Sem Clima para o Amor - Rachel Gibson

Em "Sem Clima para o Amor", a personagem principal é Clare Wingate, uma escritora bem sucedida, determinada, independente, mas que está sofrendo com a traição do noivo. Para apimentar a trama, um amor antigo, o casamento de uma melhor amiga e a visão de seu noivo em posição comprometedora com o técnico da máquina de lavar. Uma situação sem dúvida hilariante.
No meio de tanta confusão sentimental, Clare decide que não mais se apaixonaria. Será? Não, foi apenas uma decisão, talvez a solução que encontrou para encobrir a deslealdade do noivo. A paixão reacendeu quando encontrou Sebastian Vaughan, o melhor amigo de infância, no casamento de uma colega.
Nesta narrativa, Rachel Gibson faz um convite para você se encantar com uma mulher de personalidade, auto-estima equilibrada e apaixonada pelos prazeres da vida. É preciso saber se Clare Wingate encontra o grande amor - aquele que faz o coração bater - ou decide deixar de amar, se é que é possível.

História leve, hilária e romântica. Sem clima para o amor foi pura diversão. Me diverti com o cinismo e a sensualidade de Sebastian Vaughan (que nome não?! rsrs). Os personagens são muito bem caracterizados e descritos na história. Com dialógos rápidos e principalmente devido o mocinho aí, que não suportava a mocinha, o livro é muito bom.

A autora Rachel Gibson, me surpreendeu. Eu estava um tanto relutante em ler novamente livros deste estilo, com exceção da autora Sophie Kinsella e Sarah Mason, ultimamente não tinha obtido sorte, me fazendo dar um tempo nos Chick-lit ...

Adorei ter lido e conhecido o estilo da autora Rachel Gibson, que já tem o seu próximo livro à venda nas livrarias aqui no Brasil. O seu mais novo livro se chama "Sempre ao seu lado" e narra a história da amiga de Clare chamada Maddie, que tem seus momentos no livro Sem clima para o amor...

Voltando, eu realmente gostei do livro, a autora deu aos seus personagens mais profundidade, principalmente no relacionamento do casal principal, onde somente após muitos meses, perceberam o quanto se amavam... Acho isso muito mais interessante do que ver um "mocinho mau", que muda totalmente a sua vida depois de uma noite de sexo, por exemplo. Além disso, a autora realmente sabe como construir descrições mais quentes em seus livros. A relação entre Clare e Sebastian Vaughan - ah fala sério, alguém na vida real, tem esse nome!? :) foi muito bem desenvolvida, transformando o pouco acaso entre eles, com a convivência, em um grande e verdadeiro amor...

Agora alguns trechos para os leitores do Chá apreciarem um pouco mais o livro:

Ah, uma curiosidade. Os dois protagonistas são escritores. Só que o mocinho escreve sobre terrorismo e a nossa heroína escreve romances, bem melosos... :)

"Entre os patos de ouro que brilhavam havia uma coleção de oito brochuras de uma autora chamada Alicia Gray. Apanhou os dois primeiros livros da prateleira e puxou-os. O primeiro tinha uma capa roxa e exibia um homem e uma mulher em roupas de época. O vestido vermelho dela estava apertado nos ombros e os seios encontravam-se prestes a saltar do decote. O homem estava sem camisa e vestia calças pretas apertadas e botas. Letras douradas em alto-relevo exibiam o título: O Abraço do Pirata do Diabo. O segundo livro, A Prisioneira do Pirata, trazia um homem em pé na proa de um navio, o vento esvoaçando-lhe a camisa branca inflada. Não tinha sabre, perna de pau ou tapa-olho. Apenas uma caveira com dois ossos cruzados e uma mulher com as costas pressionadas contra seu peito. Sebastian guardou um dos exemplares e abriu o outro. Deu uma risadinha ao abri-las em leque até o final. Clare devolvia-lhe o olhar em uma foto publicitária em preto e branco.
- Esta noite está cheia de surpresas - completou, lendo a biografia dela.
Alicia Gray é formada pela Boise State University and Bennington, começava, seguindo uma lista de conquistas, incluindo algo chamado o prêmio RITA dos Escritores de Romances da América. Alicia adora jardinagem e está esperando que seu próprio herói levá-la às nuvens.
- Boa sorte com isso – ridicularizou Sebastian. Um cara teria de estar desesperado para tentar algo com Clare. Apesar da opinião de seu pai sobre ela, Clare Wingate era um estorvo, e qualquer homem esperto ficaria longe dela.
De onde você acha que eu tiro minhas idéias para toda a transa com gritos, fogo e suor que coloco em meus livros?, perguntara, quando resolveu não ignorá-lo. Tem toda uma pesquisa cuidadosa. Um estorvo com curvas suaves nos lugares certos, e uma boca que fazia um homem pensar em sexo oral. O que Sebastian imaginou ser uma vergonha e um desperdício completo.
Folheou até chegar à página de propaganda teaser na frente e foi até a cadeira reclinável de couro do pai. Apertou o interruptor do abajur e começou a ler assim que se sentou.

