Ovelha Negra

Sinopse


A rica Abigail Wendover, solteira aos 28 anos, ocupa seu tempo com as obrigaçõs sociais. Sua mais nova preocupação é a paixão da sobrinha Fanny pelo belo mas interesseiro Stacy Calverleigh. Para pretogê-la, Abby procura Sr. Calverleigh. Acaba encontrando, porém, o tio de Stacy, Miles - a ovelha negra da família. Ele fez fortuna na Índia, mas é repudiado pela 'boa sociedade' devido a um antigo escândalo. O encontro dará início a um mútuo encantamento. 

Eu adoro a maneira tão minuciosa e majestosa que a autora Georgette Heyer escreve. Neste segundo livro que leio da autora pude constatar alguma semelhança bastante eloquente com a nossa amada e clássica escritora Jane Austen.

Georgette Heyer detalha aspectos da época da Regência muito verossímeis, além de ter dado um toque engraçado em alguns diálogos entre Abby e Miles.

Agora, com relação a história, eu achei o enredo bom, bastante interessante como a sinopse do livro acima descreve. Mas, acho que desta vez o livro para mim ficou muito aquém do que eu esperava... Depois de ter lido Casamento de Conveniência, criei certa expectativa com seus outros livros. Não que o livro seja ruim. Ele é bom! Mas, fica exatamente nisso... Leitura leve, morna, que te propicia momentos agradáveis, mas que fica aquela sensação de estar faltando algo... E é justamente isso que a autora no final nos causa. Ela infelizmente termina o livro no meio de um diálogo... Até pensei:  Meu Deus, tá faltando página no meu livro!  Mas depois com mais calma e relendo pude verificar que a autora terminou propositalmente assim mesmo...

Sinceramente não gosto de fazer suposições nos livros! Gosto mesmo que o autor deixe claro tudo! Mas, pelas entrelinhas dá muito bem para perceber que a protagonista fica feliz com as novidades e que o amor irá vencer todos os obstáculos que estão por vir...

Em suma, apesar desse não ser para mim o melhor livro da autora, para quem gosta do gênero, realmente irá se encantar com o seu estilo e escrita...

11 comentários:

Adriana disse...

Lili! Estou de olho nessa autora tem tempo! Com a sua indicação fica ainda maior a vontade de ter um desses em minhas mãos!

Ótimo post!

bj!

Nice Santos disse...

Hummm, não conhecia esse...
Parece bom... Com relação ao "estilo de escrita"...

Bjos do Mix. =P

Papagaio Mudo disse...

deve ser "um saco"


G.u.s

Regina disse...

Eu estou ficando acostumada a histórias contemporâneas, mas essa é uma autora que me atrai, apesar de nunca ter lido nada dela... Vou anotar como desejado!

bjs

Jeanne Rodrigues disse...

Lili,

Gosto da autora e de sua escrita.

Tá anotado.

Bjos,

Juliana disse...

Oii! Poxa, mesmo você deixando claro que o livro é bom, a sua resenha me desmotivou um pouco. Acho que como fui muito com a capa e a sinopse dele, tava esperando aquele livro que te faz roer as unhas. Contudo, ele vai pra lista, quero ter minha opinião e claro, não consigo me conter rs.

Beijos, Ju

Patricia Cardoso disse...

Olá Lili,

gostei da resenha, e como a minha lista de desejos está ernorme, este livro não entrará nela por enquanto.

Beijos,
Paty

RaissaDebora disse...

gostei! e se vc disse que lembra jane austen entao eh melhor ainda
huahuah
quais os outros livros dessa autora?
bjus!

letracomasa.blogspot.com

Driza disse...

Oi Lili,

eu gosto do gênero, então certamente que vou gostar do livro. Adorei a capa!

bjsss

Driza

Adri Ramalho disse...

Meninas, eu simplesmente curto muito a Georgette.
Eu achei o mocinho uma graça.
Obrigado por mais essa dica.
Bjs

Thata disse...

Me desculpem, mas esses finais "inacabados" não fazem sentido mesmo!
Quero só saber o final, não imagina-lo!

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top