DE PASSAGEM POR PARAÍSO de Susan Wiggs



Sinopse: Para os antigos persas, “paraíso” era um amplo parque. Segundo a Bíblia, um jardim aprazível onde Deus colocou Adão e Eva, depois da sua criação; o Éden. O lugar em que reina a felicidade, o céu. Na história de Susan Wiggs, Paraíso é uma cidade. Uma cidade costeira considerada pacata, mas ao mesmo tempo cheia de mistérios. Wiggs – que se consagrou na crítica após abarcar dois prêmios literários nos Estados Unidos e em público, figurando nas listas de mais vendidos – constrói um enredo comovente, que fala de decepção e alegria, de medo e coragem, e da eterna capacidade do ser humano de recomeçar. Com uma pitada de humor, um toque de suspense e muita sensibilidade, Susan Wigga nos mostra que há sempre mais de um caminho a seguir. Cabe a cada um de nós optar pelo melhor.


Há menos de dois anos Sandra era a feliz esposa de Victor Winslow, o filho querido de uma cidade chamada Paraíso, o político que não podia errar. Um dia, porém, um acidente misterioso acaba com a vida de seu marido, deixando uma imensa sombra de suspeita recair sobre ela.


Chega então a hora em que Sandra resolve dar um basta em tudo. A única saída que ela vê é reformar e vender sua antiga casa de praia em estilo vitoriano, nos arredores da cidade. Para isso, contrata Mike Malloy, tão hábil com as mãos quanto na arte de tocar seu coração solitário. A luta para garantir um futuro junto dos filhos desperta em Sandra todos os seus antigos sonhos.
Mas ela poderá confiar em um homem com laços tão fortes com a comunidade que está ávida por abandonar? Um homem determinado a descobrir seus segredos mais íntimos...


Dividida entre a necessidade de confrontar o passado e o desejo de começar de novo, Sandra precisa decidir logo onde está seu coração – em uma nova vida distante daquele lugar ou lá mesmo, em Paraíso.


Dez coisas que gostei no livro



1. As listas com os dez mais que iniciava cada capítulo.
2. Todos os personagens em algum momento tiveram seus pensamentos e sentimentos descritos por eles mesmos.
3. A luta de Sandra contra a gagueira.
4. O envolvimento de Sandra com Mike.
5. A forma como Sandra se aproximou dos filhos de Mike.


Dez coisas que odiei no livro


7. O mistério que envolvia o acidente de Sandra e Victor.
8. A lealdade de Sandra com os segredos de Victor.
9. Mike se dizendo o melhor amigo de Victor.
10. A rapidez com que se resolveu o mistério do acidente.


Acredito que a história deste livro gira em torno da nossa capacidade de RECOMEÇAR. E mais do que recomeçar, como RECOMEÇAR. A autora nos conta uma história que comove, pois, nos apresenta aqueles elementos que nos fazem fatalmente ir às lágrimas: injustiças, tristezas, medo, etc., porém, neste caso não consegui me comover, não sofri com a personagem Sandra. Desde o início pressenti que ela sofria por ter a síndrome de mártir.


E esta sensação se tornou real com as ultimas páginas do livro, em que se revela o segredo que Sandra guardava em relação ao marido, e que ocasionou o acidente, ao qual ela era acusada de causar, com o intuito de matar o marido. Ao se revelar o segredo me senti roubada em ter perdido tempo acompanhando o RECOMEÇO de Sandra. Pois, ela não era vítima, ela se tornou vítima de injustiças ao guardar um segredo que ela não deveria ter escondido de todos de Paraíso.


Não consigo ter empatia por personagens que não lutam, que não correm atrás, e principalmente que não se defendem das injustiças. Sandra se apaixona por Mike, e como é acusada de ter matado o marido, tem que se afastar dele, para não prejudicar a custódia dos filhos dele. E ela simplesmente se resigna a abrir mão do amor, pois, não quer abrir mão do papel de vítima, que ela incorporou tão bem.


O que salva esta história são os momentos de humor, em que listas incompletas (deixando livre a imaginação do leitor) de tudo são feitas pelos personagens no decorrer do livro.


A sinopse frisa como tema central deste livro, o RECOMEÇO, mas, para mim, Sandra estava fugindo da realidade quando optou em ir embora de Paraíso, e com o surgimento de Mike em sua vida, ela mais uma vez resolveu fugir da realidade, negando a oportunidade de viver este amor.
Concluindo, não gostei deste livro.


