O Código de Atlântida - Charles Brokaw



"Uma relíquia de 20.000 anos, com inscrições aparentemente na antiga linguagem de Atlântida, foi encontrada. O professor de linguística de Harvard, Thomas Lourds, é o único homem capaz de decifrar o seu significado, mas, ele não é o único interessado. Um ramo ultrassecreto da Igreja Católica entra na disputa para desvendar os segredos da cidade perdida. As ruínas de Atlântida prometem fama, fortuna e poder e, ao mesmo tempo, segredos que podem mudar as crenças das origens da humanidade."

Há algum tempo eu esperava por um romance de aventura que me
empolgasse verdadeiramente. Adoro livros de ação repletos de fatos
históricos. Adicione um herói charmoso, inteligente, duas mulheres que
o disputam sem escrúpulos e uma cidade desaparecida, e está pronta a
receita irresistível de O Código de Atlântida.

O professor Thomas Lourds está trabalhando para um programa de
televisão quando é surpreendido por um artefato misterioso, encontrado
pela equipe. Nesse artefato constam inscrições que ele, mestre de
linguística, o maior conhecedor de línguas vivas e mortas, não
consegue decifrar. O mistério aumenta quando um poderoso cardeal
coloca bandidos no encalço do professor para roubar o objeto e
localizar os demais componentes do que seria um conjunto de
instrumentos musicais da antiguidade.  Esse conjunto seria a chave
para um segredo grandioso, que desapareceu juntamente com a mítica
cidade de Atlântida.

Na sua louca escapada, Thomas conta com a ajuda de duas mulheres de
personalidade forte, a apresentadora do programa de TV, Leslie, e a
policial russa Natashya, irmã de uma das vítimas. Consciente do seu
poder de atração e sem fazer muita questão de escolher uma companhia
só, o esperto professor mantém as duas em clima de sedução e ciúmes.

O que mais gostei no livro foi a aventura em si. Passando por diversos
países, a história é bem dinâmica. Não há discussão profunda de temas
religiosos ou históricos, mas até isso foi agradável, pois não tive
compromisso de me posicionar sobre teorias mirabolantes. O livro tem
compromisso de entreter. Muito bem escrito e traduzido, é uma obra de
ação e mistério histórico que satisfaz os leitores mais exigentes.

Agradecemos à Editora Planeta por nos enviar a obra!



9 comentários:

Wanessa Guimarães disse...

Uaaaaaau, parece ser muito bom!!!

Beijo,
www.estanteseletiva.com

Mariane.BP disse...

Eu realmente me interessei pelo livro!!! Tanto que queria comprar e ler agora mesmo, rsrs !!
Parabéns pelo post!

Viviane Sampaio disse...

Nossa, fiquei muito curiosa por essa historia! Gostei bastante da sinopse, e amo historias sobre atlantida!

Marcia Noto disse...

Adorei a resenha... Dica mais do que anotada!

Bjs

Leninha - sempre romantica disse...

Parece ser bem interessante!
Desvendar Atlantida, sonho de qualquer leitor!

Patricia Cardoso disse...

Olá Aline,
muito boa a resenha, mas, este é um tipo de livro que não me agrada muito. Mas, caindo na minha mão, eu leio. rsrsr

Cali Medeiros disse...

Tô precisando de algo assim...pra estimular minhas leituras...estou lendo muito devagar...preciso de leitura de ação!!! A resenha ficou ótima!! bjs!!!

CCHOCETANDO disse...

Sabe que me perguntei se Atlanta realmente existiu?O que vocês acham?
beijos,
Cristina.

Harumizawa Meyko disse...

Nossa, você realmente tem razão estou quase terminando de ler esse livro e uau ele é demais totalmente apaixonada por Charles Brokaw e o Código de Atlântida. Com certeza pesquisarei outros livros, se ele tiver.
Beijos

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top