O Pintor de Emoções – Raimon Samsó


Após sofrer grande desilusão com a morte repentina da esposa Clara, o renomado pintor espanhol Victor Bruguera se vê diante de um vazio que quase o leva à loucura. Na tentativa de ajudá-lo, seu amigo de profissão, Javier, o surpreende com uma inesperada proposta: passar um período sabático em seu estúdio de Los Angeles para se afastar das lembranças de Clara e recomeçar a vida. Assim, Victor parte para os Estados Unidos, onde vai conhecer pessoas admiráveis,especialmente Jodie, que o faz encarar a vida sob uma perspectiva que jamais havia imaginado. Seria ela sua alma gêmea? Obstinado, saberá Victor dizer se, quando as almas gêmeas se encontram, permanecem juntas para sempre?

Esse livro foi lido pelas minhas queridas amigas Lili e Vivi.

Victor Brugera, um pintor renomado, não se refez da perda da esposa ocorrida há dois anos. Um amigo especial, Javier, oferece sua casa nos Estados Unidos para que, num lugar onde não tenha lembranças, ele possa cicatrizar seu coração.

E é, nesse ambiente novo, que ele irá conhecer Sam, Lorena, Jeff e Jodie.

Sam e Lorena, pai e filha, são seus novos vizinhos e o relacionamento deles se torna bem próximo.

Jeff, o empresário de Javier, consegue também se aproximar de Victor.

E Jodie, é a sua alma-gêmea.

Uma palavra que me chamou a atenção desde que me entendo por gente é INFINITAMENTE . Esse advérbio é profundo e nos leva a divagar.

O livro fala do amor mais pleno, aquele que une duas pessoas que são destinadas a outra. Que não precisa de palavras, que está lá..pura e simplesmente...

O livro é pequeno, são 159 páginas e foi uma supresa para mim quando, em um único dia, terminei a leitura. Fiquei bastante envolvida pelas palavras, pelo sentimento e, por que não dizer, pela lição de vida. Não é a toa que esse romance foi finalista do 1º Prêmio New-Age da Espanha.

Abaixo transcrevo alguns belos trechos:
Um casal pode manter seu corpo unido, mas se o espírito estiver distanciado é o mesmo que um compromisso sem promessas, e não aquele em que se faz um pacto antes de nascer.

O amor é um conceito muito amplo, além da distância e do tempo. Formamos uma grande família cósmica, cujo único laço de parentesco é o amor.

No plano material, cada encontro é precedido por um acordo no plano espiritual. Algumas vezes esses encontros são breves, outras, por toda a vida. Mas isso não importa, porque as relações são eternas.

Mesmo que o tempo ou a distância possam parecer eternos, um dia você compreenderá que ele não é nada para uma relação predestinada. Vamos nos ver novamente, Victor. Em outro lugar, em outro momento. Amo você infinitamente.
Deixo o site do livro para maiores informações sobre o livro e o autor.

E uma prévia com o primeiro capítulo.

Recomendo !



9 comentários:

ludmilla disse...

oi encontrei seu blog hoje...
adorei a resenha ,, mais um para lista ....
vou acompanhar de perto os eu blog ....

de uma passadinha lá no meu blog...
http://ludmilla-ludcat.blogspot.com/..
vai ser um prazer recebe-la

Patricia Cardoso disse...

Mais um pra minha lista!!!

Beijos,

Paty

Driza disse...

Oi G.,
adorei e fiquei interessadíssima.

bjs

Driza

Aline disse...

OI, Jê,

Muito boa dica. Está na minha lista, esperando uma oportunidade de adquirir!

BJS

Aline disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vivi disse...

Esse livro contém passagens dignas de nota mesmo. Eu recomendo 100%.

Beijos

Carla Martins disse...

Passando na correria pra desejar um fim de semana maravilhoso!

Juliana Vicente disse...

Jê, adorei a dica.

Vou colocar na minha lista de aquisições.

Beijos

Lili disse...

É um livro ótimo para deixar na cabeceira da sua cama!!

Que bom que você também gostou Jê!!

Beijos
Lili

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top