A FESTA DE CASAMENTO de Patricia Scanlan

Nada como um lindo casamento...
Para começar a Terceira Guerra Mundial!

Para que serve um matrimônio? Muito mais do que compartilhar o amor dos noivos com seus parentes, uma festa de casamento tem em geral, o dom de unir todos em um momento único de felicidade e harmonia... Quando não se trata da família de Debbie Adams!

Sua festa de casamento a obriga a conviver com o pai, com a nova madrasta, a insuportável Aimée, e a meia-irmã, uma adolescente eternamente emburrada. Ao mesmo tempo, uma chefe implicante a espera no trabalho e Debbie ainda tem que lidar com o noivo, que está se questionando se é mesmo o momento de se casar.


Se o ditado diz que tudo se perdoa por amor, Debbie precisa saber o que ama mais: sua família ou sua sanidade mental.

O único senão deste livro é que ele promete ser engraçado, mas, não é! O livro trata de uma forma bem leve assuntos densos, como o divórcio, e também é extremamente dinâmico, trazendo o ponto de vista de cada personagem conforme o desenrolar da história.
A história gira em torno da organização do casamento de Debbie Adams, que foi criada por sua mãe Connie, enquanto seu pai Barry, construía outra família. Debbie nunca perdoou o seu pai por ter deixado sua mãe criá-la sozinha, e não aceita a participação da sua madrasta Aimée e sua meia-irmã Melissa em seu casamento.

Com isso vários conflitos se estabelecem, já que seu pai está ajudando financeiramente o casório, sua mãe gostaria que ela entrasse com seu pai na igreja. Em meio aos problemas familiares, Debbie ainda tem que resgatar o seu noivo que está cada vez mais se afastando.
A Festa de Casamento nos apresenta vários personagens maravilhosos, como Connie, uma mulher de mais idade que tem que recomeçar a viver sem a filha a quem dedicou toda a sua vida. A chefe de Debbie, que amarga uma vida cheia de frustrações e também tem que dar um jeito em sua vida. Aimée que só pensa em seu trabalho, e talvez uma surpresa a fará que rever seus valores.
Este é um livro com sub-histórias, que para mim foram muito mais interessantes, que o conflito familiar de Debbie. Por isso, estou muito animada com a continuação deste livro, em que acredito que as sub-histórias serão o prato principal.

Gostei bastante deste livro, pois, ele trata de uma maneira bem tranquila os problemas que os personagens passam, mas, sempre com foco no  perdão e recomeço, e como disse já espero ansiosa a publicação do segundo livro da trilogia.
 Lançamento Agosto/2012


14 comentários:

kika disse...

nao gosto muito de livros assim..... mas adorei a capa.....

Aline disse...

Paty,

Realmente, o resumo passa uma sensação de humor.
Adorei a resenha sincera, gosto de livros sobre conflitos familiares.

Bjo

Regina disse...

Paty,

Parece ser um livro bem interessante. Quando vc começou, imaginei um chick-lit, mas parece ser mais do que isso né? Agora fiquei curiosa para ler.

bjs

Vall Knopp disse...

O livro parece tratar de assuntos corriqueiros e que estamos acostumados a vivienciar.... mas não é o tipo de livro que eu leria... achei bem interessante mas gosto muito de sair do normal e viajar pela ficção, pelo sobrenatural e além! bela resenha!

Jihanne Rocha disse...

Parece ser bom, mas não despertou tanto meu interesse.

Caliandra Medeiros disse...

Gostei da resenha, parece ser um livro leve, q podemos ler e sermos fisgadas com essas histórias comuns q nos cativam...

Marcia Noto disse...

Oi, Patrícia!

Vou deixar esse passar, pois não estou no meu melhor momente para esse tipo de leitura.
De qualquer forma, parabéns pela resenha!

Bjs

Aline disse...

A capa do livro eu adorei :) Agora não sei se é bem meu tipo de leitura...

Patty Viana disse...

O livro aborda temas comuns, com os quais convivemos diariamente. É uma pena que não tenha a comédia prometida na sinopse, me interessaria bem mais se tivesse!

Jeanne Rodrigues disse...

Paty,

gostei da sinopse e principalmente da resenha.
Me deixou querendo saber o que acontece com esses personagens tão reais do mundo moderno.

e ainda tem continuação? adooooro !

Salma disse...

Hum....
A capa é linda, pela sinopse realmente parece ser um livro engraçado...
Ainda bem que vocês resenham, hehehe... Pelo seu resumo não gostei muito não...
Obrigado por compartilhar!

=)

Driza disse...

Paty, que pena que a história não faça rir. Seria perfeita!

Mas mesmo assim, lendo sua resenha fiquei com vontade de ler. Aguçou meu interesse.

bjsss
Driza

Leninha - sempre romantica disse...

Amei a capa desse livro, achei o mote interessante e gostei de ler a resenha e saber um pouco mais do que encontrar durante a leitura.
Bom saber que tem sequência, por que já me disseram que o final deixou um pouco a desejar.

ANOTADO AQUI NO CADERNINHO!

@ndre@ disse...

Gostei. Um livro que leria sem problema, gosto de livro assim leve e além do mais tem continuação.

soniacarmo
retalhosnomundo.blogspot.com.br

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top