Laços de Gelo - Nora Roberts


Sinopse: Em pleno inverno irlandês, a pousada de Brianna Concannon recebe um hóspede inesperado que faz incendiar o clima. Uma mulher de beleza sutil e aparência frágil, mas que abriga um coração apaixonado. Brianna Concannon, segunda protagonista da "Trilogia da Fraternidade" de Nora Roberts, é um símbolo da mulher européia contemporânea. Ela é dona de uma pousada no oeste da Irlanda, que no auge do inverno fica praticamente desabitada, transformando-se num lugar frio e vazio. Brianna gosta de ficar só, de desfrutar da paz e da tranqüilidade que aquele lugar sugere. Mas ela recebe um hóspede inesperadamente. Grayson Thane, um misterioso escritor norte-americano, chega à pousada para passar o inverno sozinho, mas os planos de ambos não se concretizam. Os destinos de Brianna e Grayson se cruzam, e o gelo que cobre a Irlanda abre caminho ao fogo da paixão.



Um romance gostoso, uma leitura prazerosa...
Quando li Laços de Fogo, primeiro volume da Trilogia da Fraternidade, o qual já citava Brianna, a protagonista desse que é o segundo volume, achei que não gostaria dessa história, porque Brianna tem muito aguçado em si o jeito Amélia (aquela que era mulher de verdade) de ser. Ela adora passar, lavar, cozinhar, esfregar o chão... pensei: cadê a heroína? Bem, talvez por fazer tudo isso e ainda cantar, sorrir e amar ela seja realmente a heroína perfeita para esse conto de fadas. E sendo assim, decidi que gostaria dela sim!
Brianna é batalhadora, dedicada e foi com essas qualidades que fez de sua pousada um grande sucesso, capaz de receber o famoso autor de romances policiais Grayson Thane.
Gray é solitário, não tem residência fixa e nem familiares, nada de responsabilidades e vive viajando. Cada parada um livro. E é por esse motivo que foi parar no oeste da Irlanda, na pousada de Brianna.
Gray chegou numa madrugada e esperava encontrar uma simpática senhora como sendo a proprietária, mas eis que descendo as escadas surge uma loira, linda, olhos verdes, encantadora... Pois é: atração a primeira vista! E de ambos os lados.
Na medida em que avança o livro de Gray, aumenta o desejo entre ele e Brianna também. Aquele lado Amélia de Brianna só contribuiu para que Gray se sentisse ainda mais atraído por ela. De tanto vê-la naquele impecável avental começou a imaginá-la nua, apenas com a tal vestimenta doméstica sobre a pele sedosa e cheirosa. E a comida que ela fazia então, hum! Ele foi literalmente agarrado pelo estômago.
Mas ela é muito contida e só reagiu quando descobriu um segredo que no passado fez toda diferença para o rumo que sua vida tomou. Uma trama de sua infeliz e mal-humorada mãe. Aqui, mais conteúdo para a história.
Ah! mas a partir daí tudo foi mágico. A descoberta do amor, da vida, do companheirismo... até o grande final.E, em meio ao romance, ainda teve seguimento a trama que se iniciou no primeiro livro e que será totalmente desvendada no próximo volume, Laços do Pecado, o qual aguardo ansiosamente.

8 comentários:

Vivi Bastos disse...

Oiê...
Estou aproveitando a brechinha no tempo para ler a penca de dicas que deixei acumular...Como vão, chicas?

Ah, Driza
Adorei a dica...muito em parte por sua descrição de Brianna...Pelos seus olhos, a personagem pareceu-me tão real e próxima. E o fato de isso ter agradado ao Gray demonstra que ele sabe encontrar o belo no ordinário. Sem falar que quando a Nora acerta na combustão, as faíscas escorrem das páginas.
Tô a fim do livro!!!

Beijos

Regina disse...

Gostei da descrição da Brianna. E me fez ficar com uma vontade enorme de ler essa trilogia...

obrigada pela dica.

bjs

Driza disse...

Oi Vivi e Rê,
a história é linda mesmo. E a Brianna é muito forte e determinada, dá pra aprender muito com ela.
bjs

Driza

Jeanne Rodrigues disse...

Driza,

Me animei a ler esse livro.
A Nora é a autora preferida de uma grande amiga minha e se ela tiver esse vou pedir emprestado.

Adoro seus coments.

Bjos,

Aline disse...

Escritor????? PRECISO LER!
Driza, obrigada pela dica! BJS

Aline disse...

Acabei de ler Laços de Gelo e adorei. Brianna é o controle em pessoa, e abre sua fortaleza para o insistente e inconsequente Gray. Gostei muito do fato de ambos terem uma atitude indiferente em relação aos relacionamentos pessoais, e depois se verem surpreendidos pela força dos sentimentos. Não que eles não estivessem envolvidos, apenas preferiam dizer, e achar, que não se importavam muito um com o outro, que preferiam a solidão tranquila à turbulência do convívio a dois.
Diferentemente dos livros onde um está sempre mais apaixonado, mais desesperado do que o outro, em Laços de Gelo, o casal descobre aos poucos que precisam de amor. Um livro suave, temperado de explosões. Recomendo.

Aline disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Leticia Gabriele disse...

Estou lendo o primeiro, quase terminando, mas já estou doida pra ler o segundo... =P

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top