OBSESSÃO de Erica Spindler


A agência de adoção pode tornar um sonho em realidade. E a realidade, em um pesadelo sem fim.
Julianna Starr escolheu Kate e Richard para serem mais do que os pais de seu filho. Para ela, Richard é o homem ideal por quem ela sempre esperou. Ao observar de perto o casal, Julianna molda a sua imagem à de Kate e seduz Richard, decidida a acabar com um casamento perfeito de dez anos.
Mas Julianna não está só. De seu passado obscuro, surge um verdadeiro demônio...
Ninguém está a salvo. Nem mesmo a criança inocente que Kate e Richard adotara.



Li esse resumo e comecei o livro decida a odiar Julianna. Mas isso foi impossível.

Os personagens desse livro são “reais”. Ninguém é perfeito. Nenhum deles é a encarnação da bondade ou da maldade. São pessoas que sofrem, amam, mentem, se preocupam uns com os outros. Enfim, pessoas como nós, vivendo a vida da melhor forma possível e enfrentando e resolvendo os problemas.

Julianna é uma jovem meiga e mimada. Ela engravida de John Powers, um homem por quem se julga apaixonada e com quem quer construir sua vida. Mas, John é um assassino profissional que trabalha para a CIA. A última coisa que ele deseja é Julianna grávida e deixa isso bem claro. Então Julianna foge e se esconde. Sem dinheiro e sem família, ela decide entregar a criança para adoção.

É onde entra a Fundação Citywide. Uma fundação que permite que a mãe biológica escolha os pais para seus filhos. Isso é feito através de dossiês preenchidos pelos interessados, relatando suas vidas, suas perspectivas e anseios. Julianna se apaixona por Richard. Só de ler o modo como ele descreve seu amor pela esposa, ela vê que é isso que ela sempre sonhou em ter – um homem que a colocasse acima de tudo, que a protegesse e fosse seu companheiro.

Só que, com o decorrer da história, vemos que não é bem assim. Richard ama Kate, mas acima de tudo, ele ama ganhar, ele ama ser o primeiro em tudo, ele ama ser o centro das atenções. Com a chegada do bebê, e com Kate se dedicando primeiramente à criança, ele se sente excluído, traído, e essa é a brecha que Julianna aproveita para se fazer presente.

Somado a isso, temos John perseguindo Julianna. Ele a quer de volta, mas para conseguir, ele tem de aparar o que ele chama de “arestas”: o bebê, Richard e Kate.

Gostei muito do livro. É um livro com cenas fortes, violentas. Mas é um livro que revela como o casamento e o amor podem mudar com o tempo. Com personagens que hora a gente adora, hora odeia. Não se deve entrar nele com preconceitos, pois toda hora somos desafiados pela autora a rever nossos conceitos. E o suspense e a tensão estão muito bem construídos e balanceados.

4 comentários:

Vivi Bastos disse...

Rê...eu gosto de ler conflitos assim. Não é algo que gosto de ver no mundo real mas, quando transposto literiariamente desperta o meu interesse.

Valeu pela dica!!!

Beijocas

Jeanne Rodrigues disse...

Regina,

Dica anotada apesar de não ser o que mais gosto de ler...

Mais sendo indicada por vc ...

Bjos,

ni disse...

eu adorei esse livro tbm, achei bem interessante... Um suspense muito bom e um final que pelo menos eu não imaginava... rs

Thata disse...

Apesar da capa ser uma esquisitice, o que vale é história! Quanto mais lia a resenha, mais interessante a história ficava! Agora quero ler e não o tenho! Vou chorar!!!!
Deve ser um deslançe entre perseguição e drama, com direito a tiroteio e tudo mais!!! "Cara, estou feliz por não ser você,[Juliana]!" rsrs

Dica aprovada, anotada, porém acho que não o lerei............

Bjs!!

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top