Doce Lamento - Lolly Winston

Doce lamento é um rico conto de fadas moderno onde, em determinados momentos, é quase possível sentir o cheiro das deliciosas tortas e quitutes feitos pela heroína para esquecer o sofrimento. As etapas do luto de Sophie Stanton pela perda de seu marido apenas três anos depois do casamento é o fio condutor usado pela escritora Lolly Winston para construir uma bela e divertida narrativa onde a tristeza, apesar de encontrar espaços vez por outra, está longe de ser o preponderante. Viúva aos 36 anos, deprimida, infeliz no trabalho e sem qualquer rumo, a protagonista começa a refletir sobre sua própria história e se entrega aos prazeres da cozinha em busca de um novo paladar para a vida.

Sinceramente não gostei do livro. Talvez tivesse sido o momento errado, mas não consegui apreciar nem um pouco a leitura... O começo do livro prometia ser muito interessante. Lembrando até de certa forma um livro que li a alguns anos atrás, chamado Ps. Eu te amo de Cecelia Ahern. Mas, ficou somente na promessa. No desfolhar das páginas eu me sentia cada vez mais frustrada... Uma pena realmente!

*** SPOILER***

Um ponto que me desagradou muito foi a lamúria da perda em quase 200 páginas. Chegou o absurdo até da protagonista ir ao trabalho de roupão e chinelos pantufa. E veja bem, quando ela finalmente cai em sí, em apenas um mês, ela dá uma reviravolta em sua vida, vendendo a casa em que foi feliz em seu casamento e mudando-se de cidade! O que a espera? Bom, ela arranja um emprego como garçonete (depois em um final feliz descobre que leva jeito aos prazeres da cozinha, fazendo um curso a distância, tornando-se assim uma cozinheira chef de sucesso), "adota" uma adolescente totalmente desiquilibrada que precisa de tratamento médico e psicológio, mas a protagonista nem se dá conta, e sem falar do novo namorado, Drew, um ator sem graça e chato. Que ainda teve a audácia em trair Sophie com uma "amiga" e ainda ser perdoado no final... que 'doce' lamento...

Preciso ressaltar que esse livro está sendo muito bem cotado na livraria americana Amazon. Mas sinceramente para mim não foi possível avaliá-lo positivamente.


9 comentários:

Livros de Bia disse...

Uau! 200 páginas de lamento para mim, realmente é demais!
E pela sinopse eu fiquei tão interessada... como a gente se engana, não é mesmo?

Bjs

Bia
Livros de Bia

Driza disse...

Eu já li esse livro. Foi tão pouco marcante que eu não lembro de nada. Mas sei que cheguei a apreciá-lo na época.

bjs

Driza

Vivi disse...

Bom, Lili, seu relato é mais do que comprovador da tese de que aquilo que agrada a uns pode não agradar a todo mundo. Por isso, vale a pena cada leitor fazer o seu juízo particular mas, não menos autêntico, da obra lida. Nesse momento, não sei se arriscaria uma leitura do livro mencionado.

Beijocas

Lili disse...

Concordo com você Vivi e agradeço mais uma vez essa colocação. Pode não ter sido o momento certo para mim esse livro. Por isso coloquei o link do amazon, provando que a maioria que leu, gostou.

Bjs
Lili

Regina disse...

Lili,

Também acho que livros tem o momento certo para nos agradar ou não. Gostei de seu comentário e pode ser que venha a lê-lo uma dia...

bjs

Regina

Rita Mello disse...

Olá! Têm um selo à vossa espera no Chocolate para a Alma :)

Carla Martins disse...

Quem bom ler isso, assim nao compro! Huahuahaau
Tem um selinho pra ti lá no meu blog! :)

Beijos!

Patricia Cardoso disse...

Lili,

com tantos livros para ler, este está definitivamente fora da minha lista.

Beijos,

Paty

Jeanne Rodrigues disse...

Lili,

Por enquanto esse não vai pra lista.

Bjos,

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top