APENAS MÁGOAS de Sally Quinn



Conflitos de amor e de ambição que expõe os bastidores do poder


Um político poderoso e sua esposa ardente; uma repórter ambiciosa e seu amante e rival profissional: em torno dessas quatro criaturas, Sally Quinn tece uma envolvente trama de amor, com toques de sátira social, inteiramente passada nos bastidores de Washington, dos salões da Casa Branca às alcovas de pessoas muito influentes. São personagens magnéticas, mergulhadas num relacionamento tão instável quanto o mundo do poder, um mundo que a autora conhece melhor do que ninguém.



A autora Sally Quinn é apresentada na sinopse como uma grande conhecedora do poderoso mundo da capital americana, isso se confirma com a quantidade de páginas em que os personagens e suas vidas na capital são descritas de forma minuciosa, com uma riqueza de detalhes que torna o livro cansativo, até mesmo enfadonho.

O livro conta os desencontros amorosos de quatro personagens: Allison Sterling, Sadie Grey, Desmond Shaw e Rosey Grey.

Alisson Sterling é uma jornalista política influente, e também afilhada do presidente do EUA. É completamente dedicada a sua profissão o que a torna rival de seu agrande amor Desmond Shaw, chefe da sucursal em Washington de uma importante revista semanal.

Sadie Grey é a esposa do vice-presidente dos EUA, mas, muito fogosa não se adapta a rotina de ser apenas a esposa de um político poderoso, e insatisfeita com sua vida acaba se apaixonando por Desmond Shaw.

Allison que é uma mulher extremamente competitiva, porém apaixonada por Desmond, um mulherengo narcisista, se vê tendo que escolher entre o amor e a carreira. Enquanto que Sadie terá que escolher entre continuar sendo a esposa de um político poderoso ou viver um grande amor com um homem extremamente sensual.

A história gira em torno desses relacionamentos, que nos mostra que os personagens queriam muito ser amados, mas, desde que não interferisse em suas ambições. O que realmente importava era o prestígio pessoal na capital do poderoso país do mundo.

2 comentários:

Regina disse...

Oi Paty...

Se é enfadonho pensei em nem colocar na lista, mas seu comentário final me deixou curiosa - busca do amor é sempre interessante...

bjs

Elisandra disse...

Bem livros enfadonhos não são comigo, eu corro na outra direção....mas gostei das suas palavras e de sua sinceridade...beijokas elis!!!!!!

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top