- Por que o senhor está aqui? – leu.
- Você sabe por que eu vim, Julia. Beije-me – exigiu o pirata. – Beije-me e deixe-me provar da doçura de seus lábios.

- Jesus! – exclamou Sebastian, e foi até o Capítulo Um. Aquilo o faria dormir depressa.

***

"Que mulher mais certinha, toda arrumada. Alguém devia fazer-lhe um favor e bagunçá-la só um pouco. Amarrotar-lhe as roupas e borrar-lhe o batom. Na frente da casa, a porta se abriu e se fechou, e Sebastian foi até a mesa. Aquele alguém não seria ele. Não se interessa se era uma tentação. Era empertigada demais para o gosto dele. E mesmo se ela se soltasse não conseguia imaginar que levar Clare para a cama melhoraria suas relações com pai. Sem falar de Joyce.
Chutou a cadeira para longe da mesa e sentou-se, ligando o computador. O único motivo que poderia arrumar para explicar a inexplicável atração que sentia por Clare era que 1) tinha a visto sem roupas; 2) fazia um bom tempo que não tinha relações sexuais; 3) o maldito livro dela. Não tinha pensado em lê-lo de uma só vez, mas ela o fisgou, e ele leu tudo. Cada página, muito bem escrita e ardente.
Naquelas raras ocasiões em que Sebastian encontrava tempo para ler algo que não estava relacionado a seu trabalho, escolhia um livro de Stephen King. Quando garoto, adorava terror e ficção científica. Quando adulto, jamais tinha pensado em ler romances. Desde o primeiro capítulo ficara impressionado com a escrita uniforme e profunda de Clare. Claro, havia alguns exageros emocionais em certas partes, tanto que ele chegou a resmungar algumas vezes. Mas também havia um erotismo excessivo. Não do tipo de erotismo escrito por homens, como o fórum da revista Penthouse. Estava mais para conduzir o leitor pela mão do que dar-lhe um tabefe na cara."
***

9 comentários:

Jeanne Rodrigues disse...

Uau!
Eu quero tbm !!!
Esse não vou deixar escapar...
E tô começando a achar esse nome..Sebastian Vaughan ...super sexy...kkkkkk

Bjos,

Driza disse...

Adoro esse tipo de história.
Agora, sobre o nome, tem um ator que tem um sobrenome parecido: Vincent Vaughn - http://pt.wikipedia.org/wiki/Vince_Vaughn
Eu não vi problema no nome não... rs
bjs

Driza

Vivi disse...

Pareceu-me ótimo. Anotado com gosto! Bjs

Regina disse...

Lili,

Quando vi seu comentário lá na Adoro Romances, já fui atrás do livro rsrsrsrs. Gosto muito desse tipo de história.

bjs

Lili disse...

Oi Rê!! Ví que vc colocou no skoob rsrs
Acho que as meninas vão gostar sim. Tem trechos muitos bons...
Bjs

Anônimo disse...

Lili,

É muito bom ter uma recomendação de uma autora nova no estilo chick-lit. Adoro o estilo e vou procurar esse livro!
Obrigada pelo post.

BJS

Aline

Anônimo disse...

Eu adorei esse livro, vamos dizer que foi um dos melhores que li em 2009

adoroooooo o Sebastian e a Claire é muito engraçada...

Adorei!!!!


Ni!!!

Carolina Rosa disse...

ui crar o livro assim qe li o post.. Eu amei, leve, engraçado... Me apaixonei pelo Sebastian e a Claire é ótima... Vale a pena!!!

bendinha cristina disse...

hum..
eu começei a ler o livro mas parei na metade, gostei muito da parte que vi, gostaria muito de terminar de ver o livro, agora estou passando por um fase na vida que me lembra muito a Clare no começo da histora, tipo estou me indentificando muito com ela e não sei se isso e bom pra mim acho que tem um Lonny na minha vida, tomara que eu encontre um Sebastian não sei o que fazer estou a procurade umlivro pra saber o que acontece no final da historia ... tomara que essa fase da minha vida passe logo ... isso e horrivel so quem viveu pode descrever a sensação..
bjinho
para todos que lerão o livro!

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top