Morte e Vida de Charles St. Cloud - Ben Sherwood


Um coração dividido entre dois mundos. Em uma pacata vila de pescadores da Nova Inglaterra, Charlie St. Cloud cuida dos gramados e monumentos de um antigo cemitério onde seu irmão mais jovem, Sam, está enterrado. Após sobreviver ao acidente de carro que tirou a vida de seu irmão, Charlie recebe um dom extraordinário: ele consegue enxergar, conversar e até mesmo brincar com o espírito de Sam. É neste mundo místico que entra Tess Carroll, uma cativante mulher treinando para navegar sozinha ao redor do mundo em um veleiro. O destino faz com que seu barco seja apanhado por uma violenta tempestade, trazendo-a assim para a vida de Charlie. Sua bela e incomum ligação os leva a uma corrida contra o tempo e a uma escolha entre a vida e a morte, entre o passado e o futuro, entre apegar-se ou deixar o passado para trás – e a descoberta que milagres podem acontecer se nós simplesmente abrirmos nossos corações.

Charlie, Sam e Tess são os personagens centrais dessa trama.

Charlie trabalha no cemitério da cidade onde mantém contato e até joga beisebol com o seu irmão Sam que morreu há 13 anos. Até hoje, Charlie se sente culpado pelo acidente que levou Sam.

Tess é uma velejadora que aparece na vida de Charlie misteriosamente e o fará fazer escolhas e começar a se interessar por uma vida fora do cemitério.

Achei o livro muito parado, quando a história realmente começa já é quase o final. O amor de Charlie e Tess não me empolgou, foi tudo muito rápido. Sam, ao contrário, me deixou torcendo até para ele ressuscitar (momento bobo meu). As inúmeras explicações sobre termos náuticos me deixaram cansada.

Eu tinha as melhores expectativas com esse livro que parecia ter tudo para me ganhar. Só que infelizmente não conseguiu me conquistar. O amor fraterno que os une os irmãos foi o que me fez continuar a leitura.

Sabe quando você lê um livro e tem a impressão que ele não tem nenhuma surpresa como se já tivesse lido antes? Foi assim que me senti.

Diria que é um livro bonzinho, só que muito parecido com E se fosse verdade... Não sei se o fato de ter lido depois faria alguma diferença. Enfim, senti falta de emoção.

No skoob tem tantas resenhas favoráveis que até me espantei, mas gosto é como nariz, cada um tem o seu.

25 comentários:

Leninha - sempre romantica disse...

Eu li esse livro e gostei muito, acho o amor além da vida ou quase isso um mote tocante.
Concordo com vc sobre o amor fraternal, mas eu achei muito legal tbm Tess e Sam.

Concordo com sua última frase da resenha, kkkk

Paula Prado disse...

Já li esse livro morri de chorar nas primeiras páginas com os irmãos, eu gostei.
http://pitadabeauty.blogspot.com

Juliana Vicente disse...

Eu gostei muito desse livro! Me emocionei em diversos momentos e torci muito para as coisas terminarem bem.

Jê, concordo com você, gosto não se discute.

Beijos

Aline Maziero disse...

já li este livro há algum tempo e gostei bastante. ótima resenha!

Aline Maziero
www.letrasdesonho.com.br

Valéria Knopp disse...

eu apenas assisti ao filme. Achei-o interessante. O livro, pelo visto ficou a desejar ao filme! Mas vale a dica. E realmente, nem tudo vai nos agradar, mas há sempre alguém que goste! ehehhe :-)

Thata disse...

Hum, já não me pregava essa sinopse, agora com sua resenha...
Parece forçado essa entrada da Tess -velajadora, tentando colocar um pouco de "aventura"...
E como Jeanne disse: mas gosto é como nariz, cada um tem o seu.

eva disse...

É meio bobinho mesmo, esperava mais pela sinopse. Não que seja ruim, é passavel, mas do tipo que esquecemos 5 min após ler.

RUDYNALVA disse...

Jeanne!
Bonzinho?!
Bonzinho para mim é perto de ruim...kkk
Assisti o filme antes de ler o livro, o que não gosto de fazer e o filme é bom.
Como não li também e se fosse verdade... não posso falar nada...
Cheirinhos
Rudy
http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/

Jeanne Rodrigues disse...

