MINHA CRISE DE MEIA-IDADE FAVORITA (ATÉ AGORA) de Toby Devens



Em ´Minha crise de meia-idade favorita (até agora)´, romance de estréia de Toby Devens, Gwyneth Berke, uma bem-sucedida ginecologista, precisa reestruturar sua vida após uma terrível revelação. Mas ela resolve esse dilema da melhor forma possível, recrutando suas melhores amigas, também recém-descasadas, como consultoras para a formulação dos planos para essa nova etapa da sua vida - que inclui um necessário estoque de bom humor e, claro, a busca de um novo amor.


O que você faria se descobrisse,

que seu marido está apaixonado

por Brad, o decorador?

(faça o teste da Crise de Meia-Idade)


  • Me divorciaria (escolha obrigatória!)
  • Desencaixotaria rapidamente aquele mega estoque de bom-humor (isso também iria ajudá-la a lidar com os filhos e com seu pai, que, a essa altura, já está com o cérebro bem deteriorado)
  • Pararia de ficar reclamando de tudo, mostraria que sou espirituosa e começaria um novo plano de vida (também obrigatório)
  • Recrutaria minhas duas melhores amigas, também recém-casadas, para me ajudar
  • Teria um caso amoroso que me deixasse nas nuvens
  • Viraria as costas para o passado e curtiria minha nova vida!


Quando li a sinopse deste livro, fiquei meio indecisa em lê-lo, pois, logo imaginei que se tratasse desses livros metidos a engraçadinhos, que fazem piadas das desventuras amorosas das mulheres com mais de 30 anos.Mas, como tinha sido bem recomendado por uma amiga, encarei o desafio, e tive uma grata surpresa: Gostei bastante da história.


O livro trata de um tema tão ingrato que é o recomeçar após o abandono da pessoa amada, mas, de uma forma que me fez rir sim, em vários momentos, mas, não faltou na hora certa, o drama necessário, que todos vivenciamos nas horas difíceis.


Gwyn, Fleur e Kat vivem situações divertidas e comoventes e nos mostram a importância da amizade, pois essas amigas, passam por muitas coisas, mas, sempre juntas e se apoiando mutuamente. Nada como viver um grande amor, mas, ter uma amiga é fundamental, e quando são duas, melhor ainda.

8 comentários:

Driza disse...

Oi Paty,
tb quero ler esse livro, adorei a indicação.
bj
Driza

Jeanne Rodrigues disse...

Paty,

Creio que irei gostar desse livro... Nossos gostos são bem parecidos...
Ótimo coments.

Bjos,

Fernanda disse...

Parece ser interessante... :)

Beijos!

Marcia disse...

Oi, Patrícia
Antes de conhecer esse blog, eu nem pensaria em ler um livro como esse indicado por você... Com certeza é outro que entrou na minha lista.
Bjs,
Márcia

Elaine disse...

Olá!
Este é um comentário-convite.
Meu blog está completando neste mês um ano " no ar". Para celebrar e juntar gente interessante estou promovendo uma blogagem coletiva.
Ficarei feliz se você puder participar. Será um modo de divulgar seu espaço e conhecer outros blogs interessantes e que têm algo a dizer.
Conto por você.
O link para a inscrição é este:
http://elainegaspareto.blogspot.com/2009/08/convite-convocacao-pedido-promocao-ou.html
Elaine

Natália Alexandre disse...

Nossa..... que pergunta viu?? Coitada.
Bem, pela resenha é um livro que merece ser lido, vou colocar na minha listinha.

bjs

Aline disse...

Uau!
Crise dos 30. Essa eu estou conhecendo atualmente, acabei de entrar nela... Só que não na condição da personagem... Gostei muito do resumo e do comentário, vou anotar a dica!

BJS

Vivi disse...

Adorei a premissa, Paty. A capa é um atrativo e tanto. E o fato de abolir as piadinhas pseudo-engraçadas é incentivo suficiente! Obrigada!

Beijos

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top