres, bailes, piqueniques e passeios ao parque, a época da regência me atrai pelo seu ar sofisticado. Essa história, como a maioria das publicações mais recentes, é romanceada para os tempos modernos. O casal principal é explosivo e intenso. Intercalando diálogos afiados, humor inteligente e momentos sentimentais ao extremo, os dois personagens me encantaram. Gosto muito de histórias onde é necessário superar um acontecimento ruim do passado. Tristan quer ser perdoado pela infeliz aposta, e faz de tudo para agradar a sua amada. Usa seu charme sem limites, é ousado e sedutor. Georgie é geniosa, intransigente e demora a acreditar que ele realmente se arrependeu. Ela maltrata muito o nobre cavalheiro até que as coisas se ajeitem ao nosso gosto romântico. Com passagens de tirar o fôlego, o livro é para ser lido numa sentada, sem intervalos e interrupções. Recomendo para as fãs de romances históricos da regência. Aliás, já li os outros dois da série e são ótimos também, embora esse seja o meu favorito. Nota máxima!


******


Livro reserva: Núpcias de Traição – Laurie Grant.

Para contrabalançar a animação e humor do casal anterior, resolvi ler esse outro clássico histórico. Considerado uma raridade no gênero, o meu exemplar só foi encontrado num sebo há poucos meses. Quando soube do desafio, resolvi protelar a leitura. Comento esse livro para incentivar a leitura dos romances mais antigos, que estão dando sopa em sebos, e têm histórias maravilhosas.

Resumo: Um casamento sob o signo do pecado!
Jovem e linda, Elise de Vire perdeu o marido na batalha de Azincourt – na Guerra dos Cem Anos -, e jurou que faria qualquer coisa para ajudar na expulsão dos invasores ingleses de sua amada França! Mas, será que ela conseguiria esconder seus verdadeiros propósitos do cavaleiro inglês com quem lhe ordenaram que se casasse? Ou cairia vítima de sua nascente paixão?
Adam Saker sabia que a esposa estava lhe escondendo alguma coisa, pois ele era o chefe dos espiões do rei Henrique V e desposara uma francesa só para obter informações úteis a seu país. No entanto, a tempestuosa Elise se revelou uma formidável adversária, e o experimentado guerreiro começou a se questionar como faria para ocultar seu segredo daquela beldade de cabelos cor de fogo e corpo arrebatador...

A história se passa na época da Guerra dos Cem Anos. Franceses e ingleses são inimigos, mas, numa tentativa de paz, o rei passa a incentivar casamentos entre mulheres francesas e militares ingleses. Elise e Adam se casam, ambos com missões de espionar o outro. Eles precisam fingir o amor para ganharem a confiança um do outro. Mas, acabam se apaixonando realmente e vivendo uma saga de aventuras em meio aos terríveis episódios da guerra. Diferentemente de outros romances, nesse livro a mocinha é forte, determinada, não é nada ingênua e maleável. E o nosso herói é um homem moderno para o seu tempo, que ouve a esposa e a defende dos seus próprios compatriotas. Um casal que transpira sentimentos verdadeiros, intimidade e confiança. E os dois sofrem muito durante o livro, fiquei profundamente tocada pelos momentos tristes. Rica em pesquisa histórica, a leitura é indicada para quem gosta das narrativas de guerra com muito romance. Nota máxima para este também!

22 comentários:

Driza disse...

Oi Aline,
Adorei as resenhas e, principalmente, suas palavras sobre esses livros de opiniões tão contradiórias. Vc deu um show!

bjs

Driza

Diana Bitten disse...

Resenhas muito boas! Gostei de lê-las!

Um abraço e até a próxima!

Laura Schwartz disse...

Gostei de suas resenhas, o segundo livro parece ser super interessante, com esse lance de inimigos de guerra e um tentando espiar o outro.

bjo.

Sweet-Lemmon disse...

Oi! Gostei muito das resenhas! Eu li o da Laurie Grant e concordo com vc: é muito bom!
Quero muito ler A Aposta. Acabei de ler Adorável Sedutor e...odiei mas esse me pareceu interessante. :)

<3

Sweet-Lemmon disse...

Ops! O título é Adorável Pecador, não Sedutor. Foi mal! :D

Regina disse...

Oi Aline!

Lindas resenhas! A Aposta eu tenho em minha pilha, mas fiquei super curiosa pelo segundo! Deve ser um romance muito lindo mesmo e suas palavras me deixaram curiosa para lê-lo!

bjs

Adoro Romances de Aracaju disse...

Amei as resenhas!
Deixei um selinhos para vocês!

Nanda disse...

Ei Aline,
Eu não entendo nada de romances de banca e já tem anos que não leio nenhum ;P
Gostei mais do 1 pelo resenha parecer ser mais interessante ;)
bjo

Nara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nara disse...

Oi Aline, adorei as suas resenhas. Fiquei curiosa para ler 'Núpcias de traição'. Já foi pra minha listinha, que depois que conheci os romances de banca pelo desafio, só tem crescido. ;)
Bjs! :)

Kézia Lôbo disse...

Muito boa a resenha..
o segundo livro parece ser legal...
XD

Mariane disse...

Oiii...bom diaa!!

Tem promoção lá no Compartilhando Leituras...passe para conferir!!!

Bjinhuss!!

Elisandra disse...

Suas resenhas ficaram maraaaaaaaaaa.....já coloquei A Aposta no meu skoob pois quero ler uma hora dessas.....Parabéns pelas resenhas...bjus elis...ate fevereiro!!!!!

Larissa, Lara, Lalá, .... disse...

Como profunda conhecedora, sua escolha foi excelente, adorei a resenha e ja' coloquei na minha lista!!! Beijos

Vivi disse...

Uhú! Safra bom essa, hein, Aline. A aposta eu tenho. Já vou puxar o bixim da pilha. O outro eu não conheço. Concordo com você. Tem muito romance antigo bom demais da conta. Pena que esse seja raridade.

Beijocas

Aurelia disse...

Ótimas resenhas.Concordo com você,tem edições antigas muuuito boas.Eu mesma tenho algumas que são xodós.De vez em quando me pego relendo-as.
bj

Lili disse...

Nossa Aline, ainda não li esses! Fiquei curiosa e adorei como as demais a sua resenha! Parabéns!!!

Beijos
Lili

disse...

Puxa, Aline. Fiquei super tentada a ler os dois livrinhos. Principalmente o segundo! Já marquei o nome dele :)

Bjinhos, Rê.

Carla Martins disse...

Oi, Aline!!! Como seeeeempre, amei suas resenhas! E sempre que vejo o desafio literário sendo citado em algum livro, lembro que até hoje não entrei em um acordo comigo mesma quantos às escolhas para o ano...hauahuauahuahuhaauh

Gosto de terminar um livro, parar em frente à estante e escolher um que me chame para lê-lo...não gosto de planejar ordens de leitura, sabe? Acho que o problema em fazer a lista estava aí.

beijinhos!

Lilian disse...

Desde que comecei a ler livrinhos de banca, não entendo porque tanto preconceito. Em todo gênero há coisas ruins e coisas boas, e até agora dei sorte.
Como estou também apaixonada pelos romances históricos (principalmente os regenciais) ficarei de olho nestes que vc resenhou!

beijinhos!

Jeanne Rodrigues disse...

Aline do céu,

Pretendo ler esses livros rapidinho.

Vc me deixou mto empolgada.

Eu quero...

Parabens pela ótima resenha tão empolgante.

Bjos,


Lizzy disse...

Não encontrei esses livros. Preciso de ajuda.

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top