Meninas,

obrigada pelos comentários. Vcs sabem fazer a alegria de uma blogueira.

Rudy, na minha modesta opinião ele chega perto de ser r....kkkk

Bjos,

Marcia disse...

Olá, Jeanne

Eu nem ia ler esse livro, mas ganhei de presente e ele ficou na minha estante um tempão...
Para dizer a verdade, ele me surpreendeu e eu gostei!!!
Eu sou meio desconfiada de livros que viram filmes, pois acho que se perde muito na telinha. Ainda bem que esse eu li primeiro e depois fui atrás do filme.
Eu sei que a história é meio fraquinha, mas o livro me pegou num bom dia!
Bjs

Driza disse...

Oi Jê,

obrigada pela opinião. Já não tinha me empolgado com essa história e agora acho que o melhor mesmo é deixar pra qdo não tiver nada melhor.

bjkss

Patricia Cardoso disse...

Olá Jê,

eu assisti ao filme e não gostei, e agora lendo a sua resenha do livro, entendi porque o filme é tão fraquinho. Bjs...

Luna Halimah* disse...

Esse livro poderia ter chamado a minha atenção se o filme não tivesse saído tão rapidamente, vi o filme e perdi o encanto de ler o livro, sempre quando fico sabendo que vão lançar um filme de algum livro corro pra ler o livro primeiro, mas esse nem tive tempo, o filme foi mediano, sei que os livros costumam ser melhores que os filmes, mas não me estigou a ler o livro...
Esse livro me lembra muito os livros do Nicolas Sparks ... Que amo por sinal!
bjoss

Aline disse...

O filme é tão chato... Não tinha mesmo vontade de ler o livro, e agora, com a resenha da Jê, descartei mesmo!
Adoro resenhas sinceras.
Bjs

Luis S. Junior disse...

O filme eu não gostei, mas do livre eu gostei muito.
Gostei bastante da forma como o autor descreve o conflito de sentimentos do personagem e da história também. Com certeza seria um livro que eu indicaria.

mariana disse...

Não li e não está na minha lista! Tenho o filme, mas ainda não assisti(êita fala de tempo!), vou ver se assisto o filme no carnaval e se achar que valha a pena, aí coloco o livro na minha lista!
Bjim!!!

Fábrica dos Convites disse...

Concordo contigo, gosto é muito relativo. Já tive muita vontade de ler este livro, agora diminuiu um pouco, mas mesmo assim ainda quero ler, mesmo porque eu não vi o filme.
Bjs, Rose.

Patty disse...

Oláaa....
primeiro lugar, gostaria de dizer q adoreiiiiiiiiii o blog, tahh maravilhoso, e com certeza já está na minhaa listinhas dos preferidoss...
Bom em relação ao livro, concordo plenamente com você, também tinha mtasss expectativas sobre esse livro, mas não foram atendidas. Achei a leitura um pouco cansativa em alguns momentos, achei a parte do romance meio "fraca"... até pq achei estranho, alguém q o personagem mal conheceu e já estava apaixonado. E como vc falou, o amor entre os irmãos, achei q foi pouco explorado.... Assim, considero o livro bonzinho, mas não um dos melhores...
bjuzz Patty!!!

Jeanne Rodrigues disse...

Patty,

obrigada. espero te ver sempre por aqui.

Bjos,

Patty disse...

Gente, essa Patty aí em cima não sou eu! Tem algum problema? Devo mudar meu nome de usuário?

Jeanne Rodrigues disse...

Patty,

coloca um sobrenome pra diferenciar, realmente pode dar problema caso vc ganhe alguma promoção.

Bjos,

Patty disse...

Ok, eu coloquei um sobrenome.
Obrigada, bjs!

Thata disse...

Epa, existe outra Thata por aqui???

Jeanne Rodrigues disse...

Thata,

acho que não...

Bjks,

Thata disse...

Ufa, ainda bem!

valeu pela resposta. Vocês sempre respondem!!!
=]

bjs

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top