As palavras do amor - Lisa See



As impressões, dramas e sonhos amorosos de três mulheres chinesas do séculoXVII,relatados em um livro precursor, serviram de mote para o novo romanceda aclamada autora sino-americana Lisa See. Fascinada pelo ineditismo da publicação, Lisa See mergulha em ampla pesquisa histórica sobre os desafios das mulheres chinesas para serem ouvidas e respeitadas em seus relacionamentos para dar forma ao romance As palavras do amor, uma inesquecível viagem de desejo, angústia, prazer e dor pelo universo feminino.No século XVII, havia mais mulheres escritoras na China do que em todos os demais países do mundo juntos. Elas também eram grandes leitoras e cresciam apaixonadas pela história da jovem donzela que toma as rédeas do próprio destino e prefere morrer de amor, na ópera O pavilhão de Peônia, de 1598, a se sujeitar a um casamento arranjado pela família. Elas não tinham autorização para assistir à encenação do espetáculo, mas podiam acompanhar sua versão escrita. Três dessas mulheres, que foram, coincidentemente, casadas com o mesmo homem, uma após a outra, relataram em livro, Comentários das três esposas, seus dilemas amorosos depois das provocações causadas pela leitura da ópera.Lisa See parte desses dados históricos e acrescenta a eles elementos de ficção para escrever o romance As palavras do amor. No livro, a jovem Peônia, de 16 anos, sonha descobrir o amor embalada pela história da donzela Liniang, personagem central da ópera de Tang Xianzu. Mas, na China do século XVII, das Dinastias Ming e Quing, as meninas eram destinadas a casamentos acertados por suas famílias. Mesmo na casa dos Chen, uma abastada família de Hangzhou cujas mulheres tinham acesso à educação e à cultura, as regras não eram diferentes.



Certamente é um livro diferente dos muitos que já li. Foi uma oportunidade que tive de viajar no tempo e conhecer uma China pouco retratada. Para mim duas palavras definem o romance: devoção e amor. Baseado em uma história real, o romance explora as inúmeras manifestações do amor, inclusive no que concerne ao amor além da vida. Mas, não é só isso. O livro aborda outros temas universais: a condição restritiva da mulher e o desejo que tem de ser ouvida, o poder das palavras; além de outras emoções que transcendem qualquer tempo e lugar. Não dá para contar muito, porque senão perde-se o momento da surpresa, o clímax pelo qual todo o leitor precisa vivenciar por si mesmo. Tive uma decepçãozinha que nada tem a ver com a condução da história muito criativa e bem urdida, por sinal; tem muito mais a ver com a minha verve romântica que, com olhos do mundo físico, torceu por um grand finale de amor. Outra parte de mim, depois que as primeiras emoções passionais se esvaíram, pôde entender a qualidade de um amor mais abrangente que cresce por progressão aritmética a cada ato de doação, desprendimento e entrega. Definitivamente, não dá para desprezar o tesouro multicultural que esse livro representa ao descortinar noções de amor e perseverança pouco vistas no mundo ocidental.

7 comentários:

Anônimo disse...

Vivi,

Gostei muito da indicação. Os romances situados em períodos históricos um tanto ignorados, e ainda mais na ótica feminina, estão entre as minhas preferências. A autora eu já conheço, esse romance ainda não conhecia.

Bjs

Aline

Livros de Bia disse...

Oi Vivi...
Cada vez que eu venho aqui no Chá das cinco eu encontro uma dica excelente de livros que eu nunca ouvi falar.
Onde vocês encontram essas novidades? Saem garimpando livrarias atrás de lançamentos???

Bjs

Lili disse...

Que indicação preciosa Vivi. Já está na cesta =)

Estou com outro livro da autora aqui na pilha para ler. Se chama Flor da Neve e o Leque Secreto, já leu? Tem uma ótima avaliação no Amazon rs

Bjssss
Lili

Vivi disse...

Meninas, torço para que gostem. Tem muita riqueza de detalhes, sentimentos dentre outras coisas.

Bia, adorei a pergunta. Eu garimpo nas livrarias (esse eu achei assim), fico horas fuçando livros. Geralmente tiro uma tarde inteira para fazer essas incertas. Gosto muito de fuçar as livrarias virtuais também. Orkut tem muita dica boa, Amazon também (uma mania Lilianesca que eu peguei..rsrs)

Lili, esse livro dela é bastante comentado mesmo e quero lê-lo para comprovar.

Beijos

Driza disse...

Oi Vivi,
tb gostei da dica. Que história diferente. Além do que adoro livros de personagens com olhinhos puxados e cheio de nomes poéticos.

bjs

Driza

Vivi disse...

Driza, eu também...hehehehe. Estou numa fase oriental, olhos puxados, Tao e coisa e tal que, ás vezes me sinto um ET. hehehehe

Fátima disse...

Flor da Neve e o Leque Secreto é o livro mais lindo que já li. Fala de amizade. De laços.

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top