A Fera - Alex Flinn

Eu sou uma fera. Uma fera. Não exatamente um lobo, ou um urso, um gorila ou um cão, mas uma terrível criatura que anda em duas patas — uma criatura com dentes e garras e pelos surgindo de cada poro de minha pele. Sou um monstro. Você acha que estou falando de contos de fada? De jeito nenhum. O lugar é Nova York. O momento é agora. Não sofro de uma deformidade ou uma doença. E vou ficar dessa forma para sempre — destruído —, a não ser que possa quebrar o feitiço. Sim, o feitiço, aquele que a bruxa da minha aula de inglês lançou sobre mim. Por que ela me transformou em uma besta que se esconde durante o dia e rasteja à noite? Vou lhe contar. Vou lhe contar como eu costumava ser Kyle Kingsbury, o cara que você gostaria de ser, com dinheiro, beleza e uma vida perfeita. E aí vou contar como me tornei... a fera. 


Pois o que mais me chamou a atenção nesta história é justamente o fato de ser uma releitura do clássico A Bela e a Fera.
Mas a Bela não é tão bela. Acredito até que devia ser O Belo vira Fera... eh eh eh


É um livro de moral da história, onde um rico e filhinho de papai, lindo, namorador (apenas das garotas populares) e farrista rapaz, irrita uma bruxa moderna e sua colega de escola e recebe dela uma maldição: transforma-se em uma fera.
Uma fera com garras, caninos e pelos (não conseguia ler sem imaginar o desenho).
A maldição lançada tem um prazo de validade e ele tem pouco tempo para amar de verdade e reverter sua situação.
Sem esperança alguma, o jovem vai se transformando moralmente com a ajuda de sua empregada e do seu professor particular. Eles são as únicas pessoas que tem contato com Kyle. O garoto passa então a enxergar um outro mundo onde a beleza dele não comanda e onde ele precisa aprender a enxergar as pessoas pelo que elas são.
Ele passa a interessar-se pelos estudos, por livros e por rosas.
Deixado para trás em uma mansão por seu pai, o garoto tem apenas sua governanta e um professor particular cego (muito apropriado por sinal).
O garoto fútil (re)conhece então Lindy, a bela não tão bela, que ele nunca tinha olhado duas vezes enquanto belo e popular e que agora o intriga e seduz. Uma garota de princípios, romântica e apaixonada por livros, cujo pai é um canalha drogado que a "entrega" para Kyle.
Lembra muito o clássico original mas bem adaptado aos dias de hoje.
Só achei que a mocinha não convence muito e que Kyle muda muito rapidamente...
Mas como a história é focada nele e ele tem um prazo de 2 anos para se apaixonar, creio que por isto se tornou uma história meio rápida.
No mais, um bom livro, uma boa adaptação, um história ótima para distrair e entreter.


22 comentários:

Juliana Vicente disse...

Não li o livro, mas vi o filme. Devo confessar que se for pelo filme eu não leria o livro, mas vou dar uma chance.

A Bela e a Fera é meu conto de fadas favorito e sempre procuro dar uma chance a tudo que que venha deles.

Beijos

kika disse...

livro muito bom...... super recomendo tbm.....

Samira disse...

Quem quer testar seus conhecimentos literários, faça o quiz abaixo:
http://www.xisde.com.br/xD/Sasa_Rodrigues/1/

Thata disse...

Também o não li livro, mas vi o filme. A história é doce e nos lembra o querido clássico. Só pela sinopse e alguns comentários a história é previsível. Não gostei muito da capa.
MAAAS, eu que gosto tanto de romances, leria se passase por aqui! O que seria de meu eu literário sem açúcar! rsrs

Bjs

Leninha - sempre romantica disse...

Vi o filme, e to igual a Ju, não leria pelo filme, mas imagino que deva ser mesmo uma boa dica de leitura. Livro sempre é melhor né?!

Amo A Bela e a Fera, gostava muito da série, lembram?!

beijinho!

Jeanne Rodrigues disse...

