DESAPARECIDAS de Tess Gerritsen



"O Cadáver abre os Olhos!"


Aquela mulher parecia ser mais um corpo na mesa fria do necrotério. Mas quando a legista Maura Isles inspeciona o cadáver, algo assustador acontece - a mulher abre os olhos. Ainda viva, ela é levada rapidamente para o hospital. Mas o bizarro logo se transforma em perigo. Com uma precisão chocante, ela mata um segurança e faz reféns - um deles, uma paciente grávida. Quem é essa pessoa violenta e desesperada, e o que ela quer?




Um livro para abalar o nosso emocional! Imagine o choque quando um suposto “cadáver” de uma mulher jovem abre os olhos na mesa do necrotério da médica legista Maura Isles. Esse é o ponto de partida para uma história que nos comove, nos indigna, ao acompanharmos a investigação, feita pelo agente do FBI Gabriel Dean, que tem sua mulher a detetive Jane Rizzoli, seqüestrada no hospital pela moça sem nome, esposa esta que estava no hospital para dar a luz.


Durante a investigação, Gabriel e Maura percebem que estão diante de um caso que vai muito além de uma simples crise de reféns. E aí vamos conhecendo o motivo daquela moça está tão desesperada ao ponto de fazer reféns, e de ter sido quase assassinada. Mas, o motivo porá a vida dos envolvidos na investigação em perigo, pois, a investigação os leva a uma rede de exploradores sexuais de crianças e adolescentes.


Uma história forte, que não nos poupa do que acontece com essas menores que são levadas de seus países de terceiro mundo para servirem de “objeto sexual” de alguns “pais de família”.


Acompanhei esta história torcendo fervorosamente para que pelo menos no livro esses tipos de “seres humanos” recebessem a punição merecida. E posso dizer, que gostei muito de como a autora nos apresentou a história, e lerei outros livros da Tess Gerritsen.





15 comentários:

Regina disse...

Paty,

Fiquei super curiosa para ler esse livro! Um assunto que choca, mas que infelizmente é verdadeiro...

bjs

Dani disse...

Paty,
Essa é uma das minhas autoras favoritas de romances policiais, se gostaste deste livro, que para mim foi um dos mais fracos dela, imagino o quanto irás gostar dos outros, meu predileto é O Pecador, que tem a mesma médica legista e detetives na história.
Dani

Bia disse...

Oi!!!
Tenho um livro da Tess em casa e ainda não li. Vai ganhar um lugar de destaque na fila!!


Bjs

Lica disse...

Ah esse eu li.
Sou louca pela Tess, Leia o Cirurgião, é demais!!!!!!
Eu adorie a trama bem feita, e nossa que enredo no hospital e talz.
Adorei o Blog!!
Parabéns!

Carla Martins disse...

Nossa, fiquei LOUCA POR ESSE LIVRO!!!

Vou procurar JÁ pra comprar!

beijos!

Driza disse...

Oi Paty,
tb fiquei curiosa com relação não só a esse livro, mas a essa autora.

bj

Adriana disse...

Paty, tem tempo que não tenho coragem de ler tramas como essa. Pelo seu comentário, muito bom por sinal, me recordou um pouco os livros do Robin Cook.
Tenho que retomar coragem e voltar a ler essas tramas que nos deixam por um fio!
Belo comentário!
Bj.

Jeanne Rodrigues disse...

Paty,

Colocando na lista..
Não li nenhum livro dessa autora, mas com tantas recomendações..preciso ler...

Bjos,

Laura Schwartz disse...

Nunca tinha ouvido falar do livro ou da autora mas realmente me deixou curiosa! Está na minha lista!

Naru-Chan disse...

Hãaã~~a gente esse livro é o QUINTO de uma série @_@

Homem do Leme disse...

Olá,

sou fã da Tess Gerritsen e aqui em Portugal já publicaram 6 livros dela. Já li todos e adorei!

Lili disse...

Parece ser realmente bom. Mas não curto esse gênero rsrs
Adorei a resenha!!!
Bjs
lili

Vivi disse...

Nossa! Fiquei com cara de Uau! Gosto muito de livros com esse tom, esse clima que nos mantém em expectativa. Obrigada por recomendá-lo, Paty.

Beijocas

Aline disse...

Paty,

Refresquei minha leitura com O Jardim de Ossos, também da Tess. Às vezes canso dos mesmo temas batidos e preciso de algo que surpreenda. Essa autora já entrou para a lista de compra obrigatória.

Parabéns pelo post!

BJS

Sitcoms disse...

A primeira obra que li dela foi "Body Double" e logo me apaixonei. De seguida li "Vanish", que é este livro que mencionas. Estávamos em 2005 e consegui estes livros no UK. Ainda tenho o primeiro em Inglês! Na altura procurei a autora em Portugal, querendo ler mais livros dela, traduzidos em português. Mas não tive sorte... noutro dia tive a sensação de ver um pocket-book com o seu nome... pelos vistos, já a trouxeram para cá. Não era sem tempo!

EM Vanish, não consegui desligar logo na primeira página. Trabalhava 14 horas por dia e todos os "buraquinhos" foram para ler o livro. Prendeu-me de imediato, ao mesmo tempo que mecheu com as entranhas... a descrição do rapto e cativeiro daquelas mulheres, em que uma é morta a tiro na fuga, as violações, a venda, o tráfego... fiquei mal do estômago!

Algo a combater, sempre que pudermos.

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top