Vítimas do Silêncio - Janethe Fontes

capa vitimas_silencio

Uma garota é vítima de um estupro e tenta reconstruir sua vida. Porém, o criminoso está mais perto do que poderia imaginar e continua perseguindo pessoas que ela jamais gostaria de ver envolvidas nessa história. Quando finalmente ela acredita ter encontrado o caminho da felicidade e esquecido aquela época tão difícil, o passado volta para acertar as contas e ela só tem uma alternativa: encontrar o criminoso antes que ele faça outras vítimas.

-*-

Esse livro conta a história de Margarida. No início ela é uma adolescente vítima de estupro, que foge em busca de uma vida melhor. Mas Margarida não tem uma vida fácil e vai passar por muitos momentos difíceis. Ela teve muitas perdas, mas nunca desistiu de batalhar em busca da felicidade e, assim, ela chega ao final do livro como uma mulher vencedora e realizada.

Essa história trata do forte tema estupro, mas sem se apegar muito a detalhes. O livro é fácil de ler e todas as tramas nele contidos se resolvem de forma bem rápidas. E, por isso mesmo, a leitura flui de forma bem agradável, porque não tem longas descrições em seus momentos mais dramáticos.

O título Vítimas do Silêncio faz referência ao fato de Margarida – e outra vítima – não denunciarem o estuprador por medo das ameaças feitas por ele. E nós sabemos que muito disso realmente acontece na nossa sociedade. Mulheres amedrontadas que se mantém em silêncio e não expõem a violência sofrida.

Esse foi o primeiro livro escrito por Janethe Fontes e foi lançado pela editora Universo dos Livros. Gostei muito do modo como a autora conduziu a história. Com grandes acontecimentos em poucas páginas, ela não deixou que a leitura se tornasse monótona.

Margarida vai dar a volta por cima e conseguirá a condenação de seu algoz? Eu recomendo que leia e descubra!

logo universo dos livros

Visite o site da Universo dos livros. Você pode também seguir o twitter da editora e ficar por dentro de todas as novidades.

15 comentários:

Medéia disse...

Caraca! É um tema pesadão. Eu costumo fugir destes temas, mas sei que se começar a ler não vou parar.
Nós temos uma herança cultural de não falar sobre estupro.
Eu conheço duas mulheres que foram estupradas, por pessoas conhecidas delas, e elas nunca foram a uma delegacia. O máximo que fizeram foi desabafar com outras mulheres em algum momento de mais sensibilidade.
É importante que as mulheres aprendam a falar sobre isto, pois vítimas do silêncio estão por todas as partes.
Parabéns pela resenha Driza!

Patricia Cardoso disse...

Olá Driza,

fiquei muito interessada em ler este livro. Gosto de livros que mesmo sendo ficção se apóiam bastante na realidade, e esta é uma realidade cruel que todos os dias muitas mulheres vivenciam. Bjs...

Regina disse...

Oi Driza!

Outro dia quase comprei esse livro! Sua resenha me deixou bem curiosa. Esse é um assunto bem tabu mesmo, pois as vítimas do silêncio sofrem sozinhas. Recebi um artigo outro dia no twitter falando sobre as jornalistas que sofrem esse tipo de violência e ficam caladas com medo de perderem o emprego ou serem afastadas das zonas de guerra que cobrem! Me surpreendi, pois sempre achei que sendo da imprensa, elas estavam livres disso, ou que denunciariam tal fato imediatamente... Mas não é assim, infelizmente!Realmente, apesar de ser ficção, é um livro que deve levantar questionamentos...

bjs

Jeanne Rodrigues disse...

Driza,

não sou mto fã de temas pesadas.

Mas esse livro já está na minha lista há um tempo.

Sua resenha veio só confirmar que tenho realmente que ler.

Esse tema é sempre debatido e as mulheres são vitimas da violencia sempre, as estaticas mostram o quanto os numeros tem aumentado.

Mesmo que esse seja um tema pertubador, dá vontade de ler, ainda mais sabendo que ela vence.

Parabéns pelo post tão incentivador.

Bjos,

Leninha - sempre romantica disse...

Eu super recoMEndo esse livro, ele é perfEIto, prende do inicio ao fim e que final! A Janethe escreve super bem e consegue manter o suspense.
Adorei!

Miss Carbono disse...

É um tema meio barra pesada né? Não sei se leria...

teh mais

Fábrica dos Convites disse...

Eu estou louca para ler este livro, todas as resenha que li dele até agora foram muito favoráveis. bjs, Rose;D

Driza disse...

Oi meninas,
o tema é pesadão mesmo, mas como disse, a autora não ficou fazendo sensacionalismo não. Ela constuiu um história de superação.
Não tenham medo de ler.
bjsss

Aline disse...

Adoro histórias de superação, de força e vitória. Quero ler!
Driza, obrigada pela dica.
Bjs

Patricia Cardoso disse...

Olá Driza,

comprei o livro, e chegou ontem. Tem alguns livros ainda pra ler na frente, e logo que lê-lo passo por aqui pra comentar. Bjs...

Driza disse...

Oi Paty,

q bom! Vou ficar aguardando sua opinião, mas espero mesmo que goste!!
bjss

Patricia Cardoso disse...

Olá Driza,

li este livro semana passada, e passei aqui pra agradecer pela indicação do livro. O li em poucas horas, pois, a autora narra a história de Margarida de uma forma que não dá pra largar o livro antes de saber o que aconteceu com ela depois de tanto dor e sofrimento. O que mais me marcou neste livro foi a força, coragem e determinação de Margarida. Que livro maravilhoso, pois, nos mostra que mesmo quando a nossa vida se torna um inferno, ainda tem lugar pro amor, e todos os nossos sonhos possam se tornar possíveis. Bjs...

simonis disse...

Driza, muito boa sua resenha.
Como tantas, procuro evitar certos temas que nos angustiam. Porém, fiquei muito interessada em acompanhar a história de Margarida quanto a sua superação. Já está na lista dos desejáveis.Obrigada.Simonis

Driza disse...

Oi Paty
fico feliz que tenha gostado. Concordo com vc: sempre tem lugar para o amor.
bjsss

Driza disse...

Simonis,

o que tem mais destaque nesse livro é a superação, a volta por cima. Então, apesar de Margarida ser uma vítima, o leitor nem sofre muito. O leitor está sempre torcendo pela personagem.

bjsss

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top