Medéia,

eu assisti o filme, gostei, mas achei fraquinho.
pena que o livro não é melhor.

adoro o tema, quem sabe se ele aparecer na minha frente eu acabo lendo?

Bjos,

RUDYNALVA disse...

Medéia!
Uma das melhores histórias que acho é a Bela e a Fera.
Não li o livro ainda, mas quero muito fazê-lo. Não assisti o filme, mas já ouvi muitos comentários que não é tão bom... não sei, só quando assistir.

Desejo que o mês seja carregado de felicidade, amor e muita alegria!
Luz e paz!
Cheirinhos
Rudy
http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/

Amanda disse...

Olá,
eu li o livro e acreditem, vale a pena.
Eu discordo na parte em que Medéia fala que a Bela não é tão bela, pois a idéia da história sempre foi em uma pessoa bela por dentro. E Lindy é belíssima, mesmo após tanto sofrimento vivido.

Eu adorei a história pois é contada pela Fera e não pela Bela.
Eu havia visto o filme e o filme é ridículo, mas quando ganhei o livro pensei "É, vamos ver se ele tem algo a oferecer."

Óbvio que o final perfeito seria mostrar que a beleza realmente não importa, então por mim ele podia ter permanecido uma fera.

Leiam, pois apesar de adolescente eu achei que valeu muito a pena.

Rayme disse...

encomendei este livro e os correios resolveram não me entregar, fui assistir o filme sábado e ele resolveu travar beeeeem no finalzinho ;~~
UHASUHSAUHAUHAS
eu mereço! vou ver se consigo comprar de novo :D

Patricia Cardoso disse...

OLá Medéia,
já coloquei este livro na minha lista de desejos, aprecio bastante uma releitura. Bjs...

Aline disse...

Ah, eu também, vi o filme, não empolguei para ler o livro... estou com outros na lista de prioridades, pelo menos, por enquanto.

Aline disse...

Patricia Cardoso, vc gosta de releituras? Já leu a série Dragões de Éter? Acho que poderia gostar! bjos!

Marcia disse...

Oi, Medéia!

Depois da sua resenha, com certeza vou ler o livro, e quem sabe ir atrás do filme. Na minha opinião, a historia se perde muito nos filmes, mas é sempre bom dar um rosto ao personagem...

Bjs,

Marcia

Leninha - sempre romantica disse...

Ah, esqueci de comentar:
Tenho o livro, falta apenas ler, kkkk
Não importa quando ler, vou voltar aqui e deixar minha visão!
Beijos!

Lili disse...

não li o livro, mas vi o filme. A Bela e a Fra é minha história infantil preferida... é claro que eu iria ao cinema conferir e... me decepcionar PROFUNDAMENTE.

Não que eu esperasse algo grandioso, e acho que até por isso fiquei mais triste. Ele conseguiu ser pior do que minhas piores expectativas.
Não sei se leria o livro.


liliescreve.blogspot.com

Fabrica dos Convites disse...

Nem li e nem vi o filme, e sendo uma das minhas histórias preferidas de criança, confesso que tenho um certo medo de esperar muito e me decepcionar.
Bjs, Rose.

Elis Miranda disse...

Não sei se leria o livro tbm, apesar da minha fase "mulherzinha" kkk ainda estou mais focada em amores mais intensos.

Aline disse...

Nossa, tem isso também... de achar que podem estragar a idéia que você faz da sua fábula preferida...

A Quimica da Vida disse...

Já anotei como um dos livros que quero ler!!!

Vall Knopp disse...

está tão em voga livros de feras, feitiços e paixões salvadoras. Mais um! mas dá vontade de ler sim... o romance é contagiante não!? beijocas

Patty disse...

Esse livro já tinha chamado a minha atenção, mas até então não tive a oportunidade de lê-lo. Mas agora não me pareceu tão interessante...

Patricia Cardoso disse...

OLá Medéia,
li este livro há pouco tempo, e o achei como você disse muito bom para distrair e entreter. Também, achei as mudanças muito rápidas, mas, dá pra passar. Valeu pela indicação. Bjs.

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top