UMA VIDA INTERROMPIDA de Alice Sebold


"Ambientado em um céu tão real e possível quando a terra é misteriosa e instável, ´Uma Vida Interrompida´ explora sem afetação, com carinho e argúcia, o romance da vida familiar, a turbulência tímida e engraçada da adolescência e as dolorosas marcas que o amor e a perda deixam em nosso mundo" - Amy Blomm.


Quando encontramos Susie Salmon pela primeira vez, ela já está no céu. Enquanto observa a Terra desse estranho e novo lugar, ela nos conta, com a voz jovial e animada de uma menina de 14 anos, uma história ao mesmo tempo comovente e cheia de esperança.

Nas semanas que se seguem a sua morte, Susie vê a vida continuar sem ela – seus amigos de colégio trocam boatos sobre seu desaparecimento, sua família nutre esperanças de ela ser encontrada, seu assassino tenta não deixar pistas. À medida que os meses passam sem pistas, Susie vê o casamento de seus pais ser arruinado pela perda, sua irmã se endurecer em um esforço para ser forte, e seu irmão caçula tentar entender o significado da palavra morte.

E ela explora o lugar chamado céu. Ele se parece um pouco com o pátio do colégio, com o tipo certo de balanços. Há orientadores para ajudar os recém-chegados a se adaptar e amigas para dividir o quarto. Tudo o que ela sempre quis aparece no instante em que ela pensa – exceto o que ela mais quer: estar novamente junto das pessoas que amou na Terra.

Com compaixão, saudade e uma compreensão cada vez maior, Susie vê suas pessoas queridas superarem a dor e começarem a se curar. Seu pai embarca em uma busca arriada para capturar seu assassino, Sua irmã realiza um feito de notável ousadia. E o menino de quem Susie gostava continua sua vida, e acaba se vendo envolvido em um acontecimento milagroso.


Gostei muito de ler este livro, mesmo que a história contada tenha me horrorizado, já que se trata de uma grande tragédia, onde uma jovem de 14 anos é estuprada e morta por uma pessoa conhecida.


Gostei demais da forma em que a autora nos apresenta uma história terrível, e nos faz acompanhá-la junto com Susie Salmon, e como ela encara a sua vida após a morte, e em muitos momentos os sentimentos de Susie me enterneceu, me fez sorrir, e em alguns momentos até torci para que fosse possível ela conseguisse interagir com seus entes queridos.


Susie que se encontra no “seu” céu, acompanha a vida de sua família, amigos e de Ray, o menino por quem estava apaixonada, e também de seu assassino.


O pai de Susie, torna-se obcecado em descobrir quem matou a sua filha. A mãe passa a ter sentimentos inapropriados, sua irmã enfrenta a imensa responsabilidade de ter que manter a família unida e seu irmãozinho simplesmente não entende porque Susie não está mais com eles.


Junto com Susie acompanhamos a vida de seu assassino e acabei partilhando a frustração de não poder evitar que ele ceifasse outras vidas. O que é muito interessante neste livro, é que desde o início sabemos quem é assassino, e se cria uma tensão, um suspense em saber quando e como ele será descoberto e enfim punido pelas barbaridades que cometeu.


A história de Susie apesar de ter sido encerrada por uma grande tragédia, e com isso mudando a vida de todos que a amavam, já que o sofrimento abateu-se sobre todos. E daí surge a questão como superar a dor e continuar a vida? Como viver o dia a dia? Como continuar a amar os que ficaram?


A grande lição que pude tirar deste drama foi que não adianta fugirmos da dor, temos que expurgá-la junto com aqueles que também estão sofrendo, e nos amar ainda mais. Pois o amor pode não curar a dor, mas conforta a alma.



Este livro já foi postado pela Aline em 11/06/2009.




9 comentários:

Kelly Marques disse...

Amo esse livro! É um dos meus preferidos!
Beijos!

Leninha - sempre romantica disse...

Amei esse livro, apesar do tema forte o livro é lindo!

Anônimo disse...

Fiquei curiosa sobre esse livro. Parece ser um livro epírita (ou não tem nada a ver?) Vou comprar para ler.

Ana

RaveL disse...

nao li o livro, mas vi o filme do Peter Jackson. é óbvio que um filme jamais supera o livro, mas é que antes dele eu nem tinha ouvido falar do livro... Chorei igual a uma pateta quando assisti e quero muito ler o livro em breve.

Beli disse...

Esse livro parece ser tão triste e forte! Um assunto bem delicado...
Mas anotei a dica!

bjus

Aline disse...

Ah, eu adoro esse livro. Vi o filme, mas o livro é incomparável.

Bjs

Jeanne Rodrigues disse...

Paty,

Já vi que tenho que adquirir esse livro logo logo.

Parabéns pela resenha, me fez ter vontade de ir correndo pra livraria.

Bjos,

Ruthléa Nascimento disse...

Apesar de chocar, esse livro é ótimo. Me chamou muito a atenção especialmente - a ponto de me dar nó na garganta - o sofrimento do pai da Susie.

Abraços!

Luciana disse...

Gosto de todos os livros desta autora, mas este é o meu preferido.

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top