Riding the Storm de Sydney Croft


Ele pode comandar os raios de acordo com sua vontade. Sair sem ferimentos do centro de um tornado. Despir uma mulher até mesmo de suas defesas através da pura força de sua sexualidade. Ele é lindo, perigoso e o alvo da parameteorologista Haley Holmes última missão. Haley foi enviada aos bayous da Louisiana para investigar o fenômeno conhecido com Remy Begnaud – um homem com um dom que não queria: a habilidade de controlar a fúria da tempestade. Mas mesmo uma mulher treinada em fenômenos bizarros do tempo não tem defesas contra o poder eletrificante do ex-Navy SEAL… um poder que seus inimigos matariam para controlar.

Com sua agência controlando todos os movimentos deles, o trabalho de Haley é seduzir Remy, ganhar sua confiança – e ajudá-lo a dominar seu dom extraordinário. Mas quem irá protegê-la desse amante voraz que está introduzindo-a em um novo mundo de emoções eróticas – um homem que se torna cada vez mais insaciável com cada mudança no tempo? Haley sabe que uma grande tempestade se aproxima – e com ela virão inesperadas delícias. Mas a tempestade também irá desatar seus maiores medos: um inimigo disposto a destruir Remy. E o maior medo de todos – apaixonar-se por esse homem magnífico e depois ter de traí-lo.

Em primeiro lugar, quero agradecer à Dani por ter me indicado essa série! Obrigada, Dani!!!

Gostei muito do livro, apesar de no começo ter tido certa dificuldade para entrar no universo onde ele se situa. Um mundo com pessoas com poderes especiais: telecinese, controle do tempo, capazes de controlar a eletricidade, conversar com fantasmas… E uma agência que os emprega e usa esses dons para proteger os cidadãos e o mundo – ACRO (Agengy for Covert Rare Operatives – ou Agencia para Abrigar Agentes Raros). Mas depois que “entrei”, me apaixonei e fiquei fã.

O livro é extremamente HOT! Remy precisa de sexo para não explodir com a pressão interna provocada pelas tempestades. Na equipe SEAL da qual fazia parte era conhecido como Storm, pois sempre que ficava nervoso - ou era ferido – uma tempestade se formava. Aparelhos paravam de funcionar se ele chegasse perto. Para ele, era uma maldição que o afastava das pessoas e fazia com que fosse visto como uma aberração, um amaldiçoado. Para Haley, ele era fascinante! E sua missão era convencê-lo a trabalhar para a ACRO e a aprender a usar e canalizar esse dom. Gostei muito do modo como a relação entre eles foi tratada, do modo como interagiram.

Além desse casal, temos um outro par fascinante no livro: Annika e Creed. Annika consegue lançar descargas elétricas. O corpo dela é uma arma muito poderosa, pois se alguém a toca quando ela não quer é eletrocutado. Creed é um caçador de fantasmas, com uma fantasma pessoal e altamente possessiva – Kat. Óbvio que Annika e Creed se odeiam, mas a atração que sentem um pelo outro é de derreter as páginas!!! Estou louca para vê-los nos próximos livros.

Como é o primeiro livro da série somos apresentados a outros personagens. Dev – que é o líder da ACRO – já me conquistou (juntamente com Creed). Ele é sofrido, misterioso, e ainda não sei se bom ou mau. É amado pelos subordinados, mas tem um segredo e um amor perdido na história dele que me deixou curiosa e querendo mais… Ainda bem que tenho mais três livros para matar essa curiosidade.

Um dado interessante: Sydney Croft é o pseudônimo de duas autoras: Stephanie Tyler e Larissa Ione. Elas se uniram para desenvolver esse fascinante universo descrito como: Erótica encontra X-Men. Para mim foi muito bom, pois são dois de meus gêneros favoritos unidos num só volume!!!

9 comentários:

Lilian disse...

Puxa! Eu tb adoro esse universo dos X-Men e uma obra com essas características mais do que me chama a atenção! Quero ler!

Só pra confirmar: essa série só tem em inglês mesmo, né?

Dani disse...

Ai Regina, que bom que gostaste da indicação, pode acreditar, vem coisa muito melhor pela frente na série... A Anika e o Creed são um dos meus casais favoritos, apesar da personalidade dela ser um pouquinho demais da conta, o Creed compensa, ele é fofo demais. Segundo as autoras o relacionamento deles é tão complexo e os dois são tão complicados que o espaço temporal de um livro não seria suficiente para resolver o caso deles, por isso eles não tem um livro próprio mas tem sua história contado "de carona" no decorrer da série... Acho que o 2º livro é da mocinha que fala com os animais - é o meu predileto, enjoy!!!
Dani - atualmente devorando "Na Escuridão da Noite" enquanto enfrenta uma mega-super gripe que espero não ser dessas famosas de hoje em dia... =)

Marina disse...

Oi! Eu queria ler esse livro, chamou minha atenção, mas não consigo achar... Alguém pode me ajudar?
Vlw! xxxxooooo

Lilian disse...

Marina,

vc acha na Livraria Cultura, digite pelo título do livro. Tá cerca de 36 reais.

Regina disse...

Lilian e Marina,

Pena que só tenha em inglês... E eu comprei mesmo na Cultura (acho que para importado não tem livraria melhor!)

Dani,

Adorei mesmo. Obrigada pela dica. Agora comecei o quarto do Dark Hunter e depois vou ler o segundo dessa série. Depois que tentei ler os Cárpatos todos em seguida, e enjoei e parei na metade, estou indo mais devagar com as séries rsrsrsrsrs.

Espero que melhore logo da gripe!

bjs

flicka disse...

Tens um selinho no meu blog à vossa espera
:)*

Vivi disse...

Adorei a história, estou louca pra ler, achei o primeiro na net em inglês , se gostar talvez compre os outros.

Lili disse...

Rê, adorei seu post, mais um para a minha Wish List!!
Pelo comentário a história parece ser ótima. Como queria mais livros como esse, publicados por aqui...Olha, quanta coisa boa a gente ainda não tem =/

bjs

Jeanne Rodrigues disse...

Rê,

Tomara que um dia tenhamos essa série publicada.
Mais um que me deixa curiosa...

Bjos,

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top