The Darkest Kiss - Gena Showalter

Ela tentou muitos homens...mas nunca encontrou seu igual.

Até agora.

Embora tenha vivido por séculos, Anya, deusa da anarquia, nunca conheceu o prazer. Até Lucien, a encarnação da morte – um guerreiro eternamente condenado a levar almas para o além. Ele a atrai como nenhum outro. E Anya irá arriscar tudo para tê-lo.

Mas quando o implacável Lorde do Submundo recebe ordens dos deuses para atacar a própria Anya, a incontrolável atração entre eles se transforma em uma angustiante perseguição. Agora eles têm de derrotar as inconquistáveis forças que os controlam, antes de o desejo que sentem de um pelo outro exija um sacrifício de amor além do imaginável...


Anya, a deusa da anarquia, apareceu e teve um papel muito importante no primeiro livro da série (Darkest Night). Foi quando conheceu Lucien, o guardião da Morte, e sentiu-se atraída por ele. Logo no inicio, a vemos tentando seduzi-lo em uma festa, na frente de todos os Lordes do Submundo.


Lucien tem o rosto e a alma cheios de cicatrizes – a mulher que ele amava morreu e ele não queria mais sofrer. Por causa das cicatrizes, ele não acredita que Anya possa sentir atração por ele e pensa que tudo não passa de uma brincadeira.


Mas apesar de tudo, os dois começam a se envolver e são cenas hilárias: ela sempre se produz para ir ao encontro dele e mesmo quando ela fica invisível, ele sente a presença dela. Quando ela se mostra e ele a vê com as (pouquíssimas) roupas que ela veste, ele sofre horrores (rsrsrsrsrs).


Anya é uma personagem que tinha tudo para irritar: cheia de querer fazer gracinhas, bancando a mulher fatal e tentadora, não parecendo se importar com os sentimentos alheios. Mas ela é apaixonante. E ainda por cima, é uma excelente guerreira. Lucien é um homem sério, que raramente sorri, sempre preocupado em ajudar seus amigos, sofrendo ao ter de levar as almas ao inferno ou ao céu (lugares em que nunca pode entrar, sempre sendo barrado nos portões). Anya o faz se sentir vivo e belo e completo. Cronos usará do amor que um sente pelo outro para atingir seus objetivos.


O problema é que os Titãs fugiram da prisão e derrotaram os deuses Gregos. São eles que mandam no Olimpo agora. Cronos está no comando e está exigindo que os guerreiros façam coisas horríveis: Aeron tem de matar quatro mulheres da mesma família (isso foi pedido no livro 01), mas como se nega, passa a sofrer muito e a perder o controle sobre seu demônio – a Ira. Lucien é obrigado a matar Anya. Aqui, Cronos está usando a atração que um sente pelo outro, mas tem também um objetivo escuso que aparece no decorrer do livro.


Para poder resistir a esses novos deuses, e também derrotar os Caçadores humanos que os perseguem, os guerreiros precisam encontrar a Caixa de Pandora antes de todos. É essa busca que Anya e Lucien se envolvem, enquanto lutam contra a crescente paixão que os une e contra as ordens de Cronos que os separam. Para encontrar a caixa, os Lordes precisam encontrar 04 amuletos que estão espalhados pelo mundo. Objetos esses que estão protegidos pela Hidra – o ser místico de duas cabeças, e que quando cortadas, se regeneram.


É um livro muito instigante, e tem-se mais do desenvolvimento do mundo em que esses seres vivem, um mundo onde a Mitologia e nossa realidade se encontram. Onde deuses e seres místicos realmente existem e tem o poder de interferir nas vidas das pessoas.

3 comentários:

Driza disse...

Oi Rê,
Gostei da história. Pelo que vc descreveu deu pra sentir o gostinho de coisa boa.

bjs

Vivi Bastos disse...

Parece uma história cheia de acontecimentos...do jeito que eu gosto.

Beijos

Jeanne Rodrigues disse...

Regina e seus seres espetaculares de bons,

São tantos que tenho que fazer uma relação a parte só com suas dicas...

Esse ser então, parece ser uma coisa....risos...

Bjosssssss

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top