Todo o ar que respiras de JUDITH MCNAUGHT

Dona de um restaurante em Chicago, Kate Donovan não poupa esforços para cumprir seus objetivos. Mitchell Wyatt é um empresário de personalidade indomável, herdeiro da expressiva fortuna da família Wyatt. Kate tentou resistir a Mitchell, mas foi em vão. A princípio, deram passagem à timidez, mas com o tempo se entregaram a um turbilhão de emoções novas e mágicas, diferente de todas as experiências que já haviam vivenciado.O cenário da paixão arrebatadora é a ilha tropical de Anguila, terrritório britânico no Mar do Caribe. Mas a plenitude da felicidade chega ao fim quando Mitchell é intimado por sua família a comparecer ao interrogatório sobre o desaparecimento de seu irmão.Insegura, Kate começa a desconfiar do que sabe a respeito de sua misteriosa paixão.

Numa história que dosa paixão, mistério, assassinato e psicologia em tom dinâmico e arrebatador, a mestre do romance Judith McNaught, autora do best- seller Whitney, Meu Amor, instiga leitores do mundo inteiro a conhecer o desfecho dessa eletrizante relação de Kate e Mitchell e das inúmeras intrigas em que se envolvem.

Meninas, como disse certa vez, a Driza, a quem peço permissão para citar... Gosto é como nariz: cada um tem o seu !!!

Esse livro já foi comentado por aqui e após sucessivos comentários que não era um dos melhores da Judith fui preparada para o pior... Iniciei a leitura receosa e procurando o que não havia agradado as minhas amigas. E ao final do livro, me senti aliviada e me considerei uma alienígena...risos....

Estava com saudades das estórias da Judith e daqueles momentos em que meu coração fica triste e alegre ao mesmo tempo.

Saboreei cada pedacinho de suas 486 páginas e prolonguei ao máximo essa leitura....

Uma das inumerosas qualidades de Judith é que seus mocinhos são inesquecíveis e esse então... É lindo de viver... Para Kate... Mitchell Wyatt não era apenas um homem bonito; era absolutamente deslumbrante. Um metro e noventa, ombros de largura extraordinária, peito musculoso e quadris estreitos. Tinha o rosto bronzeado, o queixo quadrado, sobrancelhas bastas e retas acima de olhos que ela sabia serem de um azul-escuro, quase violeta....O homem mais atraente que já encontrara...

CONTÉM SPOILERS

Um encontro casual, uma atração fulminante faz com que esses personagens se envolvam. Ele, não acredita no amor. E ela precisa dele. Acabam usando como desculpa uma certa magia que os envolve.

Após terem um mal-entendido eles se separam e algum tempo depois se reencontram numa situação tensa.

O desprendimento que ele tem em ir ao encontro de Kate foi o ponto alto do livro.

O tempo que passaram separados só firmou ainda mais a magia que sentiram na primeira vez. Precisavam desse tempo para entender melhor seus sentimentos.

Zack Benedict e Julie; Matthew Farrel e Meredith aparecem no livro e, sem dúvida, é muito gostoso revê-los em mais uma estória. É bom demais !!! Destaque também para o padre-tio de Kate. Várias lacunas não foram preenchidas, senti falta de algumas explicações mas no conjunto da obra ....

Adorei o livro. De verdade. Mas não me peçam para escolher o melhor livro da Judith, pois todos são perfeitos, cada um ao seu modo.

O idioma italiano é liiiiindo, vocês não acham? E a frase ao final do livro me encantou.

Con ogni respiro che prendo.

10 comentários:

karyne disse...

Jê...

Querida!! obrigada pelo SPOILERS..
Também quero me sentir uma alienígena..risos...
Confio plenamente em você!!

Só de saber que meu Zack Benedict,está no livro...vou chorar horrores!!
Já pensou eu começar tudo de novo?
Te dar bom dia, e dizer eu amo Mitchell..risos...

Flor....obrigada..
Começo a ler hoje mesmo.

bjs

Karyne

Vivi disse...

Jê, eu adoro a Judith. Espero, tal como você, ter uma boa apreciação do livro. Bjs

Lili disse...

Jê, que bom que vc gostou...
É como vc mesma disse: Gosto é como nariz: cada um tem o seu !!! E ainda bem por isso rs
bjs querida!

Regina disse...



Judith é Judith! Espero que as editoras continuem a lançar os inéditos dela, pois carecemos desse romances. Mas se quiserem relançar os antigos, aceitamos também...

bjs

Livros de Bia disse...

Oh céus, e agora???
Meninas, assim vcs me deixam doida... vou ter mesmo q tirar minhas próprias conclusões! hahahaha

Bjks

Patricia Cardoso disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Patricia Cardoso disse...

Olá Jê,

li este livro a pouco tempo, e gostei muito tb.
Mitchell Wyatt é um mocinho irresistível!

Beijos,

Adriana disse...

Jê, graças a Deus pelas diferenças, elas é que nos fazem interessantes...

Já dizia Nelson Rodrigues, "toda unanimidade é burra" (já que é pra citar)! E considerando a nossa diversidade nada mais normal do que essas múltiplas visões do mesmo ponto!

Eu tb gostei do livro, só não amei, mas concordo, sinto falta dos romances da Judith.

Bj!
(o post está primoroso)

Aline disse...

OI, meninas,

Acabei de ler o livro. Adorei a parte romântica, o casal tem um clima de romance, charme e humor que só se vê mesmo em JM. Mitchell é perfeito em todas as suas cenas. Lindo, inteligente, charmoso, viril...
Já a Kate, para mim, não funciona sozinha. Achei ela influenciável e ingênua quando está sem o Mitchell. Perde aquele ar de inteligência e segurança que gostei de ver nas Anguillas.
E JM ainda teve o mérito de criar o criminoso mais desastrado de todos os livros. :-)
Nota mil para o romance, que é isso que a autora faz de melhor.

BJS

Vivi disse...

Jê, quisera ter apreciado a leitura tanto quanto você. A lástima é porque realmente eu gosto da autora. Mas, dessa vez, não sei, tinha que ter burilado a história um bocadinho mais.

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top