À caça de Harry Winston - Lauren Weisberger



______

Sinopse: Emmy estava a dois passos do casamento perfeito quando seu namorado a trocou pela personal trainer. Leigh é considerada o novo talento na editora onde trabalha, mas sua vida amorosa não anda tão bem quanto pensava. A brasileira Adriana odeia a palavra compromisso. Para ela, quanto mais homens melhor. As três amigas decidem fazer um grande pacto: mudar radicalmente suas vidas em um ano. Será que elas vão conseguir?
______





Livro engraçadinho, totalmente sem sal, nem açúcar, mas eu adorei!

Um chick-lit dos bons, porque é despretensioso, não força piadas e suas protagonistas não fazem o estilo “mulher-de-trinta-com-miolo-mole” (graças a Deus!), comum nesse tipo de leitura.

Emmy, a namorada trocada, não perde muito tempo com choradeira e, embora sofra pela perda do namorado, segue em frente mudando totalmente de vida; Leigh não é tão decidida, tem medo de mudanças, mas quando a oportunidade surge, agarra sem pensar nas conseqüências; Adriana, lindíssima, brasileira, vive às custas dos pais ricos, nunca trabalhou, não tem medo dos 30 anos e sabe tudo sobre como deixar os homens aos seus pés. Não, ela não é dondoca! Ela tem consciência da vida pouco produtiva que leva, mas é muito inteligente e vai saber transformar seus conhecimentos sobre os homens em profissão. As três são personagens bem construídas, cheias de vida e cativantes.

Quando peguei esse livro não estava muito confiante na autora, porque não gostei de O Diabo veste Prada (embora tenha amado a versão do cinema), mas ainda bem que lhe dei outra oportunidade, já que me apaixonei pela história desde a primeira página.

A título de informação, copiando o site Wikipédia “Harry Winston é uma joalheria de diamantes que revolucionou o design, criou invenções de conjuntos de platina flexíveis e artesanais que conseguiram uma leveza, dimensão e brilho inimagináveis”. Então, para não dizer que chick-lit não acrescenta nada, acabei tomando conhecimento dessa marca que nunca vi e talvez nem nunca vá ver, mas que ao ler o título achava ser o gatão da história (Sic!). Na verdade o título faz referência à busca das protagonistas por um anel de noivado da tal marca.

Enfim, recomendo a leitura. Não faz gargalhar, porém é certeza de sorriso no rosto.

12 comentários:

Vall Knopp disse...

o livro pareceu-me interessante. Livros leves são tão bons de vez em quando. Para relaxar, descontrair, sem forçar os miolos. kkkk
Adorei a dica e a resenha. E o que me chamou a atenção é o fato de ter uma brasileira na estória, isso já é o máximo. ahahhaha amo quando nos citam.

Patty Viana disse...

Gostei, um livro leve e descontraído é sempre bem-vindo!

Cali Medeiros disse...

Primeiro: as capas dos livros da Lauren sempre me chamam a atenção...e são meus desejos de consumo há um bom tempo...mas não acho uma promoção...e pelo q acompanho, eles são leves e gostosos de ler...então.. eu queroooo!!!!rsrsrs

RUDYNALVA disse...

Driza!
Lembrei do filme O Diabo veste Prada, até o salto da capa se relaciona a moda.
Chick-lit é relaxante de ler.

Não, não esqueci de você... é apenas pouco tempo para tantas coisas...
Vim desejar um início de mes maravilhoso e que todos seus desejos sejam concretizados no decorrer dos dias.
"A prova mais clara de sabedoria é uma alegria constante." ( Michel de Montaigne )
UM FINAL DE SEMANA CHEIO DE AMOR NO CORAÇÃO!
Blogueiras Unidas 1275!
Luz e paz!
Cheirinhos
Rudy
BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

Leninha - sempre romantica disse...

Parece bem interessante!
Adoro sapatos e compraria esse só pela capa, kkk

Patricia Cardoso disse...

Olá Driza,
você definiu perfeitamente o que não gosto na maioria dos livros chick-lit: estilo “mulher-de-trinta-com-miolo-mole. Não li O Diabo Veste Prada, mas igual a você, tb gostei bastante do filme. Gostei da sua mega sincera resenha, e darei oportunidade a este livro tb. Um beijão!

Tati disse...

Tua resenha me deixou com vontade de ler este livro.Adoro um chick-lit e vou atrás deste.
bjkas!!

Regina disse...

Driza,

Chick-lit não é do tipo de livro que gosto, mas sua resenha me deixou curiosa... anotando mais essa sugestão.

bjs

Driza disse...

Oi meninas,

obrigada pelas palavras.

Esse livro é super rápido de ler, parece volumoso, mas a leitura flui bem demais e assim, qdo se vê, já está no final.

um bj em todas

Driza

Marcia Noto disse...

Driza,

Vou deixa a dica anotada! Agora estou numa fase de YA, que me pegou de jeito... rsrs.

Bjs e boas leituras!

Adriana disse...

Driza! Sou daquelas não muito fãs de chick-lits, embora tenha me surpreendido com a Marian dias desses... Adorei a resenha, e amei também o Diabo veste Prada, nos cinemas, talvez esteja na hora de uma nova incursão no mundo dos chicks,ainda mais com uma personagem brasileira e nossa chará, né?
Beijo!

Fabiana Bonfim disse...

Lendo a sinopse, achei a história tão parecida com É Agora...Ou Nunca, de Marian Keyes.

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top