HOMENS DE CINZA de Gabriel Chalita


Sinopse: Nesta coletânea de contos, o homem é desnudado, revelado e observado em suas emoções. Em todas as situações, sob os mais diversos aspectos, Gabriel Chalita faz um mergulho de maneira ora intimista, ora fugaz. A presença do cinza é permanente na vida de cada um dos personagens: o cinza que embrutece os sentimentos, que desmancha teias, que desfaz a paixão, que carrega para além das emoções rasteiras. Homens de Cinza é um livro que instiga o leitor a compreender as peculiaridades e a grandeza da natureza masculina. Cada ser é único e, talvez por isso, surpreendente.


Teodolino, Jorge, Tadeu, Germano, Lourival... Desconfiança e amor caminham juntos. Segredos e descasos se encontram. Paixão e remorso são quase sinônimos. Raiva e esperança sobrevivem no mundo cinza em que vivem os personagens deste livro. Poucas vezes se viu uma cor, como elemento de ligação entre os mais diversos tipos de sentimento, ser utilizada de maneira tão assertiva. Poucas vezes o cinza enegreceu a alma, clareou o céu, incandesceu paixões. Não há tantos sinônimos para cinza nem tantas gamas de cinza, mas os homens aqui retratados percorrem todas as tonalidades, com suas lamúrias e seu destino. São homens que podem ter passado pela vida de cada um de nós, aqueles que, na mesmice da desilusão, nos fazem acreditar que nada muda. E Gabriel Chalita constrói com sensibilidade e delicadeza a vida de cada um dos personagens – de tristeza agridoce e ternura contida, numa cordialidade seca e desapontada –, conduzindo-os pelas finas malhas da escrita, revelando-os ora com beleza poética, ora com crueza dolorida. São os homens de cinza que vão povoar o pensamento de todos os que lerem esta coletânea de 20 contos, e são eles mesmos que parecem estar à espreita em cada um dos homens com quem convivemos todos os dias. Não há como negar: o cinza da possibilidade existe. E o autor nos atiça a enxergar por quê. O resto é cinza, como deveria ser!


Nesta coletânea de contos, Gabriel Chalita nos apresenta o universo masculino, em que nos revela sentimentos, emoções a partir de observações de seu comportamento. Neste blog, tivemos um post maravilhoso de nossa amiga Driza, que fez suas considerações sobre o livro Mulheres de Água, coletânea em que o autor mergulha no universo feminino.


Gabriel Chalita em Homens de Cinza nos traz vinte historietas, em que cada personagem tem algo de cinza. Estes homens estão tentando encontrar motivos para viver. Personagens que nos mostram as peculiaridades, as emoções e o homem nas mais diversas situações como a obsessão, o medo do fracasso, a busca pelo amor e pelo sucesso.


Concordo plenamente com a Driza, quando diz que ficou impressionada com a riqueza das descrições e com o conteúdo farto em vocábulos e locuções. E quero destacar o jogo de palavras que dá sempre aos textos com histórias bem “cinzentas” um toque de humor, o que torna agradabilíssima a leitura.


Clique aqui para ler alguns trechos do livro

e saiba mais um pouco sobre:

Homens de Cinza




10 comentários:

Carla Martins disse...

Que legal!!! Deve ser ótimo!

Carla Fernanda disse...

Oi, Patricia.

Muito interessante!

Nunca li nenhum livro do Gabriel Chalita, mas esse deve ser excelente!

Beijos.

Erica Ferro disse...

Pronto!
Taí dos livros sensacionais do Chalita que eu adoraria ler: Mulheres de Água e Homens de Cinza.

Adriana disse...

Paty!

Segundo livro do Gabriel Chalita bem recomendado por aqui!

Que bom!

Vivi disse...

Impossível não querer lê-lo após um comentário tão bem escrito como esse. Boa dica, Paty!

Beijins

Driza disse...

Oi Paty,

como li Mulheres de Água, não posso deixar de sentir curiosidade em ler Homens de Cinza. Tenho certeza que um é tão bom quanto o outro.

bjs

Jeanne Rodrigues disse...

Paty,

Parabens pela otima resenha.
Nos deixou com agua na boca..

Bjos,

Juliana Vianna disse...

Nossa, que diferente! Achei muito interessante esse livro, não conhecia.

Adorei a sua resenha, muito bem escrita! :)

Beijos, Ju

Ivi disse...

Gabriel Chalita é um homem que tem intimidade com as palavras e sabe como seduzir o leitor. Até seus livros técnicos na área da educação, se tornam leituras um prazer. Amei!!!

Cali disse...

Como a Ivi aí disse: Gabriel Chalita tem intimidade com as palavras...tive a oportunidade de ouvir uma palestra dele, num evento da faculdade...simplesmente, ele prendeu todo mundo...a platéia ficou num silêncio total, absorvendo o q ele falava. Por isso os livros dele, são tão chamativos...ótima resenha...bjs

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top