Fragile de Shiloh Walker


Seis anos depois de trocar sua tralha de combate pelo avental hospitalar, Luke Rafferty ainda não encontrou o que vem procurando: uma vida normal. Em seu trabalho, Luke encara coisas tão tristes quanto àquelas do campo de batalha, nenhuma pior do que as crianças abusadas trazidas por uma bela assistente social ruiva.

Para Devon Manning, ser uma assistente social é um trabalho recompensador, mas também uma constante lembrança de sua própria juventude problemática. Devon leva tudo com a prática de um dia após o outro… incapaz de se relacionar com qualquer um exceto as crianças que resgata.

Quando Luke encontra Devon, ele pensa que pode ter encontrado o que estava procurando, mas para conseguir a vida que quer, Luke tem de passar pelas barreiras emocionais de Devon e fazê-la perceber que seu toque curador pode ser mesmo a complicação que a vida dela necessita…

Shiloh Walker está se tornando uma de minhas escritoras favoritas. Ela tem um dom muito grande em escrever Suspense Romântico, como essa história, e nos manter presos às páginas do livro até desvendar todo o mistério!

Devon é uma assistente social muito focada em seu trabalho. Cada sucesso a faz esquecer dos inúmeros fracassos. Em suas idas ao hospital, acompanhando crianças abusadas, desnutridas ou esposas espancadas ou adolescentes estupradas, ela sempre cruza com um sexy médico de emergência, Luke Rafferty. Num mundo de tristezas, esses momentos são um oásis de tranquilidade.

Luke, por sua vez, sente-se atraído por Devon desde a primeira vez que a viu. Mas, com tanta desgraça acontecendo ao redor, como convidá-la para sair? Vamos descobrindo que Luke é um homem muito sensível e inteligente e carinhoso.

Num lance do destino, os dois se encontram em um restaurante e começam a conversar e a se conhecer e a sair. Luke vai percebendo que Devon tem muitos problemas e segredos – abusada sexualmente pelo marido da tia dos onze aos treze anos, viciou-se em drogas e só conseguiu se reerguer com a ajuda de uma assistente social. Luke percebe os medos de Devon, os receios, mesmo sem Devon revelar-se, e vai com muita calma e carinho se aproximando e se apaixonando e fazendo com que Devon se apaixone por ele.

Mas há também um perigo rondando aos dois. Devon tem um perseguidor implacável que age nas sombras e quase a leva à loucura. Esse perseguidor invade sua casa, a segue, a observa e cria todo um clima de terror que faz com que largar o livro não seja uma opção aceitável! Shiloh nos mantém suspeitando de tudo e de todos e torcendo para que Luke e Devon superem essa sombra e tenham uma chance de ser feliz. E é uma batalha dura, pois esse bandido está disposto a tudo para destruir Devon e Luke, inclusive algumas crueldades inomináveis!

Não posso esquecer de citar Quinn, irmão gêmeo de Luke e que algumas vezes rouba a cena. Tanto que Shiloh teve de escrever sua história também – Broken – que já li e logo venho comentar aqui. Quinn também teve uma infância terrível, pois ele e Luke, apesar de gêmeos identicos, foram separados ao nascer e só se conhecem quando tinham 11 anos. O relacionamento dos irmãos é maravilhoso e um realmente sente quando o outro está precisando de apoio ou palavra amiga.

Um livro muito intenso e com personagens muito sofridos e dispostos a dar a volta por cima!

7 comentários:

αηδψϊηћα ஐβϊττψஐ disse...

Gostei da resenha/sinopse... será que tem chances de vir p/ o Brasil? rs

Andy_Mon Petit Poison

Anônimo disse...

queria saber se alguem pode linkar um site pra baixar ele =]

Regina disse...

Oi Andy

Olha! A Shiloh é uma autora que gostaria de ver publicada por aqui! Quem sabe???

Estou sempre acompanhando o blog dela e ela tem, além do talento fenomenal, uma boa visão do mercado editorial (pelo menos o americano). Acho que para quem quer se profissionalizar como escritora (o que não é meu caso) os conselhos dela são muito bem vindos.

bjs

Regina disse...

Olá Anonimo...

Geralmente eu leio em papel mesmo, não gosto muito de e-books. Por isso não tem como linkar.

bjs

Driza disse...

Oi Rê, pelo seu post deu para perceber a intensidade do livro.

bjs

Jeanne Rodrigues disse...

Rê,

ainda vou ler livros dessa autora publicados aqui...

Esperança...

Bjos,

Juliana Vianna disse...

Olá! Gostei muito da sua resenha!
O livro parece ter uma atmosfera bem intensa, onde nos envolve com os problemas e as evoluções de cada personagem. Gostei! :)

Beijos, Ju

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top