Zul – O avesso e o direito do ser humano - Anna Sharp

capa-zul2_m

Sinopse: A partir de que ponto a busca pelo poder e pela vitória podem nos afastar do que é bom? E mais que isso, do que é humano? Essas são as principais dúvidas que Anna Sharp coloca aos leitores em seu novo livro, ZUL. As experiências vividas pelo personagem, que dá nome ao livro, permite-nos refletir sobre atitudes e valores e, sobre como as decisões que tomamos afetam nossa vida e de todos ao redor. É um livro para todos que buscam se tornar melhores apesar das dificuldades.

-*-

Imagine viver num mundo sem cores. Tudo é cinza, inclusive as pessoas. Todos andam encurvados pelo peso de responsabilidades que giram em torno do poder. Ninguém se preocupa com os outros. Só importa o eu e tudo que posso conseguir, mesmo que tenha que passar por cima de todos.

Agora imagine um mundo todo colorido. Céu azul, florestas verdes, sorriso no rosto, amor, paz, amizade...

Nesse livro a autora Anna Sharp nos apresenta o encontro desses dois mundos. Zul é um “cinza” e Ula é uma “colorida”: duas pessoas, dois mundos, uma só alma.

Qual mundo é bom e qual é ruim? Em que mundo viver?

Nós sabemos que o melhor mundo é o colorido, mas Zul desconhece isso. Nasceu e cresceu no mundo cinza e entende que tudo o que ouviu e aprendeu durante toda a vida é o modo correto de viver. Cabe a Ula e seus amigos fazer com que Zul enxergue a verdadeira realidade, abra os olhos para as coisas boas da vida e descubra os prazeres de viver bem com todos e principalmente consigo mesmo.

Essa história tem sim um pouco de romance, porém se estrutura mais no certo e errado, no bom e no mau, e tende a ensinar o amor pelo próximo e pela natureza. É uma reflexão.

Num primeiro momento não é meu tipo preferido de literatura, mas quando a Rai Editora enviou os Clássicos em Quadrinhos para a minha filha Yasmin, mandou junto esse livro, que me aventurei a ler e foi uma agradável surpresa. Uma leitura rápida e prazerosa.

Visite o site e conheça mais da Rai Editora.

logo rai editora[2]

5 comentários:

Jeanne Rodrigues disse...

Driza,

é mto bom ler um livro e se surpreender.

Dica anotada.

Bjos,

Elisandra disse...

Driza,

Parece diferente, e até interessante. Afinal sendo uma história romanceada em vez de imposições como em livros de auto-ajuda possa ser que pegue a onda e conquiste muitas pessoas. valeu pela dica...beijokas elis!!!!!!

Driza disse...

Jê e Elisandra,

Esse livro me conquistou mesmo.

bjss

Medéia disse...

Muito, muito, muito interessante.
A proposta da história me.
Mais um para a gigantesca lista de livros a ler.
Bjos

Medéia disse...

A proposta da história me cativou, viu?
Meu note louco comeu uma palavra... eh eh eh

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top