Ensurdecedor


Em 1905, as pesadas portas da Escola para Surdos de Bellevillem, no Canadá, se fecham atrás da jovem irlandesa Grania O´Neill. Surda desde os cinco anos de idade, ela sabe, então, que está entrando em um mundo que será exclusivamente seu. Lá fora, fica o o domínio dos que ouvem, hostil e inclemente; lá fora fica inalcançável sua querida família. Dentro da escola, a solitária menina se defronta com uma rotina de disciplina onde aprende a língua de sinais e a falar, e luta contra a noção de que é "diferente".
Ao terminar seus estudos a bela e decidida Grania se apaixona por Jim Lloyd, um jovem médico de audição normal. Os dois criam um vocábulo novo, emocional", feito de sons e de silêncio. Suas vidas parecem estar completas, mas a Primeira Guerra Mundial logo os separa e os arrasta para o centro dos eventos que mudariam a civilização.

É o primeiro livro que leio da autora e gostei muito da leitura. A autora Frances Itani é especificamente muito detalhista em sua obra, e como consequência a narrativa se torna lenta, mas bastante agradável. O tema também é bastante denso. Itani narra a história de Grania, uma jovem irlandesa que aos 5 anos de idade, teve escarlatina e que após a doença ficou surda. A autora com muita intensidade, explora a sua infância, contando minuciosamente toda a sua dificuldade e seu processo gradativo de se comunicar melhor com o mundo.

Quando a jovem menina cresce, logo se apaixona por Jim ou melhor dizendo "Chim", pois ela somente conseguia chamá-lo assim. A história deles é linda e muito tocante. Jim é um jovem rapaz que tem uma audição normal e se apaixona por Grania...Vivendo um amor lindo, onde a linguagem não é empecilho, afinal a linguagem do amor é universal, o leitor logo se intera em suas vidas e partilha com muita emoção seus anseios e desejos...

Além do amor presente, o livro é uma aprendizagem constante. O leitor se transporta no lugar de Grania e sente como se fosse em sua pele as dificuldades do seu dia-a-dia e imagina o mundo em absoluto silêncio... O leitor torce por Grania e se emociona em sua forma de ver o mundo, em um mundo sem som, aprendendo a viver em seu eloquente silêncio...

Mas o livro tem muito mais. Da metade ao final explode a 1ª guerra mundial, e Grania vive com a separação de seu amado esposo. Com uma riqueza de detalhes impressionante, a autora descreve a carnificina e os tormentos psicológicos que a guerra causa. É muito forte e realista. Fiquei com o coração apertado enquanto virava as páginas...

Fechando este post, vou deixar dois trechos do livro, descrevendo um pouco a guerra, na carta que Jim escreve para a sua amada esposa:


Às vezes, o solo estremece sob nossas botas. O ar vibra. Às vezes, há um barulho de assobio antes da explosão. E, então, tudo é silêncio.


Quando há os sinais luminosos, clarões e fogos de artifício por toda parte à sua volta, você vê de repente silhuetas, homens caminhando, dos dois lados, ali na terra de ninguém. Forças-tarefas. Alguns carregando rolos de arame. As figuras se imobilizam até o manto do escuro cair novamente. E então, a movimentação recomeça mais uma vez.

***

6 comentários:

flicka disse...

Gosto muito do vosso blog, descobri por acaso. Li este livro há uns anos e também adorei! Gostei muito da opinião.
E já agora, têm uma surpresa no meu blog reservada para vós!
Parabéns!

Driza disse...

Oi Lili,
parece muito bom mesmo, e bem tocante.
bjs

Vivi Bastos disse...

Se for o que estou imaginando a partir de seu comentário, Lili, sei que vou gostar bastante. Já tá na lista de intenção de compra...rs

Beijos
Vivi

Jeanne Rodrigues disse...

Lili,

Anotadíssimo !

Bjos

Laura disse...

Eu li Ensurdecedor há algum tempo, ganhei por acaso num Natal de presente do meu pai. Incrível essa história! Adoro demais! Parabéns pelo blog!

Thata disse...

Adoro isso: quando os autores nos transportam para seus livros!
E como é contar a vida de uma surda naquela época? Antes da Grande Guerra? Lidar com o amor e saudade num mundo inclemente?
Poxa, parece incrível o livro...Nunca tinha visto ou lido uma resenha sobre ele...

Valeu a dica!

Bjs

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top