O Anjo e o Resto de Nós - Letícia Wierzchowski

Uma família do início do século - suas estranhezas, ódios, amores, polêmicas e tragédias - é o foco de O ANJO E O RESTO DE NÓS, romance de estréia de Leticia Wierzchoski. O livro é uma saga familiar, onde Leticia acompanha seus personagens através de gerações. "Tenho muito prazer em usar a herança genética", brinca a autora, que mistura qualidades e espalha defeitos de seus parentes, colocando-os em seus personagens. "A família é um baú de achados," diz a autora.

O ANJO E O RESTO DE NÓS traz uma narrativa bem humorada e dinâmica, rica em emoção, detalhes, acontecimentos. Leticia prende a atenção até a última linha, criando uma ligação forte entre personagens e leitor. "Sempre me preocupo mais com o personagem do que com a estrutura do romance. Mais com a história do que com a narrativa. Mas é claro que prezo ambas as coisas," argumenta. E é assim que se descortinam as facetas das irmãs Rosa, Margarida, Gardênia e Violeta. Família iniciada pelo perfumista Apolinário Flores no início do século.

Ao acompanhar as venturas e desventuras de cada uma delas, O ANJO E O RESTO DE NÓS esbarra no realismo fantástico, no qual Leticia se inspira: "Sou fã de Tabajara Ruas e Gabriel García Marquez". Loucura, estranhamento, assassinatos e até incesto permeiam a trama. Não há tempo para divagações e decisões são tomadas a todo instante. Num ritmo frenético, Leticia junta partos, enforcamentos, amores perdidos e achados. Um livro visceral, com uma grande carga criativa.

Com grandes pinceladas de fantasia e criatividade, Letícia Wierzchowski, nos traz uma história fantástica, com um pequeno toque surreal... O livro retrata a história da família Flores, que como o próprio nome, tem uma sensibilidade olfativa imensa, emanando por onde passa os seus aromas. No desfolhar das páginas, não tem como não sentir o odor sublime de seus personagens...

Tudo começa, quando o perfumista Apolinário Flores, comprando noz-moscada, encontra a mulher de seus sonhos, chamada Rosa, que exala um cheiro tão desconhecido quanto bom, pois para Apolinário as narinas eram treinadas para todo tipo de cheiro, satura Apolinário de tanta fragrância e amor... Logo, eles se casam. Além do amor presente, Apolinário fica obcecado pelo aroma natural que a sua amada exala e sem descanso fica em busca desesperada pelo tão misterioso perfume, que irá perdurar por toda a sua vida...

Da união, nascem Violeta, Margarida, Gardênia e Rosa. Cada uma delas tem uma característica própria e singular. Com personalidades marcantes que irão emocionar seus leitores, provando desta forma o quanto a autora valoriza esses elementos em sua obra, dando assim um tom bastante peculiar.

Mas, voltando a história, tudo muda na vida da família Flores, quando Bento Vendaval aparece na pacata cidade de Águas Claras de São Tomé, onde muitos acontecimentos de todas as naturezas vêm à tona, provocando tragédias e muitos abalos.

Achei o livro muito original e diferente de tudo que já li antes... O leitor perde o fôlego por tantos acontecimentos, não perdendo tempo com divagações. Num ritmo denso, cadenciado, com personagens as vezes um tanto absurdos, outros tão humanos, é impossível você não se emocionar e amar a família Flores.

Letícia Wierzchowski foi uma belíssima surpresa e suas outras obras estarão com certeza em minhas próximas leituras...

***

9 comentários:

Regina disse...

Achei super interessante esse livro! Me lembrou um pouco O Perfume (um dos meus livros favoritos) em que o protagonista também tem olfato apurado.

Vou colocar na lista de desejos. Valeu pela indicação!

bjs

Regina

Driza disse...

Oi Lili,
que charme essa história. Parabéns pela descoberta. Quero ler tb!

bjs

Driza

Vivi disse...

Lili, estou doida para descobrir novos ares e sua dica vem a calhar.

Beijos

Patricia Cardoso disse...

Lili,

mais um pra minha lista. Você e seus achados!!!

Beijos,

Paty

Jeanne Rodrigues disse...

Lili,

Que dica heim?

Além de ser uma autora brasileira, ela ainda é a autora da fabulosa Casa das 7 mulheres que me fez ficar acordada várias noites até tarde acompanhando a saga das mulheres farroupilhas.

Dei uma pesquisada na net e sua história de vida é mto bonita.
Com direito a troca de mensagens com um fã publicitário que acabou em casamento após vários e-mails.

Vou procurar ler os livros dela agora.

Bjos,

Silvia disse...

Essa autora é ótima, não conhecia esse livro, mas já coloquei em minha lista.
Um abraço

Angel disse...

Gostei tanto do que li aqui sobre esse livro que hoje, aproveitando a desculpa de comprar um livro que a amiga da minha filha estava querendo, inclui este na lista, mas, oh! Cruel decepção :( A Saraiva iria fazer a entrega em 7 dias úteis... Fui obrigada a retirá-lo da cesta já que o outro é um presente de niver... Magoei... :(

Aí que ele ficou para uma próxima oportunidade...

bj da angel ;)

Marcio Scheibler disse...

Ainda não li nada dessa autora, mas o tive o prazer de sentar ao lado dela em uma Feira do Livro ano passado, durante um debate entre escritores, jornalistas e professores...

Gean disse...

Acabei de ler O anjo e o resto de nós, achei a coisa mais incrivel que ja li, nenhum harry potter, crepúsculo me proporcionou o que esse livro me proporcionou, to de cara inchada de chorar, nunca chorei lendo um livro! Obrigado leticia wierzchowski por causar essas emoções em uma pessoa.

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top