OUSADIA DE VERÃO de Barbara Delinsky


O que acontece logo após o momento que mudará sua vida para sempre?

É uma indagação que assombra Julia Bexhtel, Noah Prine e Kim Colella, os únicos sobreviventes de um terrível acidente de barco na costa do Maine, em que nove pessoas morreram.
Julia, de 40 anos, esposa e mãe, sempre seguiu o caminho da submissão. Considerada por uma família controladora e um marido cada dia mais distante como “leal” e “obediente”, ela compreende, após ter quase perdido a vida, que há mais dentro de si – e no mundo ao seu redor – do que jamais imaginara.
Sentindo-se estranhamente ligada a Noah, o pescador de lagosta divorciado e caladão que ajudou a salvar sua vida, e a Kim, uma jovem de 21 anos, cujo papel no acidente e mudez subseqüente são um mistério, Julia começa a explorar as peculiares possibilidades oferecidas pela tranqüila ilha Big Sawyer. De repente, coisas que antes pareciam fundamentais perdem o significado, e outras que pareciam irrelevantes adquirem completamente uma nova importância.

A cada momento que passa, a cada nova descoberta, Julia fica mais convencida de que após ter enfrentado a morte, precisa aproveitar mais a vida.


A autora nos apresenta com este livro uma história comovente ambientada em uma ilha paradisíaca, em que é abordado de uma forma sensível e envolvente o RECOMEÇO.
As personagens Julia, Noah e Kim após o acidente, em que são os únicos sobreviventes, são obrigados de uma forma impactante a reavaliarem as suas vidas, e com isso buscar um recomeço, a reconciliação com os problemas e frustrações que mantinham guardados dentro de si.

* Julia, considerada uma mulher dócil, sem grandes paixões, com a possibilidade da morte prematura, questiona-se: Para onde seguir? O que fazer? Por onde começar para tornar a vida mais interessante?

* Noah, ao questionar-se por que teve uma segunda chance, avalia seus últimos dez anos, e busca uma aproximação com seu filho de 17 anos.

* Noah e Julia despertam para um novo mundo, e juntos procuram ajudar Kim, a se libertar de seus medos.

Gostei muito de ler este livro, em que é narrado a busca dos personagens pela compreensão de si mesmos, de uma forma bem agradável, em meio ao “mundo” da pesca da lagosta. Acompanhamos o crescimento emocional das personagens em meio ao dia-a-dia da ilha. A Ousadia da história está em termos coragem de começar de novo, em ser o que se quer e principalmente AMAR!


10 comentários:

Liliane Cristine disse...

Hum. Fiquei interessada. Desta autora só li até agora Três Desejos e o 1º livro da série Sonhos.

Tenho aqui comigo em casa para ler da autora A Mulher Misteriosa... Depois comento com vcs!

Mas, esse livro em especial mexe bastante com os sentimentos, parece-me uma deliciosa ousadia de amor :)

Bjs
Lili

Driza disse...

Oi Paty,
eu já li esse livro há algum tempo e lembro-me de ter gostado, mas nem tanto. De qualquer forma eu adoro essa autora e sempre que posso leio um título dela. É sem dúvida uma leitura prazerosa.
bjs

Vivi Bastos disse...

Também gosto da temática, mas, sou reticinte com relação a autora. Tenho um livro dela que ganhei e não li ainda: Segundas chances.

Beijocas

Vivi Bastos disse...

"Reticente".

Desculpe não resisti, porque "reticinte" gritou do oriente...rs

Regina disse...

Nunca li nada dessa autora, mas esse tema me parece ser muito bom.

Aline disse...

Gosto muito da autora, mas já aviso que não gostei dos livros publicados pela Harlequin livraria. À exceção de Sonhos, que existe em sebos na edição de banca, os demais são pouco profundos, tendo em vista que era do segmento de banca, mais curtos e mais leves.
Estou me coçando para ler esse do comentário, adoro histórias de resgate de pessoas meio perdidas...
Obrigada pelo comentário!

Jeanne Rodrigues disse...

Nunca li nada dessa autora, mas achei seu comentário bem estimulante.
Acredito muita na máxima`:
Sempre se pode recomeçar...

Bjos

Jeanne Rodrigues disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jeanne Rodrigues disse...

Nunca li nada dessa autora, mas achei seu comentário bem estimulante.
Acredito muita na máxima`:
Sempre se pode recomeçar...

Bjos

Patricia Cardoso disse...

Olá Jê,

li três livros desta autora, sendo que um deles achei muito sem graça, outro achei excelente e ente do blog ótimo, portanto, desejo sorte nos livros que escolher dela, pois, ela vai de um extremo ao outro com muita facilidade.

Bjs.

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top