Infinity Ring – Um motim no tempo – James Dashner

"Quando os melhores amigos Dak Smyth e Sera Froste descobrem o segredo da viagem no tempo — um dispositivo portátil conhecido como Anel do Infinito —, acabam envolvidos numa guerra secreta que existe há muitos séculos e que decidirá o futuro da humanidade. A história havia saído desastrosamente de seu curso natural, e agora caberia a eles voltar no tempo para corrigir as Grandes Fraturas — e, no caminho, ainda salvar os pais desaparecidos de Dak.
A primeira parada é na Espanha de 1492, quando um navegador chamado Cristóvão Colombo está prestes a ser lançado ao mar, durante um motim terrível"


E se você vivesse em um mundo onde coisas históricas e importantes que deveriam ter ocorrido, tivessem sido alteradas?
E se você tivesse instantes de fragmentos que poderiam ter ocorrido, mas que não ocorreram?
E se você vivesse em um mundo controlado por um organização que alterou eventos dos passado somente para controlar o futuro?
E se você então descobrisse um dispositivo que lhe permitisse voltar no tempo?
E se você fosse apenas um pré-adolescente, mas com um cérebro privilegiado?
A coleção Infinity Ring tem uma proposta interessante: serão 7 livros e cada um escrito por um autor diferente. Fico imaginando a sequência, mas posso garantir que o volume 1 já é muito bom.
A história gira em torno de 2 amigos: Dak, um garoto apaixonado por história e Sera, sua melhor amiga com um cérebro privilegiado para a física quântica. Eles vivem em um mundo em colapso, com catástrofes naturais ocorrendo a todo momento, e que é controlado pela SQ.
Estas catástrofes naturais estão originadas em fraturas ocorridas na história ao longo dos anos, e estão ocorrendo com tanta frequência que podem levar o mundo ao seu fim.
Existe também outra organização, os Guardiões da História, que estão lutando contra a SQ desde o início das alterações históricas. Eles tem tentado descobrir como voltar no tempo e mantém documentação de todos os fatos importantes da história para poder auxiliar quando conseguirem retornar no tempo para alterar estas fraturas.
Tudo continuaria assim se uma máquina do tempo não fosse inventada. E é claro que ela foi inventada, porque senão a história terminava. A partir daí os nossos “heróis” passam a viver aventuras em diversos lugares. Pena que mesmo sendo uma boa história, os elementos são os mesmos de outra história do tempo qualquer. Mas aí entra uma coisa que eu falei no início: serão 7 autores!
Mesmo com elementos semelhantes a outras histórias do tempo, temos uma história que distrai, diverte e é uma boa pedida para um domingo a tarde, com um baldão de pipoca ao lado.
Vou ficar no aguardo das próximas histórias para ver o que os outros autores irão criar e quais serão os outros eventos históricos que serão “revisitados”.

3 comentários:

Jeanne Rodrigues disse...

Medéia,

eu to no momento para ler romance agua com açucar...hehehe...

quem sabe depois?

Amanda T. disse...

Eu quero ler! Um amigo blogueiro me recomendou, mas disse pra eu ler sem expectativas. Mas nao adianta! Viagem do tempo me deixa animada haha, o ruim é que devo ler só ano que vem, to com MUITO livro aqui e fiz promessa de nao comprar mais nada esse ano!

Beijokas
escolhasliterarias.blogspot.com.br

Mariane BP disse...

Oi!
Já vi muitas resenhas positivas, mas esse é um livro que não me entusiasmou nem um pouquinho....
Parece muito fraco.
Bjo

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top