Recomeçar



Não importa onde você parou ...


Em que momento da vida você cansou...


O que importa é que sempre é possível e necessário "Recomeçar".


Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo...


É renovar as esperanças na vida e o mais importante...


Acreditar em você de novo...


Sofreu muito nesse período? Foi aprendizado.


Chorou muito? Foi limpeza da alma.


Ficou com raiva das pessoas? Foi para perdoá-las um dia.


Tem tanta gente esperando apenas um sorriso seu para "chegar" perto de vc.


Recomeçar...


Hoje é um bom dia para começar novos desafios.


Onde você que chegar?Ir alto... sonhe alto...


Queira o melhor do melhor...


Pensando assim trazemos pra nós aquilo que desejamos...


Se pensarmos pequeno coisas pequenas teremos ....


Já se desejarmos fortemente o melhor e principalmente lutarmos pelo melhor, o melhor vai se instalar em nossa vida.


"Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do tamanho da minha altura."



Carlos Drummond de Andrade


10 comentários:

Flavita disse...

Oie, estou passando por aqui para dizer que sempre que possível leio o que vcs escrevem e que tem selinho pra vcs em meu blog, ok?
Bjkas
Flavita

Vivi Bastos disse...

Que post comovente, Paty! Com certeza lerei o livro. São histórias de vida que devemos nos ater, com certeza.

Beijos
Vivi

Lili disse...

Oi Paty,

Susan Wiggs tem me decepcionado um pouco tb. Estou com o livro De volta para casa na pilha para ler. Ainda não tive vontade...Acho que a autora escreve melhor romances históricos. Mas é uma opinião pessoal.
Bjs
Lili

Vivi Bastos disse...

Nooossa, é mesmo? Não me pareceu ser um livro de todo ruim. Me surpreendi com o seu comentário sobre a autora Lili. Sempre ouvi coisas boas sobre ela, apesar, de não conhecer suas obras muito bem.

Beijos

Lili disse...

Ai, não sei o que está acontecendo comigo Vivi. Estou ficando chata talvez rsrs
Eu gostei do livro Mesa para cinco da autora...Mas não foi nenhuma brastemp sabe?!
Acho que vou encontrar os mesmos elementos no livro De volta pra casa (por isso tô sem vontade) E estou cansada desse tipo de leitura que só muda o "figurino" rs

Fiquei boba com a Barbara Delinsky: Ela colocou uma mesma frase (igualzinha)em dois livros que li dela em sequência rsrs
Quando li a frase pensei, meu deus li isso esses dias rsrs e fui atrás. Acabei vendo nos dois livros da autora. É só um detalhe sabe...Mas essas autoras que escrevem livros aos montes por ano, na boa para mim cai e muito a qualidade da criação. Podem não concordar comigo, não quero criar polemica aqui, mas é algo que sinto...

bjs frustrados rs
Lili

Driza disse...

Eu adoro Susan Wiggs e amei De Volta Para Casa. Pode até ter o mesmo tom de Mesa para Cinco, mas ambas são histórias encantadoras. Também pretendo ler esse De Passagem por Paraíso, é só me surgir a oportunidade.

bjs

Driza

Regina disse...

Oi Paty,

É ruim quando a gente espera muito de uma história e acaba se decepcionando! Gostei de seu post. Mostrou bem as emoções que vc vivenciou durante a leitura.

bjs

Regina

Daniela Tiemi disse...

Acabei de descobrir este blog funçando pelo orkut, e AMEI!! Estão de parabéns as criadoras, saibam que este é o melhor blog sobre livros que já vi!

Anônimo disse...

Olá meninas,
Tive conhecimento do blog de vocês, por puro acaso quando procurava informações no google sobre a trilogia da fraternidade de Nora Roberts e confesso que amei as dicas,já decidi ler várias dicas de vocês (além de Nora claro) e estão todas de Parabéns ...estarei sempre acompanhando..Um beijo a vocês
Fernanda Sartori

Bia disse...

Fiquei fã do blog de vcs desde o momento que o vi pela primeira vez. Comprei 3 livros essa semana com suas dicas. Acabei criando coragem e fiz um também. Se puderem dar um pulinho lá... http://livrosdebia.blogspot.com/

Bjs

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top