Dança dos Sonhos – Nora Roberts


Românticas como uma valsa, melancólicas como um adágio e intempestivas como um allegro. Assim se compõem as vidas de quatro personagens regidos pela poesia da dança e pelos acordes do coração.

REFLEXOS

Uma vida inteira dedicada ao balé. Um desfecho trágico que coloca um ponto final em sua carreira.

Lindsay Dunne fora criada para se tornar uma grande bailarina. Seus dias eram dedicados ao treinamento intensivo e árduo. Nada a impedia de chegar à perfeição...até o acidente de seus pais, que a faz voltar para casa e cuidar de sua mãe, agora viúva. Três anos depois da tragédia, nada mais lhe resta senão abrir um estúdio de balé e ensinar às meninas de sua pequena cidade tudo o que sabe sobre a dança.

Porém o destino mais uma vez se interpõe em seu caminho...

Lindsay não consegue acreditar que quase foi atropelada por um forasteiro. Seth Bannion, por sua vez, afirma que ela se jogou na frente de seu carro. Em sua opinião, só pode ser uma desajeitada. Contudo, ele sequer desconfia que quase passou por cima de Lindsay Dunne, adorada por Ruth, sua sobrinha órfã, que acalenta o sonho de um dia ser uma bailarina tão sensacional quanto ela. Seth logo se vê diante de um duplo desafio: aceitar que Ruth nasceu para dançar...e ensinar a uma diva o balé o verdadeiro significado da arte de amar...

DANÇA DOS SONHOS

Um homem de personalidade extravagante

Nenhum desafio é insuperável para o coreografo russo Nikolai Davidov. Ele sempre soube o que queria e como conseguir: utilizando seus próprios meios. Após uma carreira espetacular como bailarino, Nick se torna um coreografo de renome. Mas apesar de expor uma fachada inabalável, ele guarda muitos segredos em seu coração. E um deles diz respeito a sua mais cara pupila...

O despertar de uma menina se tornando mulher...

Ruth Bannion jamais conhecera alguém com a força e a energia de Nick. Apesar da dor de ter perdido os pais muito jovem, Ruth estava aberta para o futuro, enquanto o passado de Nick o levava a se proteger dos encantos do desejo e dos desterros da paixão.

Por temer a rejeição, ele jamais tomou a atitude que seu coração agora em altos brados exige. Ruth já não é mais a menina que o idolatrava. Ela se tornou uma lenda viva no mundo da dança e, acima de tudo, uma mulher. Para Ruth, chegou o momento de começar uma nova etapa em sua vida. E, mais que de um mentor, ela precisa de um parceiro para essa nova e sedutora dança.

As estórias são como os resumos descrevem. Contam os sacrifícios e as dores que os bailarinos suportam para apresentar um magnífico balé.

Apesar de ser da Nora Roberts, considerei um romance mediano. Não tem aquela empolgação pelos protagonistas e aquela vontade de devorar o livro.

Gostei mais da segunda estória. Talvez por Ruth e Nick terem se conhecido quando ela era uma menina de 17 anos, e ele um renomado bailarino. O encontro da fã com um ídolo sempre me deixa suspirando. E amores platônicos que começam na juventude e florescem verdadeiramente com o tempo enriquece ainda mais uma bela estória.

Achei interessante como descreve o corpo dos bailarinos. Ela era magra como uma varinha de condão, com pernas longas e sem bumbum – uma imagem masculina, não fosse pela absoluta feminilidade.

17 comentários:

Bia disse...

Ah, vamos dar um desconto para ela né??? É até bom saber que de vez em qdo a Nora escreve um livrinho ou outro mais ou menos... faz ela parecer mais humana hahahahahaha

Bjs

Driza disse...

Apesar de amar Nora Roberts, essas histórias mais fracas não me seduzem. Porém, se pintar na minha área, leio sim. Vale o entretenimento.

bjs

Driza

juliana vicente disse...

Sou suspeita para falar da Nora, porque adoro os livros dela...

Esse livro realmente não é dos melhores não, mas como a Bia disse devemos dar um desconto, mesmo porque esse livro é bem antigo da época em que ela escrevia romances de banca, tbm levo em consideração que os romances de livraria da Harlequin da Nora não tem a mesma profundidade que os da Bertrand, pelo menos em sua maioria.

Concodo com a Jeanne, pois também prefiro a segunda historia, quando eu estava lendo, ficava ansiosa para terminar logo a primeira e partir para a Segunda...

É Nora estou dentro!!

beijos

Jeanne Rodrigues disse...

Bia,

adorei o "faz ela parecer mais humana" !!! Eita, escritora que tem livros...risos..

Driza, se puder leia, é sempre bom ter sua opinião.

Ju, que prazer ter vc comentando...Mais um livro seu lido..Só tenho a agradecer. Obrigadaaaaa :)

Bjos,

Vivi disse...

hmmm...geralmente, não gosto de comprar essa categoria literária que incorporam várias histórias em um livro só. A impressão é sempre que o livro foi condensado ainda que não seja.

Beijos

Juliana Vicente disse...

Vivi, eu concordo com você quando vc diz que a historia pareçe condesada, mas na minha opnião isso vem do fato dessas historias originalmente terem sido lançadas como romances de banca, creio que seja por isso que a letra seja tão grande, ocupando muito espaço e aumentando o nº de folhas do livro, creio que as editores façam isso por que existem pessoas como eu, que são fãns da Nora e não deixam passar livro algum, fato que acabe me deixando meio falida...rsrs

Ainda bem que existe a Bertrand para contrapor a Harlequin com relação a qualidade dos livros da Nora lançados no Brasil.

Beijos

Juliana Vicente disse...

Jê, é sempre um prazer visitar o Blog, sempre passo por aqui, apesar de não comentar sempre.

Beijoss

Ana disse...

Ola!
O meu nome é Ana, estou aqui pela primeira vez no Chá das cinco!
Sou uma grande fã da Nora Roberts.
Gostaria de dizer que já li varios livros e Triologias, mas a saga que mais me fascinou de todos eles foi "O Legado Dos Donovan", e o livro dessa saga que mais me entusiasmou foi "Encantamento", mas adorei todos os livros que já li, nunca mais consegui parar de ler os livros dessa grande escritora, pois sou uma fã incondicional.
Adoraria fazer parte deste clube.
Beijinho
Ana Dias*

Barbara disse...

Decepção. Esperava muuuuuuuuuuuuito mais.
Acontecem coisas totalmente improváveis, impossíveis até.
Não sou fã da Norah e não li muitos livros da autora.
Agora vou torcer o nariz.

bjs meninas

Barbara disse...

Decepção.
Esperava muuuuuuuuuuuito mais do livro (até porque sou uma bailarina frustrada, rs).

Coisas improváveis, impossíveis acontecem. Não dá para dar um desconto.
Não sou fã da autora, não li muitos livros dela e acho q depois desse nem quero ler.

bjs meninas.

Jeanne Rodrigues disse...

Barbara,

é uma pena!

Mas nao desisto da Nora...

Ela tem livros excelentes que nos deixam suspirando, viu?

Obg por sua participação.

Bjos,

isabela disse...

Olá meninas....

descobri Nora Roberts a pouco tempo.. li Os Irmãos Stanislaski- Um Amor a Conquistar e Os O'Hurley- Abby e Maddy e comecei a ler A Dança dos Sonhos.... indiquem-me outro livro dela de uma história de amor arrebatadora cmo a de Stanislaski e a de Abby

Obrigadaa

beijinhos meninas

Jeanne Rodrigues disse...

Isabela,

Recomendo as trilogias:

- Gratidão
- Coração
- Magia

São minhas preferidas.

Obrigada pela visita.

Bjos,

Ana disse...

Oi
Sabe... eu adoro os livros mais antigos da Nora Roberts justamente porque são mais simples e menos pretenciosos... e com esse não foi excessão... achei as duas histórias muito fofas e a autora sempre consegue descrever como é a vida das pessoas... beijos

belinha disse...

eu amei Nora Roberts ela é genial o primeiro livro q eu li dela foi A DANÇA DOS SONHOS ele é maravilhoso e depois eu li a série mortal dela muito bom oq eu mais gostei foi reencontro mortal super indico amo Nora Roberts

Anis Marye disse...

Olá, sou a Ana Maria e quero dizer que virei fã da Nora Roberts. O primeiro livro que li dela foi "Dança dos Sonhos" e simplesmente amei. Cara, pra mim a mulher teve a manha pra escrever esse livro! Eu, que sou extremamente leiga sobre o mundo do balé fiquei fascinada com a descrição de cores e sentimentos que envolvem a trama. Não estou questionando a respeito da veracidade dos fatos, como li em um comentário acima, até porque Roberts escreve ficção, então algumas coisas tinham que ser um pouco inverossímeis, né não?
Simplesmente me apaixonei pelo perfil da personagem Seth e em como ele foi ganhando espaço e sabendo sempre deixar a história interessante. Quando li sobre Davidov e Bannion quase morri! Que coisa mais fofa! Que homem quente e sexy que aquele Davidov escondia ser! hahahhh eu amei muito tudo. Por causa de "Dança Dos Sonhos" passei pra "Os Stanilaski" e cara, se eu falar que estou doida de amores por aquela família, vai ser pouco. Estou super contente por ter descoberto Roberts e sua escrita super agradável e fico mais feliz ainda em saber que existem sites como este que se dispõem a receber as críticas sobre o livro. Obrigada, pessoal!

Jeanne Rodrigues disse...

Anis,

só temos a agradecer a sua visita e comentário.

Bjos,

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top