A Rosa do Inverno - Patricia Cabot


Edward Rawlings faria qualquer coisa para não assumir o título de duque e ter de passar seus dias cumprindo as obrigações burocráticas do cargo. Por isso, não pensa duas vezes antes de viajar para Escócia e encontrar a única pessoa que poderia substituí-lo: o sobrinho Jeremy, o menino de dez anos que era o verdadeiro herdeiro do título.

Órfão, o pequeno Jeremy vive num casebre com a tia Pegeen, uma mulher com opiniões demais para a época. Ela não quer que Jeremy cresça mimado e rodeado de riqueza. Mas sabe que Edward pode oferecer ao menino oportunidades de que ela jamais seria capaz — e aceita mudar-se para a propriedade dos Rawlings, na Inglaterra.

Acostumado a conseguir qualquer mulher, Lord Edward enlouquece com a sensualidade e os olhos verdes de Pegeen, que estava longe de ser a tia solteirona que ela havia imaginado. Mas Pegeen não está disposta a fazer mais concessões. No entanto, ao chegar à mansão, ela logo percebe o risco que corre. Sempre movida pela razão, Pegeen sente que dessa vez seu coração está tomando as rédeas. Ela pode resistir ao dinheiro e ao status, mas conseguirá resistir a Edward?

Pegeen é uma tia dedicada ao sobrinho e está na maior pobreza quando o nosso mocinho Edward a encontra. Ela é orgulhosa ao extremo mas Edward consegue derrubar suas defesas logo no primeiro encontro.

O inicio do livro é bem engraçado com ela ajudando num parto, saindo de lá toda suja, com vômito na barra do vestido e atravessando um cemitério com um padre que a pede em casamento para logo em seguida cair nos braços do Edward.

Há algum tempo esse livro estava na minha lista de futuras aquisições. Esse livro histórico com sinopse atraente e sua capa belíssima me chamaram a atenção desde o lançamento. Fora, a autora ser uma das mais queridas, Meg Cabot, no livro utilizando o pseudo de Patricia Cabot.

Se já gostava dos livros da Meg, como Patricia então, ela arrasou.

Um livro habilmente escrito, com personagens fortes e situações bem estruturadas.

Recomendo !!!

15 comentários:

Carla Martins disse...

essel ivrinho deve ser uma delícia de ler!

beijos!

Dani disse...

Mmm.... Que delícia de livro... Eu ADORO... Já emprestei para umas 3 ou 4 amigas e é unânime: todo mundo se apaixona. Fiquei um pouco irritada com o mocinho de vez em quando, mas tudo bem...
Espero que a editora lance a continuação, que dá um pulo no tempo e conta a história de amor do pequeno Jeremy...
Dani

Fernanda disse...

Huuumm... na verdade, não morri de amore spor essa história, mas é vale a pena ler.. :)

Beijo

ventania disse...

é um ótimo livro, eu acho que a meg deveria escrever mais romances históricos.

Vivi disse...

Esse livro é um charme!

Beijos

Débora Lauton disse...

Adorei seu comentário... estou doida pra ler desde que vi a capa deste livro numa livraria... eu tenho um fraco por capas e essa é linda... vou colocar na minha listinha de compras e de leituras...

beijos,
Dé...

Regina disse...

Oi Jê

Já vinha paquerando esse livro há algum tempo. Vou colocar na minha lista!!

bjs

Ana Baldner disse...

Esse livro parece maravilhoso...

Já entrou para minha lista de leitura...

bjs

Giuli disse...

Oii! Gosto muito desse blog e esse livro da Meg deve ser muito bom, mesmo que seja para adultos (tenho 16!)..
mas gostaria de fazer uma pergunta, se o blog vai comentar sobre livros para adolescentes, da Meg por exemplo, pois gosto muito de ler e seria legal ter uma fonte! Não sei se esse é o publico do blog, maas seria legal hahaha!
Enviei um formulário de convidada do blog, achei muitooo legal essa iniciativa, pois adoro falar dos livros que leio!
Estão de parabéns!!

Renata disse...

Olá!!!Parabéns pelo blog e pela dica...já entrou na minha lista de compras...bj

marimoon disse...

Este livro é maravilhoso, vale super a pena ;)

Taline disse...

Nossaaa esse livro é muito bom mesmoo!!! Aqueles que vc não consegue largar até o final! E a continuação com o Jeremy não fica atrás!

bjuus

Jeanne Rodrigues disse...

Meninas,

3 coisas que me fizeram comprar esse livro: capa, sinopse e autora...

E nao me arrependi...

Giuli, eu adoro a Meg e tenho 34 anos...risos...Tenho alguns livros dela e to pensando em reler pra comentar por aqui.

O blog nao tem idade, lemos tudo, ainda que nao demos conta de tantos livros, mas bem que tentamos...

Estive afastada uns dias e tava morrendo de saudades....

Quero agradecer pelos comentários de todas, especialmente das novatas que estam por aqui....

Bjos,

Thata disse...

Ei, ei! Todos os homens tem que ser mulherengo e "irrestível"?
...
Voltando a históra: se tratando de quem, é de conquistar muuita gente!
E parce ser meio engraçado no começo sim...rsrs...um "perfume" fino...

Bjs

Jeanne Rodrigues disse...

Thata,

os mulherengos são sempre irresistiveis ou não seriam tão mulherengos....kkkk

Bjos,

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso Chá das Cinco!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Faça valer a sua opinião! Seja educado(a). Gentileza aqui sempre tem vez. Portanto, mensagens ofensivas não serão publicadas.

 
UM LIVRO NO CHÁ DAS CINCO © 2010 | Designed by Chica Blogger. Personalized by Lili and Medéia| Back to top