O DISCURSO SECRETO de Tom Rob Smith

União Soviética, 1956: Stálin está morto. Com isso, o violento regime começa a perder força, deixando para trás uma sociedade em que a polícia é o criminoso e bandidos são inocentes. Um manifesto secreto, escrito pelo sucessor do ditador, Khruschev, circula entre o povo. A mensagem é clara: Stálin foi um tirano e um assassino. A promessa: a União Soviética mudará. Enfrentando seus próprios problemas pessoas, o ex-oficial de segurança do estado Liev Demidov também está lutando para mudar. As duas jovens que ele e sua esposa Raisa adotaram ainda precisam perdoá-lo por sua culpa na morte de seus pais. Agora que a verdade está lá fora, Liev, Raisa e sua família estão em perigo causado por alguém consumido pelo sombrio legado da antiga carreira de Liev. Alguém transformado no perfeito modelo de vingança.



É fundamental que se leia Criança 44 (veja a resenha), para acompanhar a história de O Discurso Secreto, pois, neste livro nos é contado o que aconteceu com Liev e sua família na era pós Stalin.

Liev Demidov, ex-agente do Estado, que cometeu atrocidades sob ordens do regime Stalinista, abandonou esta vida, para poder enfim ter uma família normal, com Raíssa, sua esposa que o perdoou apesar de seus crimes, e as duas meninas que adotou. Mas, não será fácil viver uma vida normal, já que as meninas são filhas de um casal que ele matou, e a filha mais velha o odeia com todo o seu ser.

Em meio aos seus problemas domésticos, Liev se encontra em uma Rússia pós-stalinista que agora criminaliza todas as suas ações realizadas quando era um agente da MGB, pois, o sucessor de Stalin, o Khruschev publicou um discurso em que torna abomina toda a fundamentação ideológica de seu antecessor na prática de legitimar crimes e crueldades para manter o regime.

Agora Liev é um criminoso sob a ótica do discurso, o que reforça o ódio de Zoia, mas, ele prometeu que terá uma família normal, e continua firme nas tentativas de conquistar o amor das meninas: Zoia e Elena. Liev, que agora trabalha no Departamento de Homicídios, começa a investigar a morte de antigos companheiros da MGB. E durante a investigação descobre que os crimes estão relacionados a um caso em que participou, e que com isso sua família está em perigo.

E para salvar a sua família Liev tem que pagar a conta que o seu passado está cobrando, e com isso terá que ir para um gulag (campo de trabalho forçado para dissidentes políticos na ex União Soviética), onde enfrentará os maiores percalços, pois, muitos dos que lá estão foram presos por ele.

O Discurso Secreto é a busca de redenção de Liev, que sempre foi um fervoroso em seus ideais, quando era agente da MGB, foi um dos melhores, pois realmente acreditava naquilo que apregoavam, e quando se descobriu apaixonado por Raíssa, fez o impossível para viva, e poder enfim ter uma família com ela, quando adotou as meninas, assumiu que elas o amariam, e seriam felizes, então, ele enfrentou o “inferno” para salvar a sua família.

Eu gostei bastante de Criança 44, mas, neste livro o autor se superou na contextualização do momento histórico pós Stalin, da pra sentir na pelo o clima de medo e revolta do povo. E ressalto o que torna o livro muito bom, é que mocinhos e vilões nos surpreendem a cada momento com as suas ações, já que são capazes de tudo em nome do AMOR e da VINGANÇA, o que me fez questionar, será que tudo é permitido para salvar aqueles que amamos?

20 comentários:

Jeanne Rodrigues disse...

Paty,

esse livro está na infidavel lista.
e agora que vc recomenda ele subiu varios.

Adorei.

Bjos,

Jihanne Rocha disse...

Paty, mais um para a lista. me parece denso e interessante. Obrigada pela resenha!
bjos

Regina disse...

Paty!!!

Não sabia desse livro! Amei Criança 44 e já estou indo procurar esse volume urgentemente!

Adorei sua resenha!

bjs

Carol disse...

Nossa, parece ser interessantíssimo!!! Já vou procurar o criança 44 p/ começar, com certeza!!

Bjos

Cali disse...

Gosto de histórias assim q tem um senso de realidade. Não conhecia o livro, mas tb já está na lista. E, mais ainda é q minha mãe com certeza vai gostar. Muito boa a resenha.

Leninha - sempre romantica disse...

Gostei da resenha, o livro parece ser bastante interessante, pena que não tenho nem ele, nem o Criança 44;
Leninha chora!!!

Yasmin Dm disse...

nao, nao...odeio historia(materia de escola) em livros d leitura.
o unico que eu gostei foi 1 q n tem aqui no Brasil, chamado cuando los hombres creyeron ser dioses, mtooo bom, pena q soh tem em espanhol, eu adoro ler em espanhol mas muitos nao gostam ou nao sabem neh.

Christian Petrizi disse...

Adorei a resenha! Quero procurar agora o Crianca 44 e comecar a saga. Suspense mesclado com política e drama familiar é tudo de bom. Valeu pela dica! Abracos, Christian Petrizi!

Lu disse...

Amei o Blog!!!Era tudo que eu precisava!!!Estarei sempre por aqui!Parabéns!

Patricia Cardoso disse...

Yasmin,

tenho certeza que esse livro você vai gostar. Bjs...

Michelle Freire disse...

Meninas, isso não tem nada a ver com o post, ams achei um site que roubou uma resenha de vocês, vou colocar o link aqui: http://romancesrosaseespinhos.blogspot.com.br/2009/10/portrait-of-my-heart-patricia-cabot.html

Jeanne Rodrigues disse...

Michelle,

esse blog é um que eu tenho com a minha irmã, antes eu colocava algumas postagens por lá, mas agora estou só por aqui. Lá está sem acesso há bastante tempo por absoluta falta de tempo.

de qq forma, te agradeço muito por se preocupar.

Bjooooos,

Letícia Feitosa disse...

Que blog lindo. Adorei aqui. Gostei muito da resenha... já tinha escutado sobre esse livro e acho que já ta na hora de ler. Haha. Se não for pedir muito, gostaria que você visitasse meu blog e comentasse (se possível), ele ainda é bem novo. Beijos,visitarei mais o blog :)

Bookosfera: http://bookosfera.blogspot.com.br/

Juliana Vicente disse...

Adorei a resenha,

Eu tenho esse livro, mas ainda está na lista de futuras leituras, mas agora que li sua resenha vou ler Criança 44 para em seguida ler esse.

Beijos

Yasmin Dm disse...

Patricia,
tentarei ler algum dia. mas ainda nao me sinto numa epoca em q va gostar d ler ele

Marcia Noto disse...

Nossa, eu estive com esse livro nas mãos e no último minuto desisti de comprar... Se tivesse lido a sua resenha antes Patrícia, com certeza não tinha descartado!
Entrou para a minha lista.

Bjs,

kika disse...

nao gosto muito de livros assim..... mas pra quem gosta do genero parece ser bem interessante.....

Aline disse...

Paty,

Eu adoro livros com fundo histórico. Desde Criança 44 estou com vontade de ler. Sua resenha me empolgou.

Bj

Vall Knopp disse...

Quando se trata desse período de guerra, dominação e da Rússia em si, eu fico paralisada. É o tipo de leitura que não me atrai. Mas para o que foi resenhado o livro parece muito. Eu fiquei no mínimo, curiosa!

Ivi Campos disse...

e a lista só aumenta... E o agravante q vou reler CRIANÇA 44 porque nem lembro mais do li...
Queria ganhar a vida lendo... só lendo